Ícones #1 – O Líder

Em uma nova (e curta) série aqui no Rolando20, iremos comentar sobre os papéis descritos na 4ª edição do D&D, escolhendo como referências figuras clássicas da cultura pop para exemplificar.  O Líder não é o papel mais favorito dos nossos leitores, mas temos que deixar o melhor para o final, certo? Esse post saiu do blog do Phill Gamer: O que os anos 80 me ensinaram.

Líder Optimus

Talvez seja porque eu vivi os anos 80, mas o líder dos Autobots é para mim um dos maiores ícones de liderança. Sua frase de efeito: “Liberdade é o direito de todas as criaturas sentientes” já diz tudo. Você também pode ouvir algumas de suas frases, dubladas pelo Celso Vasconcelos, que já segue uma linha mais warlord. Você também pode ouvir a frase final do filme dos Transformers, que também é fantástica. Por que Optimus Prime é um líder icônico?

Líder por Exemplo

Líder Optimus nunca ficava pra trás. Ele era o primeiro a ir combater Megatron, mas não o fazia sem ponderação e tática. Ele coordenava os Autobots com sabedoria e parcimônia. E nunca desistia.

Figura Paterna

Sabedoria não é o atributo principal dos clérigos à toa. Optimus Prime compreendia e axiliava seus pares com conselhos e sugestões, e os Autobots não temiam sua liderança, eles o procuravam. Aliás, quando Bumblebee aprontava, se ele não contasse a verdade para Optimus, se sentia mal com isso. O respeito que o grupo tinha pelo líder é similar ao respeito para com um pai, porque eles sabem que Optimus não os vai deixar na mão.

Integridade levada aos extremos

Optimus é correto ao extremo: nunca joga sujo, e sua moral é uma referência para os Autobots. Honra e justiça não são opcionais, e sempre são consideradas, mesmo se for para deixar Megatron sobreviver novamente.

Outros Líderes Icônicos

Usando as mesmas referências, quem vêm logo à mente? Eu diria Capitão América e Super-homem. Eu sempre disse que o maior e mais importante poder do homem de aço é a capacidade de escolher entre o certo e o errado. Tanis, de Dragonlance, e Hank, do Caverna do Dragão, apesar de duvidarem de si mesmo o tempo todo, provaram-se grandes líderes. E não temos como deixar de citar Azoun IV, eterno Rei de Cormyr, inspirado fortemente em Rei Arthur, outra referência.

E vocês? Quem vocês consideram referências como líderes?

Sobre Daniel Anand

Daniel Anand, engenheiro, pai de gêmeas e velho da Internet. Seu primeiro de RPG foi o GURPS Módulo Básico, 3a edição, 1994. De lá para cá, jogou e mestrou um pouco de tudo, incluindo AD&D, Star Wars d6, Call of Chuthulu, Vampire, GURPS, Werewolf, DC Comics (MEGS), D&D 3-4-5e, d20 Modern, Star Wars d20, Marvel Superheroes, Dragonlance SAGA, Startrek, Alternity, Dread, Ars Magica e atualmente mestro D&D 5E on-line via Fantasy Grounds. @dsaraujo
Esta entrada foi publicada em Post e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

19 respostas a Ícones #1 – O Líder

  1. Tchelo disse:

    hmm…que veio a minha mente agora:

    Aragorn – William Wallace – Lion (Thundercats) – Lampião – Napoleão – Mas tem tantos outros!

    Meu grupo tem um Warlord que é super tático e exige disciplina do grupo em combate, mas não faz o tipo paizão não…ele é mais o tipo que não tolera muitos erros a não ser os próprios.

    Último post de Tchelo: MEME: Aleatório!

  2. Rey Ooze disse:

    O que os anos 80 me ensinaram…
    boa adaptação!

    Último post de Rey Ooze: Imagem da Semana – Parte 8.

