A Magia Rúnica

A Magia Rúnica é algo inerente aos Gigantes na história de Abeir-Toril e que sempre esteve presente em todas as edições do cenário. Dizem alguns sábios que ela foi oferecida pelo deus Annam aos Gigantes e que ele procurava presentear sua criação com uma arma decisiva na guerra contra os Dragões no principio dos tempos.

188mechanus5eO zelo de do Pai de Todos para com seus “filhos” era tão grande que ele mesmo empreendeu uma aventura épica através dos Planos de Existência em busca deste presente. Ao fim, encontrou a solução que procurava no estranho Plano de Mechanus, um local no multiverso de D&D onde a lei e a ordem são a essência de tudo. A lenda conta que ele conquistou o segredo da magia rúnica em um jogo de azar contra um Alto Modron, um tipo de criatura sinistra inerente deste plano, espécies de construtos geométricos vivos cheios de engrenagem e que são a representação da ordem por si só.

SKT_UserIcon_RuneJourneyAnnam, tendo a posse deste conhecimento passou então o poder da Magia Rúnica para dois de seus filhos, Nicias o Gigante das Nuvens e Vilmos o Gigante da Tempestade, não por acaso são as sub-raças de Gigantes com a maior afinidade mágica. Estes então passaram o que aprenderam para frente e por gerações este conhecimento prosperou, mas se findou junto com império gigante de Ostoria e hoje são raros seus usuários. Fato é que tal arte, mesmo rara, chegou ao conhecimento e poder de outras raças humanóides, assim os Runecasters, como eram conhecidos os que dominavam este poder, não mais eram encontrados somente entre os gigantes.

SKT_UserIcon_RuneLifePara quem não conhece o poder das runas, pode pensar que ele advém da simples leitura dos símbolos que os representam, onde os incautos acreditam que a magia está contida. A realidade é que estas figuras não são simples letras ou símbolos, mas sim diagramas que levam a compreensão das verdades universais absolutas e das relações entre forças cósmicas eternas, deste entendimento o poder é acessado e serve a quem o compreende permitindo efeitos únicos.

Algumas dicas de como utilizar a Magia Rúnica:

  1. A Magia Rúnica pode ser apresentada como um segredo ancestral e perdido, conhecida somente por anciões das raças milenares;
  2. A descoberta ou pista dela pode ser uma aventura em si, envolvendo contato com os Gigantes da Tempestade e das Nuvens, ou de manuscritos oriundos do antigo Império de Ostoria e da Era da Aurora (Dawn Age);
  3. Sempre é bom deixar na manga aquele Personagem Não Jogador (NPC) misterioso e que surpreende, no estilo mestre Yoda, que pode ser um tutor desta antiga forma de magia e que busca um discípulo para passar o conhecimento, mas este deve cumprir uma missão ou algo assim. Sugiro um anão bem velho ou um Gigante (da tempestade ou das nuvens) mago antigo preso em uma forma humanoide das raças menores para sempre como uma maldição. Talvez um goblin, por exemplo;
  4. Pode ser fonte de uma aventura individual ou um objetivo que possa ser cumprido pelo personagem que deseja o conhecimento dentro da própria aventura do grupo. Criar SKT_UserIcon_RuneDeathnovas Runas normalmente não é tão eficiente como achar as antigas e poderosas, e isto pode dar gás a história por muito tempo. Buscar runas antigas envolvem explorações em locais onde vivem ou viviam Dragões, Gigantes e impérios perdidos dos Anões.

Desde o AD&D na segunda edição a Magia Rúnica marca presença nas versões do RPG mais conhecido do mundo, sendo que a repaginação atual dela já está disponível oficialmente em formato de Playtest e deve sair em breve uma versão definitiva junto com a aventura Storm King´s Thunder.

Aproveitem, até a próxima e rolem 20 galera!

Sobre @sembiano

Gustavo Souza, também conhecido pelo apelido dos antigos fóruns como Sembiano. Administrador de formação, hoteleiro por paixão e fanboy assumido de D&D, o RPG já faz parte da sua vida desde 1992. Sobreviveu a famigerada geração Xerox e ao êxodo RPGístico no final dos anos 90, para se converter em um entusiasta do hobby com um carinho especial pelo jogo organizado, sendo um dos membros fundadores do RPGArautos.@sembiano
Esta entrada foi publicada em Links, Post e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

4 respostas a A Magia Rúnica

  1. RafaelDragonMaster disse:

    “Gigante… das colinas… mago” HA!HA! Sembiano, você é um cara engraçado!

    • sembiano disse:

      Putz….foi um erro mesmo, não que fosse impossível, mas seria realmente estranho. Nesta caso era para ser das nuvens e digitei o tipo errado.Agora, me deu uma boa ideia…Gigante das Colinas mago ninguém espera….hehehe

      Valeu o toque, vou corrigir, mas fica a ideia registrada aqui.

      • Davi disse:

        Achei que era intencional mesmo, um pouco pela zueira mas também para acabar com o preconceito.

    • Daniel Anand disse:

      Eu revisei o texto e também achei que era intencional. Gigantes Magos ftw! Teria que ser um gênio para um Hill Giant, e no AD&D ele só mandaria magias de nível baixo, mas ainda assim… 🙂

Os comentários estão encerrados.