Skill Challenge #6 – No reino dos sonhos

sonhos1Seguindo a série de Skill Challenges da At-Will (link para o original), essa semana nossos heróis passam por uma situação muito inusitada: estão presos no plano dos sonhos! Use esse Skill Challenge quando tempo for crítico para os heróis, e pode ser uma penalidade para os jogadores. Alternativamente, você pode usá-lo antes de um encontro combativo importante, para deixá-lo ainda mais difícil e emocional. Esse é um Skill Challenge demorado, e deve ter bastante preparação do DM, porque ele é na verdade vários desafios num só. Além disso, quanto melhor ele for descrito e tiver opções de interação, melhor. Recomendo uma leitura anterior de um pouco de Neil Gaiman!

Cenário: Você dorme e sonha. Você vê lugares e pessoas conhecidos: o resto do grupo também está nele, mas eles não parecem ser parte do sonho, parecem realmente estar aqui. O que está acontecendo? O sonho parece normal em princípio, mas lentamente ele começa a mudar e se contorcer. Eventualmente os limites se quebram, e vocês flutuam no meio do plano dos sonhos. Todos os desejos e anseios se tornam realidade aqui, assim como seus medos e apreensões. Rapidamente um sonho pode virar pesadelo. Como (e quando) você irá acordar?

Complexidade: 5 (12 sucessos antes de três falhas)

Dificuldade (EL): Nível dos PC + 3 (Difícil)

Objetivo: Escapar do plano das sombras antes de três falhas. Uma falha no desafio significa que os personagens acordam bem mais tarde que o normal (o que pode ser tão ruim quanto o DM quiser), ou acordar bastante cansados ou exaustos, com menos healing surges que o normal, dependendo das necessidades do DM. Pode ser um healing surge a menos, metade, ou mesmo todos. Sucesso sigfica não tomar essas penalidades, e também algum benefício: pode ser a ajuda de alguém do plano dos sonhos, ou mesmo um insigth extre numa próxima situação.

Esse skill challenge tem duas fases. A primeira, “Minha própria prisão”, cada PC está preso em seu pesadelo individual. A segunda fase, “Atravessando a tempestade”, os PCs estão flutuando pelo plano dos sonhos, se defendendo das criaturas que habitam no local e buscando um caminho de volta para o reino dos acordados.

Fase 1: Minha própria prisão

pesadeloOs personagens já consiguiram ver uns aos outros, mas antes de se encontrar de verdade eles precisam lidar com as cenas que se solidificam no cenário onírico que se forma a sua volta.

Cada jogador terá os sonhos de seu personagem distorcidos em pesadelos por criaturas dos planos dos sonho. Essas criaturas se manifestam nas possíveis seqüências descritas abaixo. Escolha para cada PC a cena que você achar mais interessante.

Durante cada seqüência, o DM faz perguntas aos PCs que ajudarão a montar a cena, e o desafio em si. Se o mestre quiser agilizar o processo, pode fazer as perguntas antecipadamente, até para dar tempo dos jogadores pensarem melhor em seus personagens. Ser bem sucedido em uma cena dá um sucesso no Skill Challenge geral (com exceção da primeira, ver abaixo). No entanto, é necessária a falha de dois PCs para contar como uma falha do Skill Challenge como um todo.

Seqüência #1: Meu querido inimigo

Perguntas: Qual o maior amor de seu personagem? E o maior inimigo?

Cena: Na sua frente está (a pessoa que você mais ama). A medida que você se aproxima, seu maior inimigo aparece ao lado e comete um brutal assassinato. Você se aproxima, mas eles desaparecem, para logo em seguida surgirem à sua esquerda. Você corre até lá e o mesmo acontece novamente. Como suportar a dor? Você consegue impedir a cena de ocorrer novamente?

Objetivo: Parar o assassinato de seu ente querido por seu inimigo. Dois sucessos antes de duas falhas.

