Reporte de Sessão: D&D Game Day

dndgameday2009Olá pessoal!

Nesse último sábado rolou o Dia de D&D Mundial, e eu estive presente no Instituto Nipo Brasileiro, num evento organizado pela Legends do Brasil, para mestrar a aventura One Dark Night in Weeping Briar. Como já comentado antes, a aventura era para nível 11, com várias classes novas do Player’s Handbook 2.

O meu PHB2 tinha chegado no sábado de manhã, então pude dar uma “invejinha” na galera do encontro. Apesar dos kits oficiais não terem chegados, levei minhas tiles e miniaturas diversas, inprovisando. A galera da mesa do lado improvisou bem mais, como podemos ver pela foto, mas funcionou bem pra todo mundo.

A Missão

A objetivo do grupo era primeiro descobrir o que estava acontecendo na cidade, depois conseguir falar com Solfie, uma garotinha, única pessoa na cidade, e por fim derrotar os demônios que se escondiam sob o moinho da cidade.

O Grupo

  • Balasar, Paladino de Bahamut, jogado pelo Thiago
  • Roswyn, Gnome Bard, jogado por Wagner Araújo
  • Markaria, Tiefling Invoker, jogado pelo Roberto
  • Illivarra, Drow Avenger, jogado pelo Camilo
  • Squeaks, Warforged Bárbaro, não me lembro o nome do jogador, alguém?

Os encontros

  1. devilO início da aventura é com os personagens totalmente molhados, frustrados e com frio chegando na cidade. A cidade está abandonada e sinistra. O grupo acaba encontrando um grupo de criaturas na praça central, procurando alguém. Um combate contra um par de trogloditas, um urso atroz e um quickling começa!
  2. O grupo encontra o alvo da procura dos monstros, uma garotinha chamada Solphie. Para encontrá-la, tivemos um desafio de perícias, tanto físicas, para correr atrás da menina (que aparentemente era uma atleta olímpica), quanto sociais, para mostrar que o grupo não era uma ameaça. Apesar de fácil, o grupo teve uma falha, e foi bem divertido, com descrições engraçadas. No final, Solfie explica que demônios raptaram toda a vila e prenderam as pessoas no moinho.
  3. Esse foi o encontro que eu pulei, que seria dentro do moinho, que por conta do vento e da pedra do moinho estar descontrolada, deixava o local cheio de pó de trigo, algo altamente explosivo.
  4. Encontro contra Rastiel, um Menzzodemon, acompanhado de dois demônios artilharia e um bearded devil. Além disso, várias armadilhas espalhadas pela sala deixou o combate muito mais complexo. Foi uma luta bem legal, com vários críticos de ambos os lados, especialmente do Bárbaro, que fez um estrago grande (mas quase morreu).

Minhas observações

  • O Avenger foi a classe considerada a mais legal, por unimidade. Ataques interessantes, mecânicas novas, coisas divertidas pra fazer. E olha que ele era um drow.
  • O Invoker é o novo controlador padrão. Deixando os vários oponentes lentos, atacando a distância com vários status, ele deixa o Wizard parecendo um Striker.
  • O bárbaro é uma máquina de matar, mas morre fácil. O bizarro é que ele era warforged, e nós inventamos essa história que ele foi encontrado por uma tribo.
  • O bardo funcionou bem, e praticamente matou o quickling com seus insultos. Mas a galera sentiu falta dos bônus dos warlords ou clérigos, especialmente contra os soldados do último encontro. O bardo age muito mais penalizando os oponentes que dando bonus aos aliados.
  • O paladino foi bem arroz com feijão, cumpriu seu papel, mas eles deveriam ter colocado um Warden, na minha opinião. O Thiago fez vários role-plays legais com o draconato.

A aventura originalmente pedia por quatro encontros, mas como começamos atrasados, por isso retirei o segundo encontro combativo, e conseguimos terminar no horário. Agradeço aos jogadores que foram cheios de entusiamo para a mesa, a Iara, minha namorada, que apareceu com coca gelada pra galera, e ao Sandro da Legends pela organização do evento. Mês que vem tem mais, com o lançamento do Monster Manual 2!

Essa semana ainda sai minha resenha do PHB2. E como foi o Game Day de vocês?

