Qual a sua idade?

phbOlá RPGistas do Brasil (e 1d6 visitantes de fora)!

Na enquete desse sábado, no meio do feriadão, aproveito a sugestão de nosso leitor Rodrigo “Derfel”, e pergunto aos outros leitores quantos anos vocês tem?

Eu já me considero da velha guarda RPGística, com meus 30 anos, sendo que comecei a jogar por volta de 1994, mas também não sou o Tio Nitro. 😀

O Davi, com seus 22 anos, já pegou mais a geração do Mundo das Trevas, por exemplo, enquanto eu comecei com o AD&D 2a edição da capa que ilustra esse post. Para vocês terem uma idéia, eu lembro da segunda edição do Magic e quando Ice Age (uma das primeiras expansões)  foi lançado.

Então fica a pergunta:

[poll id=’20’]

Já deixo claro aqui que idade não tem nada a ver com ser um melhor ou pior RPGista. Nem tempo de jogo! É só uma curiosidade em saber quais das gerações são leitores do Rolando 20.

Se você conhece alguma história bacana de alguém muito novo ou muito velho jogando RPG, conte para a gente nos comentário! E Rolem 20!

Sobre Daniel Anand

Daniel Anand, engenheiro, pai de gêmeas e velho da Internet. Seu primeiro de RPG foi o GURPS Módulo Básico, 3a edição, 1994. De lá para cá, jogou e mestrou um pouco de tudo, incluindo AD&D, Star Wars d6, Call of Chuthulu, Vampire, GURPS, Werewolf, DC Comics (MEGS), D&D 3-4-5e, d20 Modern, Star Wars d20, Marvel Superheroes, Dragonlance SAGA, Startrek, Alternity, Dread, Ars Magica e atualmente mestro 13th Age. @dsaraujo no twitter
Esta entrada foi publicada em Enquete e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

53 respostas a Qual a sua idade?

  1. newtonrocha disse:

    Bem eu começei em 86 com uma cópia do Basic Set do D&D revisado do Frank Mentzer. Logo em 88 eu comecei a jogar o AD&D 1st edition, o dos demônios tipo 2 hahahaha. Nessa época também eu comecei a mestrar. Já mestrei de tudo um pouco, tive fase Gurps, Mundo das Trevas (o primeiro Vampire 2nd Edition em Inglês que apareceu em BH eu catei na Leitura!), AD&D segunda edição (Ravenloft, Dark Sun, Dragonlance, etc.) e no meio da década de 90 eu curtia muito RPGs mais desconhecidos como SLA industries, Kult (que mestro até hoje), Underground, etc.

  2. newtonrocha disse:

    Bem eu começei em 86 com uma cópia do Basic Set do D&D revisado do Frank Mentzer. Logo em 88 eu comecei a jogar o AD&D 1st edition, o dos demônios tipo 2 hahahaha. Nessa época também eu comecei a mestrar. Já mestrei de tudo um pouco, tive fase Gurps, Mundo das Trevas (o primeiro Vampire 2nd Edition em Inglês que apareceu em BH eu catei na Leitura!), AD&D segunda edição (Ravenloft, Dark Sun, Dragonlance, etc.) e no meio da década de 90 eu curtia muito RPGs mais desconhecidos como SLA industries, Kult (que mestro até hoje), Underground, etc.

  3. newtonrocha disse:

    Bem eu começei em 86 com uma cópia do Basic Set do D&D revisado do Frank Mentzer. Logo em 88 eu comecei a jogar o AD&D 1st edition, o dos demônios tipo 2 hahahaha. Nessa época também eu comecei a mestrar. Já mestrei de tudo um pouco, tive fase Gurps, Mundo das Trevas (o primeiro Vampire 2nd Edition em Inglês que apareceu em BH eu catei na Leitura!), AD&D segunda edição (Ravenloft, Dark Sun, Dragonlance, etc.) e no meio da década de 90 eu curtia muito RPGs mais desconhecidos como SLA industries, Kult (que mestro até hoje), Underground, etc.

    • Davi Salles disse:

      Eu comecei em 86 também, a VIDA! rsrsrs. RPG mesmo foi depois, quando comecei a ler, com uns 9 anos criei meu próprio sistema num mês de férias que tive.