Perícias

  • Athletics (DC moderado, máximo um sucesso): Você simplesmente não está correndo rápido o suficiente. Cheio de amor e ódio, você corre ainda mais.
  • Arcana (DC moderado, máximo de um sucesso): O problema não é só espaço físico, mas metafísico. Sua mente te move adiante guiando o corpo. +2 no próximo teste de Athletics.
  • Insight (DC dificil+4, conta como dois sucessos): Lutando contra seus sentidos e emoções, você percebe que nada disso é real. Alguém está tentando quebrar sua esperança, mas não será tão fácil assim.
  • Intimidate (DC moderado): ‘Lute contra mim!’  você grita para seu inimigo. Ele pausa e dá um meio-sorriso.

Você também pode atacar o seu inimigo, se quiser, com ataques básicos:

  • Ataque à distância (AC PC level + 16)
  • Ataque corpo-a-corpo (AC PC level +16, somente após um sucesso de Arcana ou Athletics)

Sucesso: A cena se dissolve, e você começa a ver novamente os outros membros do grupo. Conta como um sucesso extra para o desafio em geral.

Falha: Eventualmente a tortura termina, e você encontra os seus companheiros, completamente exausto. O personagem fica weakned até realizar o próximo extended rest. 

Seqüência #2: Vítima da Falha

PerguntaQual a melhor habilidade do seu personagem?

Cena: Você está no meio do momento de usar sua melhor habilidade, um momento crucial. Mas sua mente te abandona, suas mãos tremem, seu corpo não responde. Você falha, e a cena se repete incessantemente.

Objetivo: Ser bem sucedido na tarefa, tendo dois sucessos antes de duas falhas.

Perícias:

  • A melhor perícia da personagem (DC Difícil + 8, vale dois sucessos): Você se concentra, limpa a mente de todas as distrações, e foca. Seu sucesso sobrepõe qualquer obstáculo.
  • Insight (DC moderado): Ganhe +2 no teste abaixo, não conta como sucesso.
  • Duas outras perícias combinadas (DC moderado para cada): o jogador deve descrever e ser engenhoso no uso das duas skills, role duas vezes, se passar nos dois testes, vale dois sucessos. Se falhar em pelo menos um, conta somente como uma falha, pode tentar mais uma vez. O desespero é mãe da invenção.

Sucesso: Revitalizado pelo seu sucesso, você ganha auto-confiança. Ganhe +2 em todas as roladas dessa perícia até você sair dos reinos dos sonhos.

Falha: Você começca a se questionar sobre sua propria competência. Tenha -2 de penalidade em testes com sua melhor perícia até deixar os reinos dos sonhos.

Seqüência #3: Arauto da Morte

Perguntas: Como seu personagem se sente em relação à morte? Como ele acha que vai morrer?

CenaA morte chega para você. Você está na cena de abertura de sua morte, como sempre imaginou.

Objetivo: Impedir sua própria morte! Dois sucessos antes de duas falhas.

Perícias:

  • Religion (DC moderado): Uma prece à sua divindade é ouvida.
  • Arcana (DC moderado): As arestas da ilusão começam a aparecer para você, que começa a ver a verdade desse sonho.
  • Insight (DC moderado): A melhor maneira de enfrentar a morte é se confrontar com a própria mortalidade.
  • Outros: Várias outras perícias podem ser usadas aqui, dependendo da cena. Use a dificuldade moderada com guia, exceto em usos muito esdrúxulos.

Sucesso: Conquistar a própria mortalidade eleva o espírito e a mente. Ganhe  +1 de Fortitude, Reflex, e Will enquanto estiver nos planos dos sonhos.

Falha: Não foi sua morte de verdade, mas você a sentiu. Tenha -1 de penalidade nas defesas de Fortitude, Reflex, e  Will enquanto estiver nos planos dos sonhos.

Seqüência #4: A tomada pelo caos

Pergunta: Qual posse de seu personagem ele considera mais valiosa?