Sobre Daniel Anand

Daniel Anand, engenheiro, pai de gêmeas e velho da Internet. Seu primeiro de RPG foi o GURPS Módulo Básico, 3a edição, 1994. De lá para cá, jogou e mestrou um pouco de tudo, incluindo AD&D, Star Wars d6, Call of Chuthulu, Vampire, GURPS, Werewolf, DC Comics (MEGS), D&D 3-4-5e, d20 Modern, Star Wars d20, Marvel Superheroes, Dragonlance SAGA, Startrek, Alternity, Dread, Ars Magica e atualmente mestro D&D 5E on-line via Fantasy Grounds. @dsaraujo
Esta entrada foi publicada em Post, Reporte de Sessão e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

80 respostas a Reporte de Sessão: D&D Game Day

  1. renatorecife disse:

    Aqui em Recife o encontro rolou na Fênix RPG, estava marcado para começar às 10h, eu cheguei de 9h e fui o 16º na lista de chegada que a tia da Fênix organizou (nunca lembro o nome dela, mas todo mundo chama de Tia da Fênix).

    Tinham 3 kits certos, sendo que 2 dos mestres já estavam com as mesas completas, o 3º mestre ia mestrar pros 5 primeiros da lista de chegada e foram tirados três conjuntos de xerox do material e fichas da aventura, para o caso de haverem mestres dispostos.

    Se eu soubesse que ia ser assim, tinha levado minhas miniaturas e mapas de RPGQuest e mestrava de improviso, mas eu achei que ia dar pra jogar e fui sem material nenhum, se a livraria fosse perto de casa eu ainda ia em casa e pegava o material.

    Fui embora de 12h e o evento ainda não tinha começado, 2 mestres tinham chegado, mas o que tava com os kits tinha ficado preso no trânsito, sei que rolou mas não sei os detalhes.

    No próximo gameday eu vou prevenido, vou com intenção de jogar, mas levo material para mestrar caso tenha jogador sobrando.

  2. Rey_Ooze disse:

    O meu Game Day eu contei aqui http://www.ooze.com.br/2009/03/21/como-foi-o-dd-g
    Nó… Jaba no blog alheio ! =X

    Eu concordo que o Avenger dá margem pra MUITA interpretação e ficou bem legal. O Barbaro é um moedor de carne e o Invoker se mal jogado pode prejudicar seus companheiros (que foi o que aconteceu na minha mesa ehehe)

  3. Darin disse:

    De q foto vc tá falando?

  4. Youkai X disse:

    Aqui em Manaus foram só 2 mesas de 4E do D&D game Day. Começou um pouco tarde, mas deu pra jogar, embora eu tivesse saído pela metade (durante o encontro do moinho, mas obviamente arranjei substituto) para ir narrar a minha própria mesa semanal.

    Eu usei a drow avenger e puni bastante em nome da lua. Alguém mais usava aquele encounter de seqüestro pra teleportar os alvos para locais desvantajosos como dentro daquela estaca do moinho ou e cimado telhado XD ?

    • Sonyuu disse:

      Devo dizer que em uma mesa vizinha a minha, o narrador ficou abismado com o uso criativo que um jogador fez desse poder! Ele simplesmente teleportou o urso atroz do primeiro encontro 5 quadrados (7,5m) para CIMA! Ou seja, além de tomar a porrada do Avenger que veio caindo por cima dele, o urso ainda levou o dano da queda (2d10) de graça! Foi uma cena digna de anime!

    • kender disse:

      o cara da minha mesa ficava teleportando os inimigos para dentro da pedra do moinho. o que foi bem interessante, mas o melhor combo que eu imaginei, era telar um inimigo pra um canto, e garimpar criticos, rolando os "dados gêmios". ^^
      na mesa do lado, o cara telou o urso pra cima do telhado, o que foi bem divertido…

  5. Rôm disse:

    Nem fui no Game Day…tava viajando…
    Mas jogamos uma mesa de 4E no domingo. Nosso warlock resolveu trocar o char para um leader (ainda bem…pq ganhamos mais 1 striker ¬¬) e pudemos testar o shaman. A classe rendeu otimos roleplays, mas sentimos que na mão de um Munchkin assumido ela fica um pouco apelona (pelo menos pro inicio).
    Duas faltas quase mataram o grupo. Ficamos sem o Fighter e sem o Wizard. O grupo jogou meio capenga só com o Rogue, o Ranger e o Shaman. Tive que adaptar altos encontros pra não frustrar os jogadores logo de cara.

