Cadê o Healer?

Todo mundo pronto para começar mais uma campanha, fichas em branco pra todo mundo, temos um guerreiro, um ranger, convencemos o novato a jogar com o mago, e fulano sempre joga de Warlock. E cadê o leader? Ou, como diríamos antigamente, cadê o healer? Quem vai curar?

Em todas as edições de Dungeons & Dragons, ficar sem cura sempre foi um problema. Das épocas escassas do Original D&D, às múltiplas curas em combate da 4ª edição, ter alguém que faça seus hit-points subirem ao invés de descerem não só é um diferencial do seu grupo, mas quase uma pedra fundamental. E se você não tem líderes, como o clérigo ou o warlord, o que fazer?

Uma das primeiras opções é andar com mais poções de cura, mas isso não só custa caro, como também não costuma resolver. Nos primeiros níveis, 10 hit points são uma boa ajuda, mas nos níveis 5-6 é um tanto quanto meia-boca. Outra alternativa é ter classes que tem um pézinho na cura, seja um paladino, seja alguém com o feat Initiate of the Faith, que já ajuda.

Outra alternativa interessante também seria contratar alguém pra curar o grupo, bem na linha dos cohorts que acompanhavam personagens de nível 6 ou mais com o feat Leadership na terceira edição. Basicamente, no nível cinco ou seis o grupo poderia andar com o amigo Wilson:

Wilson, Cleric of Pelor Level 6 Skirmisher (Leader)
Medium natural humanoid XP 250
Initiative +6 Senses Perception +6
HP
72; Bloodied 36.
AC 20; Fortitude 18, Reflex 18, Will 18;
Speed
6
:M: Spear (standard; at-will) ✦ Weapon
Reach 2; +11 vs. AC; 5 damage;
:m: Patch up (standard; recharge :6: ) ✦ Healing
An adjacent ally may spend a healing surge and regain his surge value plus an addition 1d6 hit points.
Alignment Unaligned Languages Common
Skills
Heal +14
Str 13 (+4) Dex 16 (+6) Wis 19 (+7)
Con
16 (+6) Int 16 (+6) Cha 13 (+4)

Ele basicamente vai junto com o grupo por uma parte do tesouro, mas você pode inventar histórias mais legais, e criar um NPC não só útil quanto interessante. Ele pode ser um seguidor de um dos membros do grupo, ou mesmo um liasson da Igreja de sua dividade (no caso, Pelor) junto ao grupo.

Para balancear os encontros, basta o DM adicionar 250 XP (o valor de XP do NPC) no orçamento de XP dos encontros. O healer pode ser facilmente adaptado para outros níveis. Vocês podem ver outros stat-blocks de healers nesse post aqui, de onde eu copiei descaradamente me inspirei para escrever esse artigo! Dá uma olhada no de nível 26!

Rolem 20!

Imagem também roubada (pro relaxo ser completo) do grimório esquecido.

Sobre Daniel Anand

Daniel Anand, engenheiro, pai de gêmeas e velho da Internet. Seu primeiro de RPG foi o GURPS Módulo Básico, 3a edição, 1994. De lá para cá, jogou e mestrou um pouco de tudo, incluindo AD&D, Star Wars d6, Call of Chuthulu, Vampire, GURPS, Werewolf, DC Comics (MEGS), D&D 3-4-5e, d20 Modern, Star Wars d20, Marvel Superheroes, Dragonlance SAGA, Startrek, Alternity, Dread, Ars Magica e atualmente mestro 13th Age. @dsaraujo no twitter

Esta entrada foi publicada em Post e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

3 respostas a Cadê o Healer?

  1. C disse:

    Uma coisa interessante é que a formação do grupo influi diretamente no desempenho do defender.

    A priori, o guerreiro é um defender melhordo que o paladino porque ele tem mais opções de segurar o “agro”. Mas como ele não cura, ele precisa de um líder dedicado (preferencialmente um clerico devoto).

    Na ausencia de um clérigo, tendo um warlord como líder ou mesmo na ausencia de líder o paladino se sobressai enormemente na qualidade de defender.

    Não sei sobre como funcionaria o Swordmage, mas imagino que deve ter um ponto de equilibrio assim…

    PS: Cause Fear do clérigo é um dos poderes mais divertidos do jogo. Ver o cidadão saindo correndo e tomando pedalaço de meio campo de batalha sempre me diverte não importa quantas vezes eu faça =)

  2. Woodstock disse:

    Com esse clássico nome o medic tinha que ser uma bola de volei!!!

    Gostei da idéia de revival no feat Leadership!

  3. Marcelo Dior disse:

    No caso dos dois grupos do jogo de quarta-feira aqui em RAO, demos conta de não ter um controler em ambos! Como está chegando ao ponto de um esperar o PC do outro morrer para ele fazer um controler, vou adaptar essa idéia para um Wizard.

    Legal.

Os comentários estão encerrados.