  4. YuriPeixoto disse:

    Engraçado que estava pensando (e comentando isso) bem ontem, com um amigo meu via net. Faço 34 na próxima terça, e praticamente metade desse tempo passei mestrando em Forgotten Realms. Começei na época em que só tínhamos por aqui o GURPS e o Dungeoneer… quanta coisa já rolou desde então. ^^
    E é legal ver a nós, esses "dinossauros", ainda na ativa. Nitro, Daniel, Allefcapt, Alessandro Franzen… todo mundo da época da Coca Cola em garrafa de rolha… 😛

  5. YuriPeixoto disse:

    Engraçado que estava pensando (e comentando isso) bem ontem, com um amigo meu via net. Faço 34 na próxima terça, e praticamente metade desse tempo passei mestrando em Forgotten Realms. Começei na época em que só tínhamos por aqui o GURPS e o Dungeoneer… quanta coisa já rolou desde então. ^^

  6. Vill disse:

    Como eu imaginava, por enquanto sou o único com 15 anos.

  7. Filipi disse:

    Eu comecei jogando o Dragon Quest e depois o First Quest em 96, logo depois comecei no GURPS e fui para o AD&D!
    Meu primeiro Deck de Magic foi o Ice Age, muito bom!!

  8. Guaxinim disse:

    SACANAGEM!!! Marquei 25 há 30, mas se fosse no sabado passado ainda era de 19 a 24 …

    me sinto velho agora =]

  9. Heitor disse:

    Caramba, nem sei direito de qual geração faço parte! O primeiro RPG que joguei muito foi o 3D&T, mas meu primeiro contato com RPG foi uma revista, que não me lembro o nome (mas lembro que só durou três edições…), fora os jogos eletrônicos do gênero. Posso dizer que não devo quase nada a Tolkien, já minha preferência sempre foi a fantasia puxada mais para o lado pulp do que épica. Quando o descobri o RPG, ele me serviu como uma válvula de escape para algo que queria ter a muito tempo: viver aventuras como ou com meus personagens de fantasia favoritos, que na época eram protagonistas de animações clássicas, como He-Man, Tartarugas Ninja, ThunderCats, Caverna do Dragão… Já fazia isso nos vagos "fazes-de-conta" infantis, mas queria um "algo mais", que é o que RPG oferece, e é o grande atrativo da atividade.

  10. Guilherme "Göltork" disse:

    Tenho 21, quase 22. Comecei a jogar com 14 anos mais ou menos e iniciei com D&D 3E.
    Não joguei as edições mais antigas como o AD&D, mas bem que gostaria…

  11. FenrirX disse:

    AD&D… que época boa.. Caixa da Grow, Gurps xerocado… hehehhe

    Comecei a jogar no final de 1992, e desde então não parei. No início era quase todo o dia, depois ficou dia sim, dia não, pra depois nos finais de semana, 1 dia na semana… e agora só a cada 15 dias! Que saudade de alguns anos atrás…

  12. Franciolli disse:

    Comece pelos idos de 1995 com o First Quest, depois fui pro D&D, AD&D e por aí vai.

  13. Lauri Paulo Laux Jr disse:

    Também comecei em 1994 com o D&D da Grow xerocado de um amigo. Depois passamos pelo GURPS (Muito GURPS), AD&D, D&D3.5, Savage Worlds e recentemente Mutantes e Malfeitores e claro o d&d4th. Dependendo do resultado da enquete seria legal perguntar como as esposas/namoradas interagem com nosso hobbie :). Falow Daniel…

  14. Ainda não sou um "Dragão Ancião", mas estou chegando lá!

  15. Guaxinim disse:

    SACANAGEM!!! Marquei 25 a 30, mas se fosse no sábado passado ainda era de 19 a 24 …

  16. Ainda não sou um "Dragão Ancião" (33 anos), mas estou chegando lá!

  17. Manso disse:

    Comecei justamente com esse AD&D 2ª edição em inglês que ilustra o post.. jogava todo dia no recreio do colégio. Bons tempos!

  18. Bento disse:

    Opa, terceira idade em peso no rpg (zuerinha).

  19. Fábio disse:

    31 anos, comecei com um livro xerocado do D&D pai-de-todos, comprei a caixa Goblin's Lair para esse sistema e pouco tempo depois comprei os livros do AD&D 2ª edição (também com a capa desse post) em filial da Alfarrabista, na Tijuca, pertinho de onde eu morava. O cenário que escolhi foi Ravenloft, comprei também, a caixa forbiden Lore e o Monstrous Compendium do cenário, tudo ao longo de 1 anos, pois naqueles tempos o valor era proibitivo. Gente, como eu sinto falta das caixas antigas e aquele material extra todo… bons tempos.

  20. Leandro disse:

    Comecei com o First Quest.

  21. Caio disse:

    Sou novo, comecei com o D&D antes do 3.5, depois comecei a mestrar D&D 3.5, e hj jogo. uma mistura de 4e com 3.5.

  22. valberto disse:

    32 anos. Eta POorra!

