Como você joga RPG?

Olá Pessoal!

Mais um sábado, dia de mais uma enquete. Hoje perguntamos: como você joga RPG atualmente? Com a modernidade da comunicação eletrônica, hoje muita gente usa a Internet para jogar trocentos tipos de jogos, incluindo RPG. Eu mesmo mestro uma aventura de D&D via Fantasy Grounds. O Davi Salles inclusive está preparando um artigo a respeito.

Mas, eu não consigo viver sem o velho e bom RPG presencial, onde você encontra os amigos, espalha as fichas (e agora, power cards) pela mesa, que está cheia de dados, miniaturas, livros, salgadinhos e refrigerantes. Estou atualmente jogando ou mestrando duas campanhas presenciais.

Infelizmente, também conheço vários jogadores que não jogam mais, seja por causa de filhos, distância, falta de grupo e outros. E vocês? Como fazem?

[poll id=”4″]

E Rolem 20!

Sobre Daniel Anand

Daniel Anand, engenheiro, pai de gêmeas e velho da Internet. Seu primeiro de RPG foi o GURPS Módulo Básico, 3a edição, 1994. De lá para cá, jogou e mestrou um pouco de tudo, incluindo AD&D, Star Wars d6, Call of Chuthulu, Vampire, GURPS, Werewolf, DC Comics (MEGS), D&D 3-4-5e, d20 Modern, Star Wars d20, Marvel Superheroes, Dragonlance SAGA, Startrek, Alternity, Dread, Ars Magica e atualmente mestro 13th Age. @dsaraujo no twitter
Esta entrada foi publicada em Enquete e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

12 respostas a Como você joga RPG?

  1. Marcelo Dior disse:

    De outubro de 2007 a junho de 2008 mestrei uma campanha on-line, via Skype e utilizando mapas e marcadores virtuais (uma versão “gambiarra” do Fantasy Grounds). Foi a experiência mais cansativa da minha vida — e eu já trabalhei e haras!

    As sessões duravam entre uma e duas horas, nunca mais do que isso, e aconteciam duas ou três vezes por semana. Ao fim de cada uma, parecia que eu tinha apanhado; estava mais que cansado, estava moído. Por algum motivo, mestrar on-line foi muito mais exaustivo que numa mesa.

    Não repito a experiência, e não recomendo.

  2. Saudações!

    Nunca joguei de outra maneira, que não presencialmente. Mas em caso de necessidade, usaria o FG. O grande lance é que jogar pela Net requer o máximo de simplicidade e improviso, do contrário gera exaustão e tempo mesmo.

    Um abraço.

    A

  3. Armageddon disse:

    Opa =)

    Estou em campanha por PBEM há quatro anos, e infelizmente é basicamente a minha única forma de jogar a não ser em alguma convenção ou algo assim. Mas é bacana, especialmente pelo nível de detalhismo em que se pode chegar.

    A única real desvantagem é a sua lentidão. Cada aventura isolada leva em torno de um mês e meio para terminar (mas já ficamos um ano numa mesma aventura ;D)

  4. Youkai X disse:

    Bem, eu votei que jogo (e narro)presencialmente, mas já joguei algumas vezes em mesas online. O legal delas é juntar o pessoal rpgista que conheço Brasil afora numa mesma mesa, que pode ter detalhes que numa mesa presencial fica difícil, ter, mas também a necessidade de simplificar demais tudo e de tudo ser corrido acaba pesando contra. mas eu pretendo jogar numa mesa online quando possível (na SpellRPG tem até’tópico no fórum que eu falo dissoXD)

  5. CF disse:

    Ontem tive no mesmo dia a primeira sessão de uma campanha de WFRP e a segunda de um jogo de D&D 4E.

    Ainda assim, o que me deixa ressabiado é que ultimamente o padrão tem sido de numa época pipocarem várias campanhas, e aos poucos elas irem morrendo até só restar uma ou duas.

    Fico ressabiado porque pretendo começar a mestrar no final de Novembro/início de Dezembro e comumente as minhas estão entre as campanhas que terminam empacando. =/

  6. Nibelung disse:

    Eu jogo online e presencialmente. Votei no presencial porque eu considero a forma mais divertida de jogar. A única real vantagem de jogar via internet é que fica mais fácil de achar um grupo que é “a sua cara” e gosta do mesmo estilo que você.

  7. Jogo Presencialmente. Já tentei jogar/mestrar pela internet, atraves do programa da rpg online, mas infelizmente não deu certo. Tentei mestra tambem atraves de um fórum, mas tambem naum deu certo. Projetos naum faltam para que eu mestre pela internet, em breve colocarei esse projeto para frente.

    Sobre o convite de Daniel Anand, que passou em meu blog e perguntou se eu conhecia o Rolando 20, muito obrigado, mas ja conhecia, atraves do agregador de blog Rpg.BLog. Fica aqui o convite para o Daniel, para que sempre que possivel de uma olhada no blog Rpg Sem Compromisso. E a todos q estiverem interessado.

    Aproveitando o espaço para pedir que se possivel os leitores desse blog opinem sobre uma questão que levantei em meu blog: “Qual o melhor? Comunidade ou Fórum”. Para mais detalhe acessem o link abaixo e desculpa ai se a mensagem tiver ficado muito grande. F-U-I = Fui!!!!

    http://rpgsemcompromisso.wordpress.com/2008/11/01/comunidade-ou-forum-2/

  8. C disse:

    Eu jogo presencialmente e online e acho que ambas as maneiras tem suas desvantagens e vantagens.

    Como eu sou uma pessoa bastante timida pessoalmente, eu me sinto muito mais a vontade interpretando online, o mesmo valendo para mestrar porque eu posso preparar material com antecedencia e na hora só copiar/colar, deixando para me preocupar como mestre 100% com as improvisações malucas dos players.

    E embora eu não tenha determinado exatamente o pq (se é pelo meio ou pelo grupo em si), o combate flui muito mais suavamente pelo FGII do que pela mesa (um combate que dura uma hora no FG leva em torno de 3 na mesa)

    Alem disso é muito mais facil encontrar pessoas pela internet (principalmente se vc mora fora do eixo RJ-SP)

    O maior contra de jogar online é que para todos os efeitos vc está em casa, e as pessoas tendem a entender como tal: e daí da-lhe pausa pra discutir com a namorada, lavar a louça, dar comida pro cachorro, etc etc.

    É claro que se for para jogar com seus amigos vale mais a pena jogar presencialmente, mas como o grupo que eu jogo presencialmente eu conheci justamente com a finalidade de jogar não sinto tanta diferença assim

  9. Faltou a opção (jogo os 2)
    Pois atualmente jogo 2 campanhas presencialmente e 3 por internet

  10. meiron disse:

    olha! pra falar a verdade jogo com meus amigos quase sempre! mas quando eles não podem jogo sosinho! na minha opinião também dá pra jogar sosinho!!!
    🙂

  11. Diego disse:

    Olá, sou jogador e mestre, já não jogo ha algum tempo. Gostaria de saber se vcs estão em São Paulo, se eu poderia conhecer o grupo e tal. Estou querendo muito voltar a jogar.
    Já joguei de tudo, gurps, vampiro, 3d&t, ad&d e D&D (o melhor).

    Sou de São Paulo, se possivel me mande uma email dizendo que não ou que sim, onde vcs se reunem e tal.

    Tenho 26 anos, sou biólogo e professor do Estado de São Paulo.
    Meu email é diegopetian@hotmail.com

    Abraço

Os comentários estão encerrados.