Posts com a tag skirmisher

2
fev

Feito de Fogo e Sombra – Parte 2

   Escrito por: Davi Salles em Oponente, Post

Heraldic Drake

Continuando meu postes sobre Balthuzar, um terrível demônio do Caos Elemental vai mais uma criatura de seu exército, os Drakes de Fogo e Sombra.

Drakes de Fogo e Sombra são os animais de estimação de Balthuzar, algumas vezes também são usados como montarias por outras criações de Balthuzar. Eles se parecem com Drakes, mas são feitos de fogo e sombra, porém, possuem um corpo material, podendo ser feridos por espadas, flechas e magias. Geralmente essas criaturas não estão sozinhas ou em bandos, são como cachorros de guerra no exército de Balthuzar, mas alguma vezes o Demônio gosta de soltar seus bichinhos sobre aldeias e pequenas cidades, como treinamento e diversão para as temíveis criaturas.

Ficha

Drake de Fogo e Sombra
Level 5 Escaramuçador
Besta Mágica Elemental Grande
XP 200
Iniciativa +8 Sentidos Percepção +11
PV 60; Sangrando 30
CA 19; Fortitude 17, Reflexo 19, Vontade 17
Resistência Flamejante 5
Deslocamento 6
:M: Mordida (padrão; sem limitel) * Flamejante
+10 vs CA; 1d10 + 4 dano flamejante
:c: Baforada de Fogo (padrão; encontro) * Flamejante
Rajada de contato 3; +6 vs Reflexo; 3d6 + 4 dano flamejante
Tendência: Caótico e Maligno Idiomas: Primal
For 15 (+4) Des 18 (+6) Sab 15 (+4)
Con 12 (+3) Int 8 (+1) Car 12 (+3)

Táticas do Drake de Fogo e Sombra

O Drake de Fogo e Sombra tentará acertar o maior numero de pessoas com sua baforada, depois disso tentará acertar aqueles que aparentam ser a maior ameaça.

Conhecimento do Drake de Fogo e Sombra (Arcanismo)

CD 15: Você consegue reconhecer a criatura como original do plano elemental. São criaturas violentas e impiedosas que adoram ver seus inimigos carbonizarem

CD 20: Você reconhece essas criaturas como vassalos de Balthuzar, um poderoso demônio do Caos Elemental

E rolem 20!

Tags: , , ,

28
jan

O Nono Nazgûl

   Escrito por: Davi Salles em Oponente

nazgulComo a grande maioria dos jogadores de D&D eu sou fã de um dos melhores (na minha opinião, o melhor) cenário de fantasia medieval, a Terra Média. A história do cenário é grandiosa, bela e detalhada, com uma cosmologia interessante e monstros terríveis. Tudo que um bom cenário de RPG precisa.

Dos nove Nazgûls Tolkien só se deu nome a um, segundo em comando para o Rei-Bruxo , que se eu tiver tempo e disposição, farei a ficha dele também. O Nono Nazgûl no caso poderia ser usado para basicamente qualquer um dos sem nomes e mais genéricos Nazgûl. E claro, se na sua campanha não existe Nazgûl, ele pode ser só mais um monstro solo, ótimo como último vilão da parte heróica da campanha.

Todos os Nazgûl possuem poderes parecidos, este Nazgûl possui poderes que todos os Nazgûl teriam, se quiser fazer o Rei-Bruxo, pode usar esse monstro como base e acrescentar poderes e aumentar seu nível. O único poder que eu coloquei para ele em termos mecânicos que não tem nada, se não pouco a ver com os livros é o poder Rápido como as Sombras. Percebam que a ficha já está 100% no formato nacional.

O Nono Nazgûl causa medo em qualquer um que aproximar dele, com sua voz não natural, o frio e as sombras que sempre acompanham estas criaturas. Além de sua espada longa negra como todo resto de sua armadura, o Nono Nazgûl possui várias outras formas de causar dor e sofrimento naqueles que tentam entrar em seu caminho. Sua adaga envenenada e seu hálito de veneno são outras armas de seu arsenal. Apesar de não possuir muitas formas de atacar seus inimigos o Nono Nazgûl é extremamente resistente e armas parecem não fazer efeito contra eles, somente fogo e luz divina.

O Nono Nazgûl

O Nono Nazgûl Guerrilheiro Solo de Nível 12
Sombra Média Humanóide (Morto-Vivo) XP 3.500
Iniciativa +10 Sentidos Percepção +12
Aura de Terror (Medo) aura 10; As criaturas afetadas pela aura possuem -2 em todas suas roladas de ataque. Durante a noite os Nazgûls conseguem expandir o efeito de seu terror para 15 quadrados
PV 615; Sangrando 307
Regeneração 10 (caso sofra um ataque do tipo flamejante ou radiante O Nono Nazgûl perde a habilidade de regenerar até o final de seu próximo turno).
CA 28; Fortitude 26, Reflexos 22, Vontade 24
Imunidade Medo; Resistência Necrótico 10, Todos 5; Fraqueza vulnerabilidade 5 vs. Radiante e Flamejante
Testes de Resistência +5
Deslocamento 5
Pontos de Ação 2
:M: Espada Longa (padrão; sem limite) ♦ Arma
+18 vs. CA, Dano: 2d8+5
:m: Adaga dos Nazgûl (padrão; sem limite) ♦ Arma, Veneno
+15 vs Reflexo, Dano: 1d8+5 veneno. Quando O Nono Nazgûl acerta este ataque ele pode ligar o poder Adaga de Sombra. Caso esteja usando esta arma com vantagem no combate O Nono Nazgûl causa +2d6 de dano.
:c: Baforada Negra (padrão; recarga :5: :6: ) ♦ Veneno
Explosão de contato 5, +15 vs. Fortitude. Dano: 3d6+5 veneno.
Adaga de Sombra (livre; encontro) ♦ Arma, Necrótico
Caso O Nono Nazgûl tenha acertado com sua adaga ele pode usar este poder. Além do dano normal feito pela golpe. A criatura afetada pelo poder fica fraca e atordoada (TR encerra) e ainda sofre 3d8+5 de dano necrótico
Rápido como a Sombra
O Nono Nazgûl é muito rápido, podendo tomar duas ações padrão por turno. Caso use um ponto de ação ele terá uma terceira ação padrão.
Tendência Maligna Idiomas Comum, Abissal
Perícias Intimidação +18, Intuição +12, Arcanismo +13
For 22 (+12) Des 18 (+10) Sab 12 (+7)
Con 19 (+10) Int 14 (+8) Car 19 (+10)
Equipamento Armadura de Placas Nazgûl, Espada Longa e Adaga Envenenada

E rolem 20, porque vão precisar!

Tags: , , ,

2
jan

Feito de Fogo e Sombra

   Escrito por: Davi Salles em Oponente

Eu combinei com meu irmão Anand que escreveria um post para hoje, no entanto estava sem nenhuma idéia do