  23. Marcelo disse:

    Eitcha! Vai começar a sessao nostalgia!
    Eu começei a jogar beeem novinho… devia ter meus dez anos, qdo fui apresentado, num verao na Bahia, primeiro ao Magic (vicio em latencia,atualmente) e no ano seguinte ao rpg. Era ainda o 3d&t do mais basico e simples possivel… naquele ano comecei a ler e procurar pela dragao brasil e a popularizar o jogo entre meus amigos Daí para eu comprar meu primeiro manual de 3d&t foi um pulo… Joguei nesse sistema por uns 5-6 anos qdo e eu meu grupo decidimos fazer uma vaquinha e comprar o livro do D&D 3.0(que na época custava por volta de R$70). Foi uma alegria geral (exceto por mim o mestre que tinha que ler 3 livros enormes!) mas que durou pouco… pq dois meses depois saiu o D&D 3,5… –' Sobrevivemos à sensaçao de termos sido enganados e seguimos no jogo, sem nunca comprar os livros da 3,5 (talvez por despeito). E o tempo foi passando e diminuimos a frequencia dos jogos, eu me mudei de cidade, mas no meio do ano passado me reuni com a atual formacao do antigo grupo e fui apresentado à 4e… onde estou até hj!

  24. Marcelo disse:

    30 anos. Comecei com as aventuras fantasticas (aventuras-solo – se é que podem ser chamadas de rpg). Depois D&D (com a caixa Goblin's Lair), Shadowrun, Vampiro, Gurps, Lobisomem, Mago… Tentando voltar a jogar, pois cada membro do meu grupo mudou-se, dissolvendo as sessões.
    Visitem meu blog. É novo!!! (hehehe)

  25. Guilherme disse:

    23 anos.
    Comecei bem novo, com 11 anos. Primeiro fui apresentado ao Magic (Na época, Tempest tinha acabado de sair). Ai comecei a jogar Vampiro com um pessoal que eu jogava Magic. Depois disso fui a uma sessão de AD&D 2º Edição e nunca mais consegui gostar de um RPG como eu curti AD&D.
    Já joguei todos os tipos de RPG que se possa imaginar, mas nada comparado ao bom e velho D&D.
    Hoje tenho um grupo de D&D 4º Edição com quase a mesma galera de uns 12 anos atrás.

  26. Seixas disse:

    13 anos.
    Muita gente não acredita, mas começei sozinho com 11 anos. Sim eu sou um autodidata, não fui apresentado ao jogo eu simplesmente descobri ele ao ver a capa dos três livros da 3e na Terramedia de um grande shopping.

  27. Jacktador disse:

    Eu comecei com 13 anos , hoje estou muito proximo dos 16,e eu comecei a jogar quando fui em uma feira do livro em Ribeirão com a escola, e lá encontrei o ultimo livro, mas o ultimo mesmo livro do Angus RPG, e paguei apenas 19 reais(andei procurando o mesmo por ai na net, e hoje ta por volta dos 90!!!!), então convoquei dois amigos meus para jogar, eu mestrei pela 1ª vezes e não tinha nenhum conhecimento.
    Hoje ainda jogo com os mesmos jogadores que começaram comigo e (alguns a mais), e hoje mesmo estou fazendo uma aventura de Angus rpg, se alguem ai tem este jogo, vamos trocar uma idéia, pois nunca conheci alguem alem de mim que o tivesse.AH e ainda tenho 1ªAventura(ogl) e terra de og.XD

  28. André disse:

    30.comecei em 94 com o D&D da grow,jogavamos quase todo dia.Quando ouvi meus amigos falando em matar monstros,slavar aldeias..tudo de umaforma tão clara,achei que eles falavam de algum novo video game de realidade virtual.rsrsrs.muito loco.jogamaos ate hoje e ontem mestrei minha primeira aventura da 4ed!

  29. Bento disse:

    16 anos.
    Comecei com o bom e velho Gurps, eu tinha um amigo que tinha o livro, ele mestrava e eu jogava. Depois substituimos os papeis, eu mestrava enquanto ele jogava. Dai ele paro com o rpg e eu continuei até achar, por incidente, um livro de D&D na casa de um otro amigo meu. Bem, foi ai que o cupido acertou meu coração. (fico um poco gay esse final)

  30. Brenno disse:

    Estou com 33 anos e iniciei nesse hobby viciante em 1993 graças a uma sessão organziada pelo meu velho mestre que usava um exotico sistema que misturava Rolemaster com Ad&d. Depois fui jogar os livros de Aventuras Fantasticas, MERPS e o d&d caixa preta. Depois disso experimentei todos os grandes sistemas, mas sempre voltei para o d&d em suas diversas edições, apesar de ser fã mesmo do ad&d 2E.

