Reporte de Campanha: Escamas Épicas Sessão 39

Escamas ÉpicasMuito bem, estamos aqui para o reporte da penúltima sessão dos Escamas, meu grupo de D&D na campanha dos Reinos Esquecidos. Relembre o que aconteceu nas últimas sessões e vamos lá!

A missão

O grupo conseguiu destruir a filateria de Szass Tam, deixando o mais poderoso necromante dos reinos vulnerável por 1d10+10 dias! Esse é o tempo que o grupo tem para angariar exércitos e tropas e marchar diretamente contra a capital de Thay, e destruir o déspota!

O grupo

Agora épicos, o grupo é composto de:

  • Amos, anão fighter (Battlerage Vigor), Dreadnought, Dragonheart;
  • Calima, eladrin bard (Virtue of Cunning), Summer Rhymer, Demigod;
  • Calixto, eladrin warlord (Tactical Presence), Comando Captain, Legendary General;
  • Evangeline, halfling rogue (Artful Dodger), Guildmaster Thief, Thief of Legend;
  • Wren, bugbear rogue (Brutal Scoundrel), Daggermaster, Chosen of Lolth

A história

  • O grupo precisava de tropas. Calixto já tinha a sua disposição os exércitos de esfomeados de Baldur’s Gate e os templares de Tempus, que a seguiu para a destruição de Thay. Mas isso Não seria suficiente. Então o grupo foi atrás de aliados adicionais.
    • Amos foi até Arkanûl, onde pediu apoio a Rainha Arathane, que sem pensar duas vezes mobilizoiu tropas elementais para o destruidor de Xxiphu e da Soberania dos Aboleths. Também falou com o conselho dos Dragões de Abeir Retornada, e recebeu o apoio dos dragões metálicos do norte.
    • Calima foi até Myth Drannor, e conseguiu exércitos de arqueiros élficos da melhor qualidade. Isso enfraqueceria as defesas de Myth Drannor, mas Calixto tinha conseguido um pacto com Cormyr, que seguraria os ataques dos Shades contra a cidade se necesário.
    • Calixto também conseguiu o apoio logístico de Aglarond (o grupo precisava de pontos de logística para conseguir mais tropas). Também foi para Phlan e conseguiu tropas de hipogriffos com o Comandante Ector. Usando seus teleportes, também foi à Cormyr falar com Edward Jacobs e conseguir o apoio de cavalaria dos Purple Dragons.
    • Wren mais uma vez foi atrás dos servos de Lolth, e entrou em contato com o primeiro clérigo da Deusa, seu antigo protegido, Kelaar (ver sessões 23 e 11), e conseguiu uma tropa de assassinos drow, mas sem contar aos outros qual seria o preço.
    • Evangeline conseguiu angariar algumas tropas halflings perto de Hillsfare, e também apoio logístico na região.

  • Além disso, o grupo precisava de tenentes e comandantes para suas tropas. Recrutaram alguns, e outros se juntaram ao saber do exército massivo que começava a marchar para Thay. Muitos deles estavam entre os líderes que retomaram Suzail do ataques dos Shades na sessão 18. Entre os líderes que se juntaram ao exército (só alguns foram usados efetivamente), estavam:
    • Major Edward Jacobs, líder dos Purple Dragons
    • Alestia, sorcerer filha de Telessar, líder dos War Wizards of Cormyr
    • Charrak, kobold skirmisher dos Seven Pillared Halls
    • Cederic, líder do conselho de Myth Drannor e marido de Calima
    • Keira, a arqueira
    • Laradorien, druida defensora do Leste (e ex-PC)
    • Gwynd, genasi da água swordmage de Cormyr (ex-PC)
    • Dave, bárbaro Goliath (ex-PC)
    • Rainha Arathane de Akanûl
    • Comandante Ector de Phlan
  • O grupo então selecionou suas tropas, baseadas nos pontos de logística e peças de ouro disponíveis. Cada tropa tinha um custo em ouro e de logística (upkeep). Além das tropas que foram recrutadas, ainda estavam disponíveis algumas tropas “genéricas” e também catapultas e armas de cerco. Depois de muito planejar, o grupo selecionou as seguintes tropas:
    • 200 halflings de Hillsfar
    • 20 catapultas pesadas
    • 10 assassinos drow
    • 300 templários de Tempus
    • 50 grifos montados de Phlan
    • 100 cavaleiros Purple Dragons de Cormyr
    • 200 genasi de fogo de Akanûl
    • 100 genasi da terra elite de Akanûl
    • 200 arqueiros elfos de Myth Draennor
    • 2 aríates gigantes (+40 homens operando cada)
    • Amos, o anão, como tropa
  • O grupo então marchou para Thay. O grupo poderia escolher qual das grandes torres e portões de Thay usariam para entrar. Cada um deles era comandado por um Zulkir de um das antigas escolas de magia. O grupo escolheu o Zulkir da Transmutação. E posicionaram suas tropas.
  • E a batalha começara! Nas tropas inimigas, inúmeros zumbis, esqueletos arqueiros, e até mesmo um esqueleto gigante de seis metros de altura. Com movimentos precisos e uso de artilharia, o grupo foi avançando. Num posicionamento errado dos inimigos, Amos chamou os dragões do Norte, deixando uma linha de fogo no campo de batalha (e muitos mortos-vivos queimados). Os assassinos drows também deixaram algumas pilhas de undeads espalhados. No meio do combate, liderando os templares de Tempus, Calixto tomba. Calima, sua irmã, toma seu lugar como general e lidera as tropas para a vitória!
  • No final, depois de várias baixas de ambos os lados, o grupo derrota facilmente o Zulkir que comandava as tropas, e chega no portão que os levará até Szass Tam. Mas lá, aguardando com muito ódio no coração, e transformada num arqui-Lich, está a Simbul!

