E finalmente decidi postar aqui as missões que se aproximam do final da campanha de D&D dos Escamas Púrpuras. Já no patamar épico, falta pouco para os heróis abraçarem os seus destinos. Veja o que aconteceu nas últimas sessões para se atualizar, e vamos lá!

Prólogo

Amos, o anão, retornou para Arkanûl e continuou lutando em prol de Moradin. Acabou visitando Abir Retornada, e sendo recebido como um herói pelo conselho dos dragões de lá. O conselho explica que ele apareceu nas profecias como aquele que iria acabar com os últimos guardiões de Tiamat, e que precisará fazer seu maior sacrifício por Fae-Rûn, quando habitará o corpo de Bahamut.

Calixto, a general, preparou-se para marchar contra Thay. Usando de artimanhas políticas e movimentações de exércitos, garantiu que Netheril ficasse neutra, e colocou Cormyr e Myth Drannor como seus aliados na cruzada. Para engrossar seus exércitos, recrutou entre os pobres e sem futuro de Baldur’s Gate.

Calima, a barda, casou-se com Cedric (agora parte do conselho de Myth Drannor), e teve um bebê. Recebeu a missão de levar de volta para a Feywild os Eladrins de Fae-Rûn, algo que não agradou os altos elfos de Evermeet, que precisam dos eladrins na guerra contra os drows.

Evangeline, a rogue de Hillsfar, trabalhou duro para reestruturar a cidade de sua guilda, que fora parcialmente destruída pelos elementais do fogo (e Elminster). Ele recebe uma visita de uma entidade (ainda não revelada aos outros jogadores) e parte numa missão secreta.

Wren, agora no corpo de um drow, continua a servir a Rainha-Aranha Lolth. Lolth fez um pacto sinistro com Shar, mas para concretizar sua parte, precisa de algumas ações especificas, e Wren é o escolhido para executá-las. Shar também está em conflito com Bane, aliado de Szass Tam e Tiamat, então Wren deve ser o mais discreto possível para não atrair todos esses inimigos para si.

A missão

Calixto descobriu também onde estava a última alma de suas irmãs perdidas, Urânia, e recruta os antigos colegas Escamas (agora Épicas) para ajudá-los na missão de infiltrar o covil de um Pit Fiend servo de Asmodeus no Abismo. Urânia, usando seus poderes de vislumbrar o futuro, previu a morte de Szass Tam, e sabe onde está a filateria do Lich. Asmodeus trabalha junto com Tiamat, e não é difícil convencer Amos. Evangeline e Wren parecem ter seus próprios motivos para seguir a Eladrin, e todos embarcam na nova missão.

O grupo

Agora épicos, o grupo é composto de:

  • Amos, anão fighter (Battlerage Vigor), Dreadnought, Dragonheart;
  • Calima, eladrin bard (Virtue of Cunning), Summer Rhymer, Demigod;
  • Calixto, eladrin warlord (Tactical Presence), Comando Captain, Legendary General;
  • Evangeline, halfling rogue (Artful Dodger), Guildmaster Thief, Thief of Legend;
  • Wren, bugbear rogue (Brutal Scoundrel), Daggermaster, Chosen of Lolth;

A História

  1. Para conseguir chegar ao Pit Fiend, o grupo precisaria pronunciar o nome da criatura ao usar o círculo de teleporte, e somente um escolhido de Lolth poderia fazer isso tão discretamente que que o demônio não ficasse atento para a emboscada. O grupo se teleporta com sucesso, e chegam no Abismo. Lá, lutam não só contra hordas de demônios, e finalmente enfrentam o Pit Fiend, que está aliado a um dragonborn campeão de Tiamat. O grupo o vence. Evangeline e Wren disputam a maça do demônio por alguma razão. No final, Wren obtêm a arma, mas só retira um scroll de sua base, e dá a maça para a halfling. A ponta da maça, um crânio, sangra pelas órbitas sem parar, e a halfling guarda o item maligno.
  2. Na sala do Pit Fiend havia inúmeros jarros com almas aprisionadas pelo demônio. Uma delas, a de Urânia, irmã das Eladrins. Ela conta o porquê dos pais delas terem sidos enviados à Thay: eles queriam levar a raça de volta a Feywild, e foram segregadas e enviadas para uma missão suicida pelos high mages de Evermeet. Urânia também revela a localização da filateria de Szass Tam: nas profundezas do lago Thaylambar, protegida por inúmeras armadilhas e tartarugas marinhas gigantes mortas-vivas.
  3. O grupo precisa ir atrás da filateria, mas como chegar até Thaylambar sem chamar a atenção? Resolver ir investigar um grupo de Thayans que foram até Mulmaster, reduto inimigo de Evangeline. Lá, descobrem que a Tarchion (líder) dos Red Wizards of Thay Sylora Salm foi negociar algo com Fzoul Chembryl, Chosen of Bane. O grupo busca o HQ de Fzoul pelos esgotos de Mulmaster, e encontram um Beholder Undead nos túneis. Encontram o Banita e a Tarchion. Ela descobriu um antigo círculo de teleporte que liga Mulmaster a Thay, e quer tomar o lugar de Szass Tam, e por isso veio pedir ajuda a Fzoul. O grupo explica seu objetivo similiar, e eles fazem uma aliança para destruir a filateria.
  4. No entanto, Fzoul trai a todos, e enquanto o grupo faz um trabalhinho para Fzoul (eliminar uma Hydra do Chaos que infestava a região), Sylora aparece ensanguentada, sendo perseguida por um Aspecto de Bane. Juntos, o grupo chega até o círculo de teleporte, que leva o grupo até a borda do lago Thaylambar. E o grupo vai para debaixo dágua.
  5. No caminho até a filateria, vencem o guardião (um Kraken Demoníaco) e conseguem evitar as tartarugas undead. A filateria se encontra numa pequena ilha dentro de um lago submerso numa caverna. Uma armadilha final, no entanto, prende o grupo dentro da filateria!
  6. Lá dentro, o grupo enfrenta dragonborns antigos de Tiamat e Godslayers, uma raça de dragões criados pelos primordiais para eliminar os deuses. Encontram também a fábrica de almas de Szass Tam, controlados por um Larva Mage e vários proto-liches. Por fim, chegam na câmara final, onde a alma de Szass Tam está guardada por dois Dragões Vermelhos Antigos. Amos se lembra da profecia do conselho: “Sacrifique a magia ao fogo do crepúsculo, e o verdejar enfraquecera os dragões do fogo”. O grupo começa a lutar, e descobrem que o Lich só pode ser morto quando quatro pilares de fogo laranja recebem sacrifícios de itens mágicos poderosos (100k gp pra cima!) e tornarem-se verdes. O problema é que os dragões podem reacendar os pilares com suas baforadas. Depois de muitos sacrifícios, o grupo vence o lich, destróem a filateria, e se vêem todos na pequena ilha novamente. Agora o grupo pode marchar contra Thay, e Szass Tam pode ser destruído para sempre!