  31. Darin disse:

    comecei com 5… (SIM!)

    Hoje to com 19…

  32. Heitor disse:

    Opa, pra onde ffoi meu comentário anterior?

  33. Robson disse:

    25 anos. Eu comecei com as aventuras fantásticas e o Feudo Sangrento depois inicie com 3d&t e depois encontrei um grupo que jogava D&D 3.0 e hoje passei para a 4.0

  34. YuriPeixoto disse:

    Engraçado que tava falando isso ontem mesmo, com o pessoal na net, após ler o post do Top 5 do Nitro…
    Bem, faço 34 na terça, e começei em 93, com Dungeoneer, e GURPS. Como me apaixonei por fantasia medieval (e odiei Yrth), fuçei em busca de um cenário que fosse mais "minha cara"… e já se vão 17 anos mestrando em Forgotten Realms… claro, passei pelo Dragon Quest/D&D da Grow, vi a Ediouro surgir e sumir, vi a Dragão Dourado chegar nas bancas (da minha cidadezinha do interior) antes da Dragão Brasil… vi muita coisa, mas amo D&D até hoje… além de Forgotten, mestrei Lobisomem, Dragonlance, Dark Sun, Planescape, Alternity, Dungeoneer, Shadowrun, Ghostwalker, e etcteras… 🙂

    • Marcelo disse:

      Caraca!!! Nem me lembrava da Dragão Dourado com suas miniaturas de chumbo!!! Na época era o máximo (principalmente na minha cidade – interior)!! Colecionei várias miniaturas. Cheguei até a ir ao Rio de Janeiro para comprar uma do Tiamat. (que guardo até hoje!).

      • YuriPeixoto disse:

        Pois é! Pena que no decorrer da vida, perdi minhas minis de chumbo (tinha um beholder que adorava)…. mas ainda tenho a Dragão Dourado, do 1 até o 6… \o/

  35. renatorecife disse:

    Tenho 28.

    Conheci o RPG em 98 através da Dragão Brasil, depois comprei algumas revistas do 3D&T e alguns livros da editora Daemon, mas só comecei a jogar efetivamente em 2001 com o Vampiro: a Máscara, alguns meses depois conheci o D&D 3ed e desde então estou sempre alternando entre Storyteller/Storytelling e D20, com algumas ocasionais pitadas de Daemon e GURPS.

  36. DM_Rafael disse:

    Também tenho 28 anos e comecei a jogar com meu irmão mais velho aos 8. Começamos com as caixas do D&D, depois descobrimos o Star Wars da West End, o DC Heroes e o Marvel. Mas chegou um dia que meu irmão ficou velho demais pra jogar com o irmão pentelho mais novo e eu tive que arrumar gente pra jogar comigo.

    Ai comecei a inventar as regras com base no que lembrava dos jogos até arriscar a pegar os livros para ler. Conheci os livros jogos, fui me aventurando a aprender as regras do AD&D com base numa xerox pela metade do PHB. Em 94 ganhei de presente de aniversário os livros básicos do AD&D (R$19,90 cada – uma fortuna!).

    O engraçado é que por ter começado muito novo, passei por quase todas as fases do RPG no Brasil. Só não joguei campanha de Defensores de Tóquio, apesar de ter feito uma aventura no primeiro sistema. E meu rpg nacional favorito ainda é o Desafio dos Bandeirantes!

    • YuriPeixoto disse:

      Desafio dos Bandeirantes!!! Assino embaixo, Rafael! 🙂
      Eita, saudades da bagunça de antigamente… creio que uma das vantagens de se mestrar naquela época era justamente a falta de material e de informação!

      Como tínhamos pouco acesso (principalmente quem estava fora dos grandes centros), a gente se virava com livros básicos, a ambientação, e só! Sem livros de partes específicas do cenário, sem regras especiais, era só o básico e a imaginação…

      • DM_Rafael disse:

        Verdade! Lembro até que eu me frustrava um pouco com o Desafio dos Bandeirantes porque descrevia pouco as cidades e o governo e eu era obrigado a procurar informações em livros de história. Suspeito que esta tenha sido a idéia original dos criadores 😉

  37. Alysson disse:

    29 anos, geração xerox. Comecei a jogar em 1989, AD&D primeira edição. Depois de uns anos comprei a primeira edição do GURPS, porque não achei graça nas outras opções em português na época (como Desafio dos Bandeirantes e Tagmar). Desde então, joguei tudo quanto é jogo.

