Arsenal do Aventureiro

Olá pessoal,

Hoje gostaria de deixar meus comentários sobre a versão nacional do Adventurer’s Vault, o Arsenal do Aventureiro, que a editora Devir gentilmente enviou pra mim. Resumidamente: é igualzinho sua versão americana, que já resenhei aqui, mas em português. Então os prós e contras que citei lá todos continuam valendo! 🙂

Mas esse livro tem outro pró, que o deixa ainda melhor que o original: ele contém todas as erratas e atualizações do livro até o começo desse ano. Ou seja: itens como a Armadura do Veterano [Veteran’s Armor], armas duplas, o deslocamento do cavalo de montaria e vários outros detalhes já estão corrigidos. Ou seja, uma boa notícia para os jogadores da versão nacional, já que pra quem não lê Inglês fica difícil acompanhar as correções pelo D&D Insider.

A capa está idêntica, e posso colocar esse livro na estante com os demais livros sem que ele se destaque mais ou menos. A única diferença é o logo (pequeno) da Devir na lombada. O verniz e qualidade da capa estão idênticos ao original também. Por dentro, o papel parece ter uma gramatura levemente menor que o original, mas é quase imperceptível. As cores também tem uma leve diferença, mas nada que se perceba, por exemplo, nas ilustrações. Está um trabalho fantástico na minha opinião, parabéns ao Otávio e equipe. Aliás, já tem várias prévias do Livro do Jogador 2 no site do D&D da Devir.

O livro sai por R$ 52,00 na D3Store, o que acho um preço super razoável pela qualidade. Pra vocês terem uma idéia de comparação, não achei nenhum outro livro de capa dura e 100% colorido que tivesse esse preço nem na FNAC nem na Saraiva, só o Guiness, que teve ter uma tiragens de umas duas ordens de grandeza a mais. Se alguém achar, comenta aí.

Só um lembrete: se você é o DM, você não aproveita muito desse livro, ele é feito para os jogadores. Então, DMs do Brasil, se seus jogadores quiserem a pilhagem gorda que sai desse tomo, ponha seus jogadores pra comprar eles mesmo esse livro! 🙂

E rolem 20!

Sobre Daniel Anand

Daniel Anand, engenheiro, pai de gêmeas e velho da Internet. Seu primeiro de RPG foi o GURPS Módulo Básico, 3a edição, 1994. De lá para cá, jogou e mestrou um pouco de tudo, incluindo AD&D, Star Wars d6, Call of Chuthulu, Vampire, GURPS, Werewolf, DC Comics (MEGS), D&D 3-4-5e, d20 Modern, Star Wars d20, Marvel Superheroes, Dragonlance SAGA, Startrek, Alternity, Dread, Ars Magica e atualmente mestro 13th Age. @dsaraujo no twitter

Esta entrada foi publicada em Resenha e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

16 respostas a Arsenal do Aventureiro

  1. BIG disse:

    Concordo contigo no diz respeito ao preço, qualidade, etc… mas sobre o valor para DM´s, eu discordo. Você mesmo disse na resenha do livro em inglês que as armas davam boas ideias… citando:

    "Prós
    Muitos itens legais, que já te dão ganchos de histórias nas descrições"

    E com isso, eu concordo, e já me utilizei desse tipo de ganchos recentemente, com bons resultados…

    • Daniel Anand disse:

      Estou brincando no final. Eu sou DM, tenho e uso o livro. O que quis dizer é que esse é um livro que, via de regra, quem tem que comprar são os jogadores, e não deixar tudo na mão (e no bolso) do pobre DM.

  2. Karen disse:

    Me tira uma duvida, ele cita algo sobre Bardo? ^^

  3. DM Rafael disse:

    Ter os updates é uma vantagem… ou não! A modificação nas armas duplas foi muito sensata, mas as faca entrou fundo demais! B)

    Brincadeiras a parte, mesmo jogando com os originais em inglês, esse é um livro que é interessante ter mesmo em portuga. Talvez tenha-se a dificuldade com um ou outro termo, mas como o Rodrigo Big falou, é sempre legal como literatura pra fonte de ideias.

  4. Puppet disse:

    O último comentário do Anand me fez vasculhar os livros aqui em casa. Realmente o AV ao contrário do AV2 não possuí lendas/histórias para os seu itens. Achei que ambos contavam com essas descrições.
    My recent post Robot Chicken Plays a Little D&D

    • BIG disse:

      Puppet, talvez por que o lance de lendas para os itens ficou meio que uma mecânica, então, já tem no AV, não precisa repetir no AV2…

      (legal perceber também que a abreviatura do nome do livro, ficou igualzinha nas duas linguas! De propósito? :D)

  5. Ah, não tem jeito. Estou mais pra colecionador de RPG do que jogador ou narrador, então é mais uma peça imprescindível da minha coleção!

  6. BIG disse:

    Ia falar uma besteira, mas apaguei… uaheuaheuhaua…

    então, Puppet… talvez porque o lance das lendas de itens ficou tipo uma mecânica, então se tem no Av, não precisa repetir no AV2

    • Puppet disse:

      Ficou um pouco confuso realmente mas, o livro que conta com descrições mais elaboradas dos itens é o AV2.

      Provavelmente isso ocorre por causa do dndinsider. Regra por regra você não precisa de livro, então a WotC notou que fazer livros puramente mecânicos (MP, AV, AP) não ia dar em nada e começou a recheá-los com mais fluff.
      My recent post Robot Chicken Plays a Little D&D

  7. Pingback: Tweets that mention Arsenal do Aventureiro | Rolando 20 - DnD 4ª edição -- Topsy.com

  8. Diogo disse:

    Fala Anand,
    Quando sai o próximo Programa?
    Fico na vontade aqui e já ouvi tudo! "Vc é responsável por quem vc cativa"! ehehehhehe

    Abraço

Os comentários estão encerrados.