Esperança

E hoje apresento a personagem ganhadora do nosso concurso de personagens, criada por Alvaro Nibelung:

Esta Tiefling nasceu em Thrane, ainda em meio à Última Guerra. Como todos os descendentes dos Ermos Demoníacos, ela foi destratada durante toda a sua infância, mas como parte da tradição de Thrane, foi educada segundo os ensinamentos da Igreja da Chama Prateada. Mesmo sabendo que sua origem é “impura”, ela sempre se dedicou o máximo que pôde, com um sonho de se tornar uma sacerdotisa da igreja, e defender o nome da ordem por toda Khorvaire.

Durante sua cerimônia de iniciação, na presença da própria flama, ela teve uma visão, onde se via guiando todos os servos da Chama Prateada para Thronehold, e se tornando a representante-mor da única religião do continente. Poucas pessoas tem conhecimento desta visão, mas desde aquele momento ela sabia qual seria o seu destino: Se tornar a próxima Keeper, e ser a responsável pela ascensão da Igreja da Chama Prateada ao ápice de sua história.

Longos anos se passaram, e a tiefling abriu mão de seu nome antigo para representar o que ela crê ser seu destino: Esperança. Ela é a solução para o fim de tudo de ruim que ocorre em Khorvaire. Quiçá, Eberron inteira. Mantendo suas orações firmes na Chama Prateada, ela se tornou o mais próxima que pôde de uma encarnação da própria flama: Um ser que canaliza luz e fogo para os fins que busca: iluminar ou destruir. Usando seu treinamento divino com seus dons naturais demoníacos, ela não teve dificuldades de desenvolver o melhor que podia desse objetivo.

Já fazem oito anos desde que ela se consagrou uma campeã da Chama Prateada. Ela se mantém viajando por boa parte de Khorvaire espalhando a palavra e defendendo a honra de Thrane, e não irá deter sua jornada enquanto não tiver sinais que é o momento de retornar até Flamekeep e assumir a sua posição de direito: A líder da chama prateada.

Imagem: Candle Paladin

Esta entrada foi publicada em Personagem e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

11 respostas a Esperança

  1. Trejes disse:

    Anand, só uma dúvida: se o nome da personagem é Esperança, pq o título do post é "Esmeralda"?

  2. Pingback: Tweets that mention Esmeralda | Rolando 20 - DnD 4ª edição -- Topsy.com

  3. Daniel Anand disse:

    Porque escrever posts de madrugada não fazem bem pra cabeça… :) Valeu o toque!

    • Dorei disse:

      Cara, engraçado você falar isso. Estava escrevendo um post para o blog da minha campanha de DnD (dndforgottentales.blogspot.com) hoje de madrugada, e sem querer mandei PARA TODA A LISTA DE CONTATOS DO MEU E-MAIL DO ESCRITÓRIO!

      Até o sócio-proprietário recebeu!

      Mandei um logo em seguida, dizendo que tinha sido um Trojan…

      Lição de hoje: não escreva posts de madrugada – ou pelo menos não os envie pelo Outlook.

  4. Dorei disse:

    Gostei da personagem. A idéia foi muito boa, e o texto foi muito bem escrito.

    Parabéns!

  5. Guiherme "Göltork" disse:

    Relmente interessante personagem. Mereceu o prêmio mesmo!

  6. Legal a Persongem, uma boa história com uma boa combinação mecânica também =)

    Pena que na época da promoção eu estava "off-line", se não teria participado =/

    Quand rola outra?? =)

  7. Kendji disse:

    Muito legal a ideia do personagem.
    E mto ver mais um post aqui no blog!

  8. Nibelung disse:

    Na verdade, a personagem conseguia ser mais temática com alguns poderes e talentos da Dragon, mas eles eram proibidos no concurso. Pelo menos o poder racial dos Tieflings mudou, e agora também ajudou a complementar o tema. Aquela porcaria de +1 no ataque contra quem te bateu era útil, mas não ajudava no conceito. A ideia original envolvia aquele talento racial que trocava o poder racial por um divine sanction em massa.

    No mais, eu tenho um carinho especial por essa personagem desde que Eberron saiu. Usar as regras de híbridos com ela ajudou muito a melhorar o conceito porque eu conseguia fazer todos os poderes dela serem flamejantes ou radiantes. A única perda a longo prazo são nos PVs, mas vale pela versatilidade dos poderes à distância.

    Se alguém quiser mestrar algo em eberron onde eu possa usar a Esperança na prática, me avisem.

  9. LeoXorao disse:

    Bem interessante, a história e a ficha… a associação de paladino/feiticeiro ficou bem explicada no background.

Os comentários estão encerrados.