Minhas observações

  • Usei um sistema de combate em massa adaptado do Cry Havoc, do Skip Williams. O sistema foi feito para a terceira edição, mas é facilmente adaptado para a quarta. Com ele, criei um sisteminha capaz de tranformar qualquer ficha do Monster Manual numa tropa de combate, dando flexibilidade para o grupo ir recrutar.
  • Além disso, o sistema usa moral e comando, e por isso todos os líderes tinham efeitos em combate também. Os PCs poderiam ser líderes ou mesmo virar uma tropa única. Se quiserem, posso postar os detalhes aqui.

Deixem aí seus comentários, e em breve posto o desfecho surpreendente da história dos Escamas! Até,  e rolem 20!

Esta entrada foi publicada em Post, Reporte de Sessão e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

17 respostas a Reporte de Campanha: Escamas Épicas Sessão 39

  1. Edu Trevi disse:

    Pô! Muito legal essa parte de combates em massa! Parabéns pro grupo que continua nessa longa campanha! Coisa rara de se ver hoje me dia…

  2. Vinicius Zóio disse:

    Batalhas campais são -sempre- bacanas nas campanhas não? :D

    O que aconteceu com a Calixto!? Morreu? Virou presunto no final da campanha?

  3. Rolando 20 de volta?

    =)

  4. Roosevelt disse:

    Faça essa enorme gentileza de colocar informações sobre essas regras de combate em massa. Isso seria fantástico.

  5. dracobahamut disse:

    Parabens pelos reportes de campanha. Acho que vou fazer o mesmo no meu blog. Obrigado por compartilhar conosco.

  6. @dan_figueroa disse:

    Alguma chance do Podcast voltar?

  7. Dan Ramos disse:

    Ei Anand, tem a manha de trazer essa regra de combate em massa pra gente aí? Meu grupo vai entrar numa guerra em breve. =D

  8. Severo Queiroz Jr. disse:

    Também sou favor de postar esse tal sistema de combate em massa.

  9. GuiL disse:

    Muito legal o lance de fazer batalhas campais, quando eu usei um sistema desse eu fiz igual ao suikoden 2 e estou pensando em fazer essas batalhas em Cormyr contra os shades, Myth Dranor e os Eladrins, Dragoes contra gigantes em Great Clacier e um possivel DrowsVSCriaturas do Far Realm na Underdark.

  10. diego disse:

    Seria legal colocar fotos da sessão, com os mapas, monstros e os jogadores.

  11. Liz disse:

    Animal esse reporte! Adorei o lance deles terem um tempo limitadíssimo pra vencer o Szass

  12. @zotyslin disse:

    Putw , Voltando a jogar D&D depois de algum tempo parado…
    Eu " Tô " mestrando uma mesa para uns amigos já bem familiarizados com o D&D e o RPG em Geral. Se vocês postassem as regras do combate em massa seria massa -q.xD

  13. Ricardo disse:

    Cade o resumo do ultimo jogo ?

  14. thiago disse:

    Daniel, nem sei se esse seria o local certo para perguntar isso. Mas procurando na internet por pessoas para compor o grupo que temos aqui em Barueri, vi que você estava procurando o mesmo no orkut (Não, não estou mais lá, mas toda pista é uma pista!)

    Então fica a pergunta, já achou um grupo, caso sim, ele está completo, ou cabem mais 2?

    • Davi Salles disse:

      Olá Thiago, acho que deve ter sido eu que estava procurando grupo. Pois eu que sou de Barueri. Atualmente não estou jogando em Barueri, mas podemos combinar alguma coisa, mande e-mail para davi@rolando20.com.br

Os comentários estão encerrados.