  38. Deivide Elven disse:

    12 a 15 anos, tenho 19 e farei 20 em breve.
    Minha mãe é psicopedagoga/psicologa/terapeuta e essas neuras todas, com isso, usou o rpg com meus irmãos e eu para melhorar a criatividade e opções de respostas.
    Claro que na época eu não entendia o resultado dos dados, mas tinha que saber interpretar o papel que ela definia que eu seria, enquanto meus irmãos mais velhos tinham que lidar com fichas (que ai já ajudava nas escolas).

  39. Tsu disse:

    pois é, eu comprei a revista Dragão Dourado. Tinha uma miniatura de anão de chumbo bem maneira

  40. Shin disse:

    Nossa! Partilhamos muitas coisas em comum!

    Eu comecei com o Magic (na época o Tempestade! XD)
    Logo fui apresentado ao AD&D (caixa preta, mas não sei se era original).
    Logo depois comecei a jogar Gurps, e então voltei ao AD&D e fiquei nesse meio termo (entre Gurps e D&D) até a chegada da 3rd edição com a qual joguei muito, então a 3.5 e agora a 4e.

    Em toda minha vida de RPGista, sempre procurei outros sistemas também, desde sistemas para jogar aventuras baseadas em "Filmes B" até aventuras em "Furutos Catastróficos", "Resident Evil" e assim por diante.

    Além disso, também estudei o "Lúdico", tentando entender o "motivo da diversão", para um dia trabalhar com RPG.

    Um sonho um pouco distante, mas ainda irei chegar nele!

    Abraços

  41. Comecei com o AD&D segunda edição e não parei mais! Bons tempos em que ninguém entendia inglês no grupo e tinha jogador que fazia mago com DUAS espadas montantes, uma em cada mão, e saía no pau com os monstros! Sério!

  42. shadow_of_nwn disse:

    estou com 20, e acho que comecei com Hero Quest (vale? com uns 9 anos e First Quest com 11, passando depois pelo AD&D e 3D&T…

  43. DanielSetita disse:

    32. Comecei com a série das "Caixas Douradas" de RPG para computador de AD&D da SSI em 1989. Pool of Radiance, Curse of the Azure Bonds, etc.

    Vi uma propaganda do Players Handbook num dos catálogos e achei que era para o jogo de computador. Pedi para o meu pai comprar (na época nem mesada eu ganhava haha) e quando o livro chegou eu vi que era algo completamente separado dos jogos de PC.

    De lá pra cá joguei de tudo um pouco, mestrando muito AD&D e White Wolf. Pra mim AD&D, D&D ou seja lá como quiser chamar é a quintessência do RPG de fantasia, os cenários da White Wolf os quintessenciais "modernos" e Ars Mágica o melhor sistema de magia já riado para um RPG.

  44. Dryden_Faasa disse:

    Boa noite,

    tenho 22. Comecei À jogar rpg com 13 anos debulhando Vampire (Storyteller) com o tempo li Werewolf, Mage, Changelling, Wraith e etc. Me "especializei" se é que esta palavra é permitida em Mage – Sendo seguido bem de perto por Vampire -. Atualmente não jogo nenhuma mesa de Storyteller, mas narro sem neuras de tempos em tempos.

    Quanto ao mundo de D&D, comecei no início de meu último namoro (cerca de 5 anos), com AD&D e com o tempo fui estudando D&D3, 3.5 e, ao sair, D&D 4. Atualmente estou solteiro, mas aviso que não foi por causa do RPG. rsrsrsrsrsrs

    Durante este tempo, aprendi sobre outros sistemas, como gurps, 3D&T (mto educado ao chamar de sistema. rsrsrsrsrsr), etc

    abs,

  45. monipadial disse:

    Comecei em 92, já na faculdade li um artigo numa das primeiras Superinteressante que falava de um livro jogo editado pela Devir, o Gurps, comprei o livro e não tinha com com jogar então parti para os livros jogos da serie aventura fantasticas até que conheci um mestre de Gurps na propria faculdade dai em diante foi jogar de tudo um pouco até hj.

  46. pedro disse:

    comecei com 6 e hoje tenho 13.do meu pequeno grupo de 7 pessoas,sou o mais sabio (por incrivel que pareça)a maioria (só 3 que nãp) é suicida/psicopata.

  47. meiron disse:

    tenho 13 anos e comecei sosinho! como sonho ser um grande criador de jogos, desenho muito (guerreiros, monstros, etc.) e estava procurando uma imagens de dragões boas para desenhar e então achei esse maravilhoso rpg!!! como nem sempra da para jogar com os amigos jogo sosinho! queria saber se algun de vcs jogam sosinho também!:D

Os comentários estão encerrados.