Cena: Sua posse mais preciosa está sendo destruída pelas forças do caos, bem na frente de seus olhos.

Objetivo: Salvar seu item antes dele ser destruído. Dois sucessos antes de duas falhas.

Perícias:

  • Arcana (DC Moderado) : Ao compreender o caos, você salva o item que mais dá valor.
  • Insight (DC Fácil) : Somente o desapego irá salvar sua posse.
  • Perception (DC Fácil): Você percebe que quanto mais você sofre pela perda, mais rápido o caos age.
  • Athletics (DC Moderado): Você puxa e segura o item com toda sua força.

Sucesso: Você sente uma conexão ainda mais forte com seu item. Ganhe +1 na próxima rolada que involver esse item.

Falha: Você sofre com a perda da posse do item. Perca um healing surge.

Seqüência #5: O seu lado sombrio

PerguntasQual foi a pior coisa que seu personagem já fez? O que ele tem medo de ser capaz de fazer?

Cena: Você vê uma cópia sombria de você mesmo no meio do ato mais vil que você já fez, ou mesmo que já imaginou ser capaz de fazer. Antes de acabar, a cópia se vira para você e o convida a participar.

Objetivo: Não ceder aos impulsos sobrios! Dois sucessos antes de duas falhas.

Perícias:

  • Matar a cópia (sucesso automático na seqüência, perde dois healing surges): Não só você não ajudará a cópia, mas a destruirá, mesmo que isso signifique a sua ruína.
  • Ajudar a cópia (falha automática na seqüência): Não é só uma cópia, mas um espelho de quem você realmente é.
  • Insight (DC moderado): Você se compara a cópia e analisa porque ela não pode ser mesmo você.
  • Arcana (DC difícil): Você usa o foco em seu conhecimento arcano para impedir as ações da cópia. Ela ainda se move, mas começa a fazê-lo de maneira independente.
  • Endurance (DC difícil): Você fecha os olhos, e usa sua mais pura determinação para banir esse pesadelo de sua mente.
  • Religion (DC moderado, máximo de um sucesso): Você se conecta a sua divindade para reconciliar atos passados ou futuros.
  • Diplomacy (DC moderado): Você fala com sua versão de si mesmo, convencendo a cópia do mal de tal ação.
  • Athletic (DC moderado, máximo de um sucesso): Você segura a cópia no chão, e torce para ela ouvir a voz da razão.
  • Intimidate (DC moderado, máximo de um sucesso): Você ameaça sua cópia.

Sucesso: Não importa o que sua copia fez ou vai fazer, você é melhor que isso, você está no controle. Ganhe +2 no próximo saving throw.

Falha: A experiência te afeta mais do que você esperava. Tenha -2 na defesa de Will até o próximo extended rest.

Fase Dois: Atravessando a tempestade

maelstromReunidos, o grupo troca informações sobre suas experiências bizarras, mas não há muito tempo: os sonhos começam a se despedaçar ao redor.

Objetivo: Os PCs estão no meio de uma tempestade de sonhos e de pesadelos, e devem achar a saída. Nessa fase, o grupo deve conseguir os sucessos restantes em conjunto, mas arriscando as falhas, que continuam contando.

Moldando a tempestade

No primeiro teste bem sucedido de Arcana, os PCs descobrem que podem moldar os objetos e entidades desse plano usando a força de vontade. Para isso o PC precisa fazer um teste de Inteligência (DC difícil+4), mas outros PCs podem usar Aid Another. Passar nesse teste dá dois sucesso ao desafio, mas falhar gera um efeito contrário (descreva algo bem assutador para aquele PC), causando dano psíquico igual ao EL x5. Quem deu Aid recebe metade do dano, tendo sido bem sucedido ou não.