  6. Edy disse:

    Apesar dos pesares conseguimos acontecer em BH, rs.. Foi crítico!
    Publiquei lá no UdD: http://urinadedragao.wordpress.com/2009/03/23/dd-

    A "foto" aqui também não apareceu!
    =(

  7. Farrem disse:

    Aqui em Santo André não teve mesmo.
    Anand, quanto à sua resenha, gostaria que falasse um pouco mais do sorcerer, pois foi o que menos vi material por aí.
    De que foto você estava falando?

    • Daniel Anand disse:

      Ainda não tivemos nenhuma experiência com o sorcerer, nem no gameday,
      nem nas minhas mesas; Na resenha vou comentar minhas impressões, mas
      não tenho experiência de jogo ainda.

  8. Medonho disse:

    Cara, eu criei um tópico na cominudade Dungeons & Dragon Brasil para falar justamente como foi o meu dia no D&D Game Day, caso você queira saber como foi aqui está o link: http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=19

  9. renatorecife disse:

    Gente como faço para me inscrever na RPGA?

    É possível se inscrever pela Internet?

    Já li em alguns sites que as inscrições normalmente são feitas em encontros, mas nos poucos daqui de Recife nunca rolou inscrição.

  10. Franciolli disse:

    Aqui em Natal tivemos 24 inscritos para jogar, mas apareceram apenas os 15, fechando as mesas.

    O início estava marcado para as 14 h e cheguei por volta das 12 h para arrumar as mesas, cadeiras e uma pequena exposição que fiz com os livros que tenho da quarta edição, para deixar os que apareceram com água na boca.

    Além dos livros de RPG, o Tendson levou uns 20 jogos de tabuleiro modernos, que ficaram em exposição e que poderiam ser jogados por aqueles que chegaram atrasados ou simplesmente foram pelos jogos de tabuleiro.

    Neuroshima Ex, Blokus, Dominion e Ghost Stories foram os mais jogados.

    Em breve teremos mais eventos por aqui, além, claro, dos próximos Dias Mundiais.

    Vale lembrar que falo apenas pelo que eu organizei, mas sei que em outro ponto da cidade, na loja Reinos, tivemos mais três mesas lotadas.

  11. Narrei no Bob's da Tijuca, Rio de Janeiro. Começamos por volta das 16:00 horas, muito tarde. Mas os jogadores estavam bastante motivados. Foram três rapazes jogando com a Invoker, a Avenger e o Bárbaro e duas garotas jogando com o Paladino e a Barda. O bárbaro da equipe também quase morreu no primeiro encontro (foi o único que o urso atroz conseguiu agarrar) e os trogloditas provaram ser bem chatos, com suas auras de fedor que chegaram a dar penalidade -4 nas jogadas de alguns personagens! O desafio de perícia foi tranquilo, com o Paladino e a Barda dominando os sucessos em diplomacia o grupo nem chegou a alcançar a menininha na corrida pelas ruas da cidade, convenceram ela a se aproximar deles.

    Então veio o encontro no moinho, até agora o melhor uso de pensamento estratégico do grupo! Não se deixaram cair na armadilha de correr feito loucos atrás dos artilheiros e ficaram cozinhando aos poucos os trogs, o Minotauro e a armadilha de urso animada! Apesar dos demônios estarem fazendo um dano médio considerável aos personagens, as curas da Barda e sobretudo a poção de vitalidade que conquistaram na luta da praça equilibraram a peleja!

    Infelizmente no meio do combate percebemos que já eram 21:30 e para alguns dos jogadores os ônibus que os levariam de volta para casa paravam de circular por volta das 22:00! Tivemos que suspender o jogo, não antes de tirar várias fotos do campo de batalha para referência futura, e marcamos de continuar a mesa no mês seguinte, no próximo encontro mensal de RPG do Bob's! No geral todos gostaram bastante da aventura, dois deles inclusive disseram que chegaram a jogar a aventura do D&D Game Day do ano anterior e preferiram a deste ano a última.Também tive que usar minis de minha coleção pessoal para suprir as necessidades da mesa, mas me prontifiquei a lhes entregar suas respectivas miniaturas assim que a bendita carga for liberada pela alfândega!

