Dating Brünhild, conquistando o coração de uma gigante de fogo!!!

Mais um artigo apresentando uma visão um pouco diferente dos gigantes de Dungeons and Dragons enquanto nos preparamos para a chegada da campanha Storm’s King Thunder! Neste artigo, os herois terão que viajar até a Montanha do Penacho Branco par ajudar a unir um casal de gigantes apaixonados…

 

Entrando de fininho

Rangers não costumam ser convidados para cerimônias reais, por isso eu havia passado uma semana me esgueirando pelos cantos da Montanha do Penacho Branco. Estava coberto de fuligem, desidratado e à beira do esgotamento. Meus mantimentos se esgotaram dias atrás. Vivia de lamber a água que pingava das paredes e de cogumelos que achava aqui e ali. Sei diferenciar os comestíveis graças a uma temporada que passei num parque de diversões dos drow (só os drow se divertem neles). Mas havia valido a pena, estava sobre uma plataforma de rocha que permitia ver o Grande Salão dos Gigantes de Fogo. A sala estava lotada, e quente como o Inferno (não é força de expressão, já fui lá uma ou cinco vezes), graças a torrentes de lava que brotavam do chão. Dezenas de gigantes se enfileiravam com as suas melhores armas e armaduras observando a entrada do príncipe Wärbel que chegava  cavalgando um besouro de fogo do tamanho de uma casa.

Na plataforma do trono, a princesa Brünhild observava o pretendente com uma expressão feroz enquanto pegava a maça estrela das mãos do seu capitão, Ortwin. Entre os gigantes de fogo, as governantes são raras e as tradições proíbem que recusem pretendentes. Essa era a terceira proposta dessa estação e Wärbel parecia convencido de que ia ganhar a mão da princesa…

-Brünhild! Prepara-te para aceitar o meu amor!! – meu domínio da língua gigante não era lá essas coisas, mas eles não eram conhecidos pela sofisticação do discurso. O príncipe desceu da montaria e se aproximou do centro do salão exibindo com orgulho as armas que havia forjado para esta ocasião.

-Wärbel! Te provarás digno de uma donzela guerreira ou cobrirás o teu clã de vergonha? – Brünhild avançou com a graça característica das gigantes de fogo, nenhuma, coberta com uma malha de escamas de dragão dourado resplandecendo à luz da lava.

Wärbel avançou imediatamente correndo em direção à sua amada enquanto sua espada de ferro incandescente silvava no ar. Brünhild girou o corpo para evitar o golpe brutal e usou o movimento para dar velocidade à sua maça. Wärbel estava desequilibrado, ainda assim, conseguiu levantar o escudo para se proteger do golpe. Mas a magia que Brünhild havia infundido na sua arma era poderosa demais. As runas refulgiram furiosamente e a maça destroçou o escudo, o elmo, e transformou a cabeça do pretendente numa nuvem avermelhada que formou um arco-íris sinistro à luz do magma.
Brünhild se virou para voltar ao trono deixando a maça nas mãos prestativas de Ortwin, com um olhar ardente e se sentou em silêncio. Em algum lugar, alguém soltou o maior elogio que um gigante de fogo pode dedicar a uma fêmea da espécie:

-Essa não casa mais…

Olhei novamente para o capitão Ortwin que, ao lado do trono, se esforçava para ocultar o nervosismo e balancei a cabeça tentando conter o desânimo… Como diabos eu ia ajudar aquele imbecil a conquistar o coração ardente de Brünhild?

brunhildCom o Ordening, o sistema sagrado de hierarquias dos gigantes suspenso pelos deuses, diferentes clâs correm para unir forças ou ajustar contas, ameaçando os reinos humanos vizinhos com a guerra e o caos. Mas mesmo nesse panorama, pode florescer o romance…

Entre os gigantes de fogo, a habilidade de forjar armas e armaduras e a maestria em combate são prezadas sobre tudo o mais. Praticamente tudo na sociedade deles se resolve na base da porrada. Inclusive relacionamentos…

Para conquistar uma parceira, um pretendente deve vencê-la em combate, mostrando assim o seu merecimento.

A aventura

Os aventureiros foram contatados secretamente por um emissário dos gigantes de fogo da Montanha do Penacho Branco (go, grognards!). Ele busca mestres de armas capazes de desenvolver técnicas de luta que permitam derrotar a maior guerreira do clã: a princesa Brünhild!

E quem teria enviado esse emissário com essa missão tão desconcertante?

Pois, a própria Princesa Brünhild que suspira de amor pelo seu Capitão da Guarda Real, Ortwin, mas sabe que ele não tem a menor chance contra ela num mano a mano…


BRUNHILD, a princesa durona

Huge giant, Lawful Evil


  • Armor Class 22 (scale mail)
  • Hit Points 190 (13d12+65)
  • Speed 40ft.