Perícias:

  • Arcana (DC difícil, máximo de dois sucessos): 1º sucesso: Os sonhos são maleáveis, e você pode usar isso a seu favor. Veja moldando a tempestade acima. Não conta como sucesso. 2º: Você entende melhor o processo de contrução dos sonhos. Ganhe +2 nos testes de Inteligência para moldar a tempestade.
  • Athletics (DC moderado, máximo de dois sucessos): Você corre através do chaos, e puxa os companheitos consigo.
  • Acrobatics (DC moderado, máximo de dois sucessos): Sonhando ou acordado, você desvia de qualquer perigo.
  • Perception (DC difícil, máximo de dois sucessos): Você observa além do caos, e consegue ver, ao longe, o começo do mundo acordado.
  • Stealth (DC difícil, máximo de um sucesso): Por um breve momento, você encontra abrigo no meio da tempestade.
  • Endurance (DC moderado, máximo de dois sucessos): Enquanto os outros sofrem, você aguenta firme.

Sucesso: Os jogadores acordam e estão livre das ameaças dos sonhos. Ele podem ainda tem as penalidades adquiridas na fase 1.

Falha: Depois de mundo vagar pelo mundo dos sonhos, os jogadores acordam com as penalidades escolhidas pelo mestre (ver o primeiro objetivo). 

Como usar esse Skill Challenge

Não tenha pressa aqui, aproveite para extrair um belo role-play das cenas da primeira fase. Como o desafio é de alta complexidade, é muito fácil o grupo ter três falhas se forem muito azarados: explique isso para o grupo, e gere um clima de paranóia, mostre que as penalidades por falha podem ser muito ruins. Como as cenas são individuais na primeira fase, cuidado para não negligenciar algum jogador, mas guarde as menlhores cenas para os jogadores que gostam mais de roleplay. Passe para a segunda fase quando faltarem uns três ou quatro sucessos para passar pelo desafio.

Eu recomendo você explicar as regras gerais de como vai funcionar o desafio para seus jogadores (e não para os personagens), explicando que dependendo das perícias utilizadas os resultados podem variar bastante. Além diso, vale a regra já descrita nos desafios passados: uma descrição razoável do jogador de como o seu personagem irá usar as suas perícias permite uma rolada normal, mas penalize os jogadores com pelo menos -2 na rolada se as descrições forem superficiais. Você também pode dar um bônus de até +2 se a descrição for particularmente inspirada e animar a mesa.

Você também pode alternar esse encontro no mundo dos sonhos com algum encontro combativo contra criaturas extra-planares, principalmente do plano Astral ou da Feywild. Aproveite que o Manual of the Planes saiu essa semana!

Boa sorte e bons sonhos!

Sobre Daniel Anand

Daniel Anand, engenheiro, pai de gêmeas e velho da Internet. Seu primeiro de RPG foi o GURPS Módulo Básico, 3a edição, 1994. De lá para cá, jogou e mestrou um pouco de tudo, incluindo AD&D, Star Wars d6, Call of Chuthulu, Vampire, GURPS, Werewolf, DC Comics (MEGS), D&D 3-4-5e, d20 Modern, Star Wars d20, Marvel Superheroes, Dragonlance SAGA, Startrek, Alternity, Dread, Ars Magica e atualmente mestro D&D 5E on-line via Fantasy Grounds. @dsaraujo
Esta entrada foi publicada em Skill Challenge e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

3 respostas a Skill Challenge #6 – No reino dos sonhos

  1. Inominavel (ZBCast) disse:

    eu to achando que as skills challenge estão dando uma certa complexidade a mais no jogo, o que não é ruim é até! é incrivel como ela de certa forma influência na interpretação, e realmente para esse plano dos sonhos ler NEIL GAIMAN é essencial, recomendaria Prelúdios e Noturnos, é um arco muito bom de SANDMAN e pelo o que eu estou vendo você é Fã hein daniel!!

  2. Pingback: A Velha da Floresta - PARAGONS

  3. Arquimago disse:

    Muito foda! Quem fala que desafio de pericia não tem interpretação, é s[o rolar dados, precisa ler esse aqui!!!

Os comentários estão encerrados.