  12. kender disse:

    pelo que eu li do feiticeiro, ele ficou muito interessante, um ótimo dps.
    o mais legal é o lance da magia caótica… muito lol

  13. Hanariel disse:

    ahhhhhh os males de jogar em cidade pequena
    queria tanto ter ido em um gameday xD
    ainda por que no dia do game day nao teve jogo com meu
    grupo então tive q passar um sabado sem rpg 🙁
    destaque para onde o Anand cita a namorada dele
    levando coca para o grupo XD
    disseram que tinha um paladin no grupo, então queria saber
    quais as mudanças marcantes para o paladin com o divine power?
    eu como player de paladin estou curioso a respeito xD

  14. DM_Rafael disse:

    Também participei no Bob´s Tijuca, em outra mesa. Joguei com o Dragonborn paladino. Como o jogo só começou depois das 16h horas (teve um grande atraso de mestres, infelizmente), só conseguimos terminar o primeiro encontro. Ainda assim foi bem legal, porque ao menos deu para testar todos os poderes. Para que segurar daily se o jogo ia acabar por ali mesmo?

    Uma pena, gostaria de ter visto a aventura até o fim. Mas valeu o esforço do mestre, que teve que pegar de improviso, visto que lhe pediram para mestrar em cima da hora, dado o atraso dos mestres.

    No geral foi muito bom. Gostei de experimentar o dragonborn, me amarrei no Avenger e pelo visto, o bárbaro da nossa mesa não foi o único bárbaro a sofrer com o carinho do Dire Bear carente. :p

    • DM_Rafael disse:

      Ah! Já ia me esquecendo! Os kit bloqueados, tivemos que nos virar com minis de papel mesmo. Mas como a mini estava BEM maior que o quadrado do mapa xerocado, rolou um origami para diminuir o tamanho e ainda deixa-las em pé. Foi divertido, ainda mais com o quickling encaixado no ombro do Dire Bear!

  15. Jacktador disse:

    você tem razão Hanariel , cidade pequena é fogo!!!!, ainda por cima quando chega o dia de jogar rpg , sempre tem um cara que da o bolo no mestre e nunca vem jogar

  16. kender disse:

    se tu quiser, me passa um e-mail que eu tenho numeros vagos aqui… (vantagens de ser herald xD)

  17. Tsu disse:

    Pois é, na minha mesa o robozão bárbaro quase caiu por duas vezes, ainda bem q consegui curar.
    O Avenger deu inveja na galera.

    • renatorecife disse:

      Kender,

      No site além do número que você me mandou pede também uma senha :$ como faço?

      Desculpa te encher a paciência tá, é que eu sou agoniado mesmo :S

  18. kender disse:

    teve um trog no moinho, que deixamos a poça matar, o cara caia todas as vezes… o mestre tirou 2 falhas criticas… lol a lot

  19. Youkai X disse:

    Eu já estou usando um wild sorcerer halfling como NPC na minha mesa. E ficou bem interessante, causa um bocado de dano com seus at-wills, algumas vezes ao tirar o numerocerto (par) você consegue mais beneficios e eles tem alguns poderes que suplantam bem a função de controller (ao menos para acabar com minions, mas não tão bem, pois são ataques do tipo close balst em geral)

  20. renatorecife disse:

    e-mail enviado, valeu Kender 😀

  21. Por aqui as coisas foram bem diferentes… meus jogadores mal tomaram dano, mas os inimigos também resistiram mais do que eu esperava, tornando a aventura bastante lenta. E olha que teve acerto crítico do bárbaro e da vingadora.
    mais em http://www.tomo4e.com.br/2009/03/23/dd-game-day-2

  22. Pingback: Tomo 4ᵉ » Blog Archive » D&D Game Day - 21/março

  23. Daniel Anand disse:

    A foto só vou conseguir upar no fim do dia, esqueci disso ao publicar! 🙂

  24. Bento disse:

    Po galera legal (eu to me mordendo de inveja porque aqui em piracicaba nao teve, mas tudo bem), como já havia dito antes, alguem ai tem as fotos das miniaturas ???

