Reporte de Campanha: Seekers of the Ashen Crown sessão 1

Olá Jogadores e DMs!

Este é meu primeiro post falando das aventuras que joguei, apesar de estarem acostumados com os reportes do Anand a minha vai ser mais simples e um pouco menos focada no eventos, já que esta é uma aventura pronta, e pode ser um spoiler para o pessoal.

Primeiro é bom falar sobre o Fantasy Grounds novamente, pois jogamos esta aventura com ele. O programa e o ruleset foram maravilhosos, extremamente confiáveis e rápidos, acho que com toda certeza o único encontro que tivemos teria sido mais longo numa mesa de verdade do que com o programa. Consigo montar uma ficha que fiz no Character Builder dentro do Fantasy Grounds em menos de cinco minutos, com todos os módulos o trabalho fica moleza.

Segundo foi uma aventura diferente, e algo que o pessoal costuma sempre falar que a 4e tem terríveis problemas em oferecer, diversão para poucos personagens. Na mesa só havia dois personagens, um battle cleric do Anand, e um fighter do Eduardo. No entanto o combate foi muito bom, apesar de ser demorado, já que essas classes são ótimas em suas defesas, mas não tivemos problemas de ajustar o encontro.

Os personagens lutaram contra Kruthiks, 5 minions e 1 brute, claro que se ao invés do leader tivéssemos um controller o combate seria muito mais rápido. O encontro dava 140XP pra cada personagem, ou seja um encontro de nível 3 para um grupo de 2 personagens. Os personagens eram de nível 2, a gastaram bem seus healing surges, acho que por volta de 4 cada um. Acredito que um grupo de 2 personagens precisa maximizar ao máximo a habilidade um do outro, se possível até nos mínimos detalhes. Se o clérigo tem um poder que deixa dazed por um round, talvez seja interessante para o guerreiro pegar multiclass de rogue, para entrar um sneak attack, coisas do gênero pode dar uma boa turbinada nesses grupo pequenos, para que num encontro mais complicado eles possuam recursos para sobreviver. Poderes diários e por encontro precisam levar isso em consideração também, bônus para todos em área ficam menos eficientes e bônus (geralmente maiores) para um aliado ou para si mesmo ficam mais interessantes.

Terceiro e último ponto dessa reportagem é sobre a aventura em si, apesar de só termos jogados uma única sessão e somento um encontro, lendo o resto da aventura eu fiquei surpreso, é uma aventura incrível, seus encontros são extremamentes interessantes. Quem gosta de Eberron deve dar uma olhada, vale muito a pena, quem não gosta também, pois tem idéias para encontros muito legais.

Sobre Davi Salles

Irmão do Daniel, o Davi começou a jogar mais ou menos na mesma época, mas demorou um pouco mais para jogar junto. Irmão caçula, sabe como é. Ele gosta bastante de Senhor dos Anéis, e suas aventuras sempre tem um toque Sheakspereano. Curte the One Ring, Vampire: the Requiem e outros RPGs mais interpretativos, mas também joga e mestra mesmo o velho e bom D&D.
Esta entrada foi publicada em Post e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

12 respostas a Reporte de Campanha: Seekers of the Ashen Crown sessão 1

  1. Pingback: Tweets that mention Reporte de Campanha: Seekers of the Ashen Crown sessão 1 | Rolando 20 - DnD 4ª edição -- Topsy.com

  2. Drugue disse:

    É nessas horas em que o grupo é pequeno que todo o aspecto tático da 4E entra em jogo.
    Sempre gostei dos combates mais táticos e de jogar com grupos pequenos, normalmente com 1 mestre e 3 jogadores e sinceramente, nunca foi problema oferecer diversão.
    Ainda não mestro a 4E, mais é certeza de que se o mestre mandar bem e os players idem não tem como não ser divertido e isso vale pra qualquer sistema.

  3. @delibriand disse:

    Muito bom. Eu estou preparando o terreno para mestrar essa aventura, mas vou ter o problema oposto: serão 6 jogadores, e já estarão no nível 3 no início da aventura.

    Qual o ruleset que vocês usam no Fantasy Grounds? Eu estava pensando em tentar usa-lo, para algumas sessões não-presenciais.

    Abraço!

  4. SharpWalker disse:

    Hum… o R20 fez alguma resenha sobre essa aventura? Fiquei curioso, embora não tenha pretensões de mestrar em Eberron.

  5. @freitaslex disse:

    Boa Davi! Ficou legal seu reporte! A aventura ficou muito boa! Achei excelente seu estilo de mestrar: limpo, porém sem ser superficial e bem prático, achei muito legal a forma como vc desenvolvia a história por meio das perícias de nossos personagens. Caramba, o personagem do Anand sabia tudo em história! Legal mesmo. Parabéns! Ah, estou aguardando a próxima seção!
    Outra coisa, quanto a mestrar D&D para dois jogadores já estou acostumado, pois desde que casei fica meio difícil sair de casa pra jogar com os antigos amigos… E eles não querem nada com FG… pena… Mas resolvi a questão, minhas filhas, de 10 e 9 anos e de vez em quando minha esposa se aventuram em minhas aventuras. Pai rpgista, filhas rpgistas. Qualquer dia posto aqui no site, com fotos, as nosas mesas familiares de D&D. Fui! Parabéns pelo trabalho.

    • Davi Salles disse:

      Seria bem bacana mesmo, e mostraria que o RPG nao dificulta para se relacionar com a namorada/esposa/mulher mas pode ser uma forma muito bacana de trocar experiências positivas e com os filhos nem me fale! Adoraria saber da sua experiência, acho que seria gratificante a todos os leitores do rolando20!

  6. Nibelung disse:

    Estou narrando uma campanha levemente baseada nessa aventura (ok, só roubei o artefato, os mapas, e os encontros). Ela é excepcionalmente boa, e merece figurar entre as aventuras históricas de Eberron. Eyes of the Lich Queen é outra que merecia ser adaptada pra 4e.

    No mais… tem vaga pra jogar? Dependendo do dia e da hora, eu posso te ajudar a achar gente pra completar o grupo de 5.

    • Davi Salles disse:

      Tem 3 vagas Nibelung, jogaremos novamente na quarta-feira dia 20, começa as 21 horas, horário de São Paulo. Se tiver gente interessada é só mandar um e-mail pro e-mail davi@rolando20.com.br. Se tiver mais de 3 pessoas interessadas tem preferência quem já tá jogando seguido de quem chegar primeiro.

  7. ReyOoze disse:

    Posso ser um dos Escolhidos?
    Tenho larga experiencia em FG 2 (mentira deslavada) e sempre joguei em mesas virtuais (que mentira!). Aliás conheço tudo sobre Eberron (essa até doeu de tão mentira).
    E então, posso?

    • Davi Salles disse:

      Mas é lógico que sim, para meu amigo Ooze sempre tem lugar (mas talvez eu tenha que atirar em você!). Bem, eu quero jogar semana que vem, mas nao tenho certeza se vai rolar, viajarei para o Peru e estarei lá todo mês de fevereiro. Março volta tudo ao normal, jogamos a segunda sessão ontem.

      • Kasuya disse:

        Poxa. É pela net? Tem como eu entrar também? Tipo, quais ferramentas vocês usam para poder jogar? E qual os dias? Ainda tem vaga? XD

Os comentários estão encerrados.