Minhas observações

  • O estágio épico não é muito diferente não. A principal diferença é que agora o grupo tem muitos recursos diferentes, e possuem inúmeras maneiras de saírem de apuros. Isso significa que você pode jogar até a pia da cozinha neles sem dó nem piedade! Dano toda rodada, danos de 5d10+10, não tenha medo de abusar!
  • Por outro lado, o estágio épico é bem parecido(!), e sinto que o grupo anda meio cansado da aventura. Estamos muito próximos do final, e espero surpreendê-los nas duas próximas sessões, que podem muito bem serem as últimas.
  • Gostei de usar mais as histórias dos personagens, e estou tentando colocar tudo meio “over the top” para dar uma sensação épica. Não sei se estou conseguindo! :)
  • Está divertido para mim, pelo menos!

Até!

Tags: , , , , , , ,

Esse post foi escrito em 8th de fevereiro, 2011 às 1:45 pm na categoria Reporte de Sessão. Você pode acompanhar os comentários desse post no feed RSS 2.0. Both comments and pings are currently closed.

8 comentários até agora

 1 

É sempre bacana ver um post aqui..e ansioso para ler o final dessa campanha.

8 de fevereiro, 2011 às 4:35 pm
 2 

Já temos um episódio gravado e devemos gravar outro essa semana. Eu vou tentar um esquema diferente de edição para ver se consigo manter os episódios saindo.

Não está abandonado, só está sofrendo com a indisponibilidade dos donos. :)

8 de fevereiro, 2011 às 5:35 pm
 3 

Já estamos acompanhando o grupo há o que, dois anos? Com a aventura terminando ia ser muito legal rolar um podcast com os jogadores comentando a experiencia de ir do heróico ao épico.

8 de fevereiro, 2011 às 6:38 pm
 4 

Que ótima noticia Anand, mais podcasts vindo por ae.
Será que rola um sobre o Gamma World 4E? Recebi a caixa e a expansão esses dias e gostei muito do que li, devo fazer um palytest no fim de semana. Gostaria de ouvir a sua opinião e a do David num futuro podcast sobre o cenário.

8 de fevereiro, 2011 às 9:49 pm
 5 

Excelente notícia! Afinal, de tempo, não conheço jogador de RPG maior de 20a que disponha.

9 de fevereiro, 2011 às 12:29 am
 6 

Nem eu nem o Davi compramos ou temos planos de comprar o Gamma World. Para saber mais sobre esse sistema e cenário, recomendo o blog do Ooze: http://www.ooze.com.br/

9 de fevereiro, 2011 às 3:58 pm
Hesed
 7 

Seria SENSACIONAL!!!!!!

9 de fevereiro, 2011 às 10:04 pm
Puppet
 8 

Mais um aqui para o coro!!

21 de fevereiro, 2011 às 11:22 am

Um Trackback/Ping

  1. Tweets that mention Reporte de Campanha: Escamas Épicas Sessões 36-38 | Rolando 20 - DnD 4ª edição -- Topsy.com    08 fev 2011 / 3pm:

    [...] This post was mentioned on Twitter by rolando20, F.C. Pereira. F.C. Pereira said: RT @rolando20: Novo post: Reporte de Campanha: Escamas Épicas Sessões 36-38 http://goo.gl/fb/hZ6sB [...]