  25. Deivide Elven disse:

    Não aconteceu o D&D GameDay em Salvador, por aviso de ultima hora (sexta as 21:00) ficamos sabendo que o evento não iria acontecer (logo quando era pertinho de minha casa :'( ), mas no sábado pela manhã foi explicado o motivo do atraso e por que não haveria o jogo, então o único organizador (sim só teve 1 organizador em Salvador que tinha conseguido 3 mesas para jogo, com mais de 50 cabeças querendo jogar) disponibilizou o material para download. Já que não haveria jogo, fui para o campeonato tcg de WoW, e por falta de sorte, teve infiltração no auditório da loja, povo decepcionado juntou para fazer lanparty de Left4Dead, CS, TeamFortress e vários mapas do Warcraft3.
    Não quis embromar o conteúdo do post, só dizer que o sábado não foi um total desestre.

  26. Parece que o Avenger foi a sensação de todas as mesas mesmo.

  27. Jamesk disse:

    Como outros ai em cima fui para o GameDay no Bob`s da Tijuca xD
    Levei uma boa quantidade de gente comigo (8 pessoas) e para nosso pesar não havia mestres >.<
    Acabou que no fim das contas eu mestrei, totalmente de improviso lendo a aventura na hora, para uma mesa de 7 jogadores. O pessoal jogou com o mesmo char, então na minha mesa eu tive dois Invokers e dois Avengers (Todos irmãos gêmeos identicos :D).
    Por causa da hora não conseguimos nem sair do primeiro encontro, o urso tem muita vida! u.u
    Mas deu pra ver as novas classes.
    Acabou pintando uma duvida, aquele poder do bardo, em que ele controla a criatura e a faz atacar alguem e o poder se mantem até o final do proximo turno do bardo, permite ao bardo comandar um novo ataque?
    De qualquer jeito, foi divertido, deu pra rir 😀
    Os mapas xerocados geraram alguns problemas pra enxergar os quadrados mas deu tudo certo ^^

  28. Aurelio disse:

    To com muita inveja de quem participou do DnD GameDay. Infelizmente em Sorocaba não teve. Quero ver se consigo participar do próximo em algum lugar aqui perto (Campinas ou Sampa). Apesar disso, eu e meu grupo tivemos nossa sessão semanal no dia do GameDay.

    Anand, onde você comprou seu PHB2?

    • Daniel Anand disse:

      Eu comprei na Amazon, aproveitando a baixa (temporária) do dólar. Só devo comprar outra leva no meio do ano agora. Já já está chegando na Moonshadows, Legends e outras livrarias nacionais.

      Vindo pra Campinas, faça como o Wagner e apareça! 😀

      • Farrem disse:

        Daniel: Você acha que o dólar não vai continuar nesta baixa?(talvez tenha perguntado para o irmão errado. Você comprou o Tiles do Caves of Carnage?(se sim: ele é diferente em alguma coisa por ser o primeiro da 4.0?). Você têm os Tiles antigos? Eles valem à pena?
        É que estou programando uma longa compra na Amazon, minha primeira, se tiver alguma dica será bem vinda(especialmente quanto à como funcionar a retirada do produto no correiro, não é assim que funciona?)

        • Daniel Anand disse:

          Eu não sei se o dólar vai explodir, acho que não, mas acho que ainda vai dar variadas boas pelo menos até o ano que vem. Não comprei o Caves of Carnage, mas acredito que não mudou nada, não. Acho que agora vem um pouco mais de salas grandes, só. Eu gosto muito dos tiles, mas não jogo meu map de vinil fora por nada! 🙂

          Eu sempre uso a entrega via courrier, a mais cara, que entrega via DHL. Aí chega na porta da sua casa, e você sabe exatamente onde o pacote está, não dá treta. Os mais baratos chegam no correio, e chega um aviso na sua casa. É só ir lá buscar, sem galho. Quando pedi pela Noble Knight, foi assim. Nunca comprei Tiles pela Amazon, não sei se eles podem ser taxados, sei que os livros não, independente do valor.

          • Guilherme disse:

            Boa tarde Pessoal,

            Comecei a frequentar o blog a pouco tempo e o Daniel está de parabéns.

            Sobre esse assunto da Amazon, todos meus livros de D&D 4E eu comprei via Amazon, mas com a entrega mais barata (não lembro o nome) e eles sempre chegaram em casa, nunca tive que ir buscar no correio. O único problema é que demora 1 mês mais ou menos.

  29. Foi muito divertido conhecer o Anand pessoalmente e jogar o D&D Day. Eu joguei com a Barda e confesso que no início fiquei um pouco perdido até assimilar o conceito dos poderes dela, que apesar de ser Líder foca-se mais em movimentar os inimigos no combate (ou causar-lhes pequenos redutores). Senti falta de bônus para ataque, mas como havia um bárbaro e uma vingadora até que não foi muito prejudicial (se bem que um Warlord naquele grupo seria bem útil).

    Os amigos que levei ao evento também gostaram muito (o jogador do Bárbaro era o Eduardo) e agora estou sendo obrigado a comprar o PHB 2! 🙂
    A viagem de 4 horas compensou e quem sabe eu retorne a Campinas quando outra oportunidade como essa surgir. E parabéns ao Anand pelo capricho com as miniaturas, as Tiles e o material impresso para a aventura.

    Ahhh e matar o Quickling com insultos foi legal demais!

  30. Daniel Anand disse:

    Curti bastante o seu jogo com a Gnomo, Wagner, ficou dez. E desculpe esquecer o nome do Eduardo. Aliás, não esqueça de me encaminhar o e-mail dele!

  31. Leandro disse:

    Joguei No Bobs da Tijuca aqui no Rio de Janeiro! eu com a barda (ritmo do verão) e com um mestre improvisado começamos tarde.. era umas 8 horas quando acabamos o primeiro encontro. mesmo assim não desistimos e acabamos o jogo 22 cheguei em casa quase 1!

    Mas foi bem dvertido o dia.

  32. Nibelung disse:

    Só um aviso, por algum motivo obscuro os feeds estão aparecendo com duas linhas. Dá uma olhada na configuração dos seus feeds.

  33. Daniel Anand disse:

    Eu configurei o feed pra ficar resumido. Vou usar assim por um mes
    para ver se tem impacto nos numeros de visitas.

  34. Nibelung disse:

    Já tentei isso. O Contador de visitas sobe, mas dá raiva nos leitores do feed, porque o objetivo do feed em si é justamente poupar tempo de carregamento de páginas.

    Além do que, seu número de assinantes vale mais pra anunciantes do que o número de visitas, porque são pessoas que te leem (sem acento) o tempo todo.

  35. Rey_Ooze disse:

    Ah uma curiosidade sobre a partida: Os Warfoged do jogo de vocês sofreram a penalidade com a Aura dos Trogloditas? Eu liberei o Warforged da minha mesa dessa penalidade. Mas o resto todo mundo se deu mal heheh.

  36. mallien disse:

    Aqui em Brasília o evento teve alguns imprevistos na loja onde foi o evento, mas no fim acabou dando tudo certo, foram 2 mesas pela manhã e 3 mesas a tarde. O esperado eram 5 mesas a tarde porém alguns jogadores acabaram não comparecendo, mesmo assim considerei um saldo positivo. Agora que venha o D&D Game Day de maio.

  37. Daniel Anand disse:

    O problema é que meus posts normalmente não ficam bonitos no RSS Reader. Ele perde a formatação, quebra os stat-blocks, põe figuras no lugar errado, e por aí vai. Eu não quero que meus leitores tenham essa experiência ruim. Mas como disse, estou experimentando, se o feedback for negativo, eu volto do jeito que estava.

  38. Daniel Anand disse:

    Eles sofrem a penalidade normalmente, afinal, eles sentem cheiros normalmente. Só que eu vi algumas pessoas juntando as penalidades das auras, coisa que não acontece a menos que explicito: por padrão, auras iguais não se somam.

  39. Rey_Ooze disse:

    Anand, meu velho, você tem razão, pois eles apesar de serem constructos, são Living Constructos (Na hora eu estava sem os livros, mas agora pude conferir melhor.)
    Na hora eu entendi que, por os Warforged não PRECISAREM respirar, eles não se preocupariam com o cheiro. Afinal você só fica nauseado com um cheiro se vc inala, não?

    Porém na descrição do Warforged da Dragon 364 diz que apesar de não precisarem respirar isso não os torna imunes aos efeitos (o que é apenas uma forçada de barra para jogadores não apelarem).
    No mais achei um erro colocar um Warforged. Porque não um Goliath que vem completamente descrito no PHB 2, ao inves duma raça que é Core de um cenário especifico e só apareceu descrito em um artigo de a revista, né?
    Só pra confundir mesmo!

    No final das contas, eles não respiram a fumaça toxica mas se intoxicam do mesmo jeito. Heh.

  40. Daniel Anand disse:

    Concorto 100% que um Goliath teria sido muito mais legal, além de fazer muito mais sentido como bárbaro!

    • Davi Salles disse:

      Eles não tinham miniaturas das raças novas (é o que eu acho) por isso o drow e o warforged. Seria muuuuuiuto mais maneiro um Deva e um Goliath.
      Na minha mesa tem um bárbaro, uma classe muito maneira, faz os combates andarem muito mais rápido, fazem muito dano e tomam muito dano.

  41. Thiago "kaishakunin" disse:

    Então, joguei com o paladino draconato. O velho problema da marca ainda persiste, por isso não deu para inovar muito. Aliás, o "material inovador" não foi tão excitante assim. Não me deu muitas esperanças para a salvação do paladino…

    Mas, no final das contas, foi uma sessão bem divertida (e eu estava com uma puta maré de azar, ô uruca!)

  42. Sonyuu disse:

    Eu ainda acho que se fosse para fazer a promoção devida do PHB2, deveriam ter colocado um Warden como defensor, não um Paladino já conhecido de todos!

  43. Hehehehehe o Paladino na minha mesa tb teve pequenos problemas com a sorte, errando muitas vezes por 1 ponto…

  44. Davi Salles disse:

    essa é fácil, eles precisavam de miniaturas, e eles ainda não tinham, nem Deva. Só tinha das raças antigas!

  45. Davi Salles disse:

    Nossa, na minha mesa o paladino detounou, fazia seu dano e ainda quase sempre fazia o dano da marca, que era bem alto. Fez mais dano que 0o Avenger

  46. Davi Salles disse:

    Nossa, na minha mesa o paladino detounou, fazia seu dano e ainda quase sempre fazia o dano da marca, que era bem alto. Fez mais dano que 0o Avenger

  47. Davi Salles disse:

    Nossa, na minha mesa o paladino detounou, fazia seu dano e ainda quase sempre fazia o dano da marca, que era bem alto. Fez mais dano que 0o Avenger

  48. Davi Salles disse:

    Nossa, na minha mesa o paladino detounou, fazia seu dano e ainda quase sempre fazia o dano da marca, que era bem alto. Fez mais dano que 0o Avenger

  49. Guilherme disse:

    Enquanto meu PH2 nao chega, estava dando uma olhada em um pdf que eu baixei e surgiu uma dúvida:
    Quando o Barbaro entra em Rage, ela dura até o final do encontro?

    Vcs que jogaram no Game Day devem ter mais noçao.

    Valeu!

    • Davi Salles disse:

      Dura até o final do encontro, ele pode cair inconsciente, mesmo isso não acaba com a rage. o keyword rage tá descrito no final do livro, junto com os outros keywords

  50. Davi Salles disse:

    A brasil continua tendo superávites na balança comercial, o que faz a demanda de reais lá fora aumentar e portanto valorizar nossa moeda, fazendo o dólar ficar relativamente mais barato. Se isso vai continuar eu não sei, mas se continuar é um incentivo para o dólar ficar mais barato.

    Depende vai depender se o BC não vai querer comprar de volta os dólares que ele vendeu para segurar o preço do mesmo.

  51. DM_Rafael disse:

    Eu joguei com paladino e não tive muitos problemas para acertar. Mas fez um pouco de falta o Valiant Strike ou o Holy strike. Eles poderiam ter misturado o build, visto que o dragonborn tinha a mesma STR e CHA.

  52. Sonyuu disse:

    Peço encarecidamente aos jogadores que participaram da mesa com o narrador Severo Jr. durante o Game Day de 21 de março no Bob's da Tijuca que me passem seus DCIs via orkut (Severo Queiroz Jr.) ou e-mail (severoqjr@hotmail.com/severoqjr@gmail.com), Foi aquela mesa em que teve uma menina jogando com o Paladino Dragonborn e outra jogando com a Barda,onde foi usada a miniatura de um leão atroz para substituir o urso e que tivemos que interromper o jogo no meio do terceiro encontro, aquele dentro do moinho. Preciso deles para fazer o relatório da mesa lá no site da RPGA. Sim, foi um tremendo descuido meu, deveria ter anotado os DCIs de todos antes de nos despedirmos, só fui lembrar disso depois que cheguei em casa! Espero por suas respostas o quanto antes!