STRDEXCONINTWISCHA
26
(+7)
12
(0)
24
(+5)
10
(0)
15
(+2)
13
(+1)

  • Saving Throws Dex +5, Con +11, Cha +5
  • Skills: Perception Athletics +12, Perception +6
  • Damage Inmunities  Darkvision 60ft., passive Perception 14
  • Senses  passive Perception 16
  • Languages Giant / Common
  • Challenge 10 (5,900 XP)

Actions

Multiattack. Giants make two mace attacks.

Mace. Melee Weapon Attack: +12 to hit, reach 15ft., one target. Hit: 42 (7d6+12) bludgeoning damage. Crit. 20 Vorpal

Magma Rock. Ranged Weapon Attack: +12 to hit, range 60/240 ft., one target. Hit: 32 (4d10 + 9) bludgeoning damage + 1d6 (fire).

A missão de vocês, se decidirem aceitá-la, é encontrar a forma de observar a princesa lutando e aprender o bastante para preparar o capitão panaca para uma luta na qual o resultado não seja ele transformado em uma mancha vermelha no chão, porque Brünhild não vai facilitar pra ninguém…

Se tudo der certo, Ortwin poderá entrar na batalha com itens mágicos adequados e vantagens em certas jogadas a serem usadas em momentos críticos, ou uma boa e velha trapaça a gosto do grupo, como armadilhas, armas que quebram ou poças de óleo escorregadio convenientemente distribuídas pela arena (óleo é inflamável, claro, mas vamos deixar os aventureiros descobrirem isso na hora em nome da diversão). As paqueras de gigantes de fogo é coisa séria, se a princesa for reduzida a 1/4 dos pontos de vida vai reconhecer o mérito do pretendente.


Ortwin, pretendente tímido

Huge giant, lawful evil


  • Armor Class 18 (plate)
  • Hit Points 162 (13d12+78)
  • Speed 40ft.

STRDEXCONINTWISCHA
25
(+7)
9
(-1)
23
(+6)
10
(+0)
14
(+2)
14
(+2)

  • Saving Throws Dex +3, Con +10, Wis +5
  • Skills: Perception Athletics +11, Perception +6
  • Senses  Darkvision 60ft., passive Perception 16
  • Languages Giant
  • Challenge 9 (5,000 XP)

Actions

Multiattack. Giants make two greatsword attacks.

Greatclub. Melee Weapon Attack: +11 to hit, reach 10ft., one target. Hit: 28 (6d6+7) slashing damage.

Magma Rock. Ranged Weapon Attack: +11 to hit, range 60/240 ft., one target. Hit: 29 (4d10 + 7) bludgeoning damage + 1d6 (fire).


Reactions

Rock Catching. If a rock or similar object is hurled at the giant, the giant can, with a successful DC 10 Dextery saving throw, catch the missile and take no bludgeoning damage from it.

Esclarecendo… gigantes de fogo são Lawful Evil, respeitarão contratos mas podem fazer coisas muito desagradáveis em todo o resto da relação com os aventureiros. Diamantes do tamanho de porcos foram mencionados pelo emissário.

Este artigo é pra quem fala que D&D não tem romance.

Nota: os nomes foram roubados do livro O Anel dos Nibelungos (fikadika)

Sobre Daniel Cenoz

Comecei a jogar RPG na época que isso ainda dava cadeia na Argentina e meu Ranger está na ativa desde 1997 porque ele sabe a hora de sair correndo.
Escrevo pra pagar minha dívida com a sociedade e as pessoas me acham um cara bacana, mas só até me conhecerem melhor.
Twitter @danielcenoz

Esta entrada foi publicada em Oponente e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

3 respostas a Dating Brünhild, conquistando o coração de uma gigante de fogo!!!

  1. Kassyo Pantoja disse:

    Olá, teriam como me responder se vcs jogam online de alguma forma e se de alguma forma eu poderia jogar? bem to procurando uma forma de jogar online com algum grupo, pois na cidade em q vivo quase n tem rpg.

  2. Daniel Cenoz disse:

    Oi, Kassyo! Tem vários grupos no Facebook e em foruns que reúnem jogadores para partidas online. Mas uma dica é vc mesmo divulgar entre seus amigos e formar um grupo do seu jeito.
    Abs!

  3. Marcio Loureiro disse:

    Que plot criativo, parabéns! Estou narrando uma aventura nas Fronteiras Prateadas onde, em breve, os jogadores terão algumas sessões dedicadas a encontrar fortes aliados contra o exército de Arharzel, um dragão azul patriarca que, ao ter seu filho ameaçado, declarou guerra a Silverymoon (Culto do Dragão e Tiamat envolvidos).
    Essa proposta cai como uma luva. Gigantes como aliados e uma missão bem incomum. Com certeza vou utilizar!

Os comentários estão encerrados.