  3. Woodstock disse:

    Esse warlord, Tchelo, me faz lembrar o Gibbs, do NCIS!

    Último post de Woodstock: Oficina de Personagem: Dwarven Defender

  4. Daniel Anand disse:

    Busted! 🙂

    De fato, copiei descaradamente o post O que os anos 80 me ensinaram do Phill Gamer para o início dessa série, mas minha idéia é explorar os Controllers, Strikers e Defenders na seqüência, me distanciando do resto da série do Phill.

    Quando vi a imagem do Optimus, não resisti! Mas faltou o link para o original, ainda bem que o Rey me deu esse puxão de orelha.

  5. Bugos disse:

    Papai Smurf?

  6. Hi Daniel,

    Glad that you found the article interesting enough to spin off your own take in it. 🙂

    I’m curious to see what you’ll come up with for the rest of the 4e Roles, especially the Controller, which is a pretty difficult role to look for an iconic character for unless maybe you include Soundwave of the Decepticons and consider his “cassette tape” robots as summons.

    Último post de pointyman2000: The Long Road to Deadlands #4 This is Where the Magic Happens

  7. Leandro disse:

    Gostei, mas vocês podiam dar uma explanada a mais.

  8. Sarmento disse:

    Muito bom

  9. Youkai X disse:

    Droga, só consigo me lembrar de exemplos de animes/mangás e quem sabe alguns filmes. Me lembrei lgo do Griffith de berserk e do kamina de Gurren Lagann (um bom exemplo de Bravura presence Warlord), até mesmo por vocês já terem citado outros líderes famososXD…

  10. Davi disse:

    Eu sei um shiny líder, Captain Malcom Reynolds. Ele me inspirou para criar o Karus, meu warlord, que tem um pouquinho de paizão, de líder, e sempre vai na frente, tanto de espírito como de combate.

    Quando no combate anterior, Karus nem pensou se iria conseguir pular ppr cima do rio de lava ele estava tentando proteger seus alidos, segurar o monstro antes que ele chegasse nos seus companheiros, pena que ele não tem mark, pois o monstro saiu fora e foi bater nos magos…

  11. Davi disse:

    ahh, mas não é anos 80, afinal eu nasci em 86, não sei nada de anos 80 (acho que deve ser sortudo por isso)

  12. Brenno disse:

    Muito boa referência, praticamente um paladino robótico o glorioso Optimus prime.

    Sempre é bom ter alguém com muitos escrúpulos para frear os comportamentos por vezes incoerentes de jogadores.

  13. Maestro disse:

    Dentre os líderes icônicos de minha juventude, cito o Capitão Jean-Luc Picard – Patrick Stewart – um genuíno líder explorando a galáxia. E por que não citar Luke Skaywalker – Mark Hamil – no episódio VI – O Retorno do Jedi.

  14. Rey Ooze disse:

    Lendo aghora ficou parecendo um puxão de orelha, mas não foi não! Era pra ter sido um cumprimento!
    eu escrevi na correria aqui e saiu de qqer jeito.
    Tem mta materia gringa que merece traduçao e adaptação. Principalmente Chatty DM, Dungeonmastering, etc…
    Abs.

    Último post de Rey Ooze: Imagem da Semana – Parte 8.

  15. Daniel Anand disse:

    Esquenta não, coloquei o link, o Phil até comentou aqui e trocou uns e-mails comigo! 🙂

  16. JexDragon disse:

    gostei do post. Pra mim quando se fala em warlord sempre lembro de Rei Arthur, agora se quero retrata um warlord malvadão, lembro do Nobunaga! =D

    Último post de JexDragon: Background de Personagens

  17. Pingback: Ícones #2 - O Defensor | Rolando 20

  18. Pingback: Ícones #4 - O Controlador | Rolando 20

  19. Pingback: Podcast Rolando 20 - Episódio 15 - Warlord | Rolando 20 - D&D 4ª edição

Os comentários estão encerrados.