  53. Sonyuu disse:

    Péssimas notícias! Acabei de ficar sabendo que as cargas do Game Day só serão liberadas perante recolhimento pessoal em Campinas-SP. Se não forem retiradas em um prazo de até 90 dias, serão DESTRUÍDAS pela Receita Federal! Quem não tem condições de viajar até Campinas, como eu, não verá a cor das miniaturas nunca! Uma tremenda sacanagem mesmo!

  54. Thiago "kaishakunin" disse:

    Fonte?

  55. Aluska disse:

    ^^ Bom aqui em Campina Grande-PB o D&D Game Day foi realizado no Museu de Artes Assis Chateubriand. Foi muito legal, nosso grupo "Confraria Rpg" teve um bom retorno, principalmente dos jogadores que ainda não conheciam a 4° ed.
    Infelizmente as nossas miniaturas ficaram presas na alfândega, toda via realizamos o evento e imprimimos as miniaturas, apesar dos pesares foi um sucesso! >.< E que venha o proximo!

  56. Sonyuu disse:

    Novamente trago mais notícias ruins para os jogadores de D&D 4E que pretendem participar dos próximos Game Days que rolarão ao longo do ano, promovendo os lançamentos do Monster Manual 2 e do Dungeon Master Guide 2.
    Recebi ontem (2/04) e-mail do Otávio, da Devir, que afirmou que a Wizards of the Coast decidiu que não enviará mais nenhum material promocional referente aos Game Days para a América Latina. Um dos motivos, segundo Otávio, seria a burocracia que travou os kits do GD do PHB2 na alfândega. No entanto, parece que esse caso não foi exclusivo do Brasil, outros países sul americanos teriam sofrido do mesmo problema!
    Vale dizer, entretanto, que os eventos AINDA PODEM SER SANCIONADOS por mestres devidamente qualificados tanto no Brasil quanto em qualquer outro país da América do Sul.Só não poderemos contar com miniaturas bonitinhas exclusivas dos eventos! A Devir já se prontificou para tentar resolver esses problemas de caráter alfandegário de modo que em 2010 não volte a ocorrer apreensões descabidas como essa!

  57. Sonyuu disse:

    Novamente trago mais notícias ruins para os jogadores de D&D 4E que pretendem participar dos próximos Game Days que rolarão ao longo do ano, promovendo os lançamentos do Monster Manual 2 e do Dungeon Master Guide 2.
    Recebi ontem (1/04) e-mail do Otávio, da Devir, que afirmou que a Wizards of the Coast decidiu que não enviará mais nenhum material promocional referente aos Game Days para a América Latina. Um dos motivos, segundo Otávio, seria a burocracia que travou os kits do GD do PHB2 na alfândega. No entanto, parece que esse caso não foi exclusivo do Brasil, outros países sul americanos teriam sofrido do mesmo problema!
    Vale dizer, entretanto, que os eventos AINDA PODEM SER SANCIONADOS por mestres devidamente qualificados tanto no Brasil quanto em qualquer outro país da América do Sul. Só não poderemos contar com miniaturas bonitinhas exclusivas dos eventos! A Devir já se prontificou para tentar resolver esses problemas de caráter alfandegário de modo que em 2010 não voltem a ocorrer apreensões descabidas como essa!
    P.S.: Caso se trate de uma brincadeira de primeiro de Abril, foi muito bem formulada! Vou tentar reunir maiores informações sobre o assunto e assim que tiver dados que corroborem os fatos acima citados, volto a postar aqui.

  58. Drugue disse:

    Essa aventura ficou realmente boa, o mais legal dela foi realmente ver como os mestres improvisaram e tiveram a manha de levar o game day nas costas.
    Esse foi o primeiro game day que eu participei e tu pode até não acreditar mais eu estava jogando nessa mesa da foto, foi só risada o jogo, e foi graças a esse jogo que eu resolvi comprar a 4E.
    O Squeaks ruleia e se não estou engana o nome do jogador que ficou com ele na sua mesa é Eduardo.

Os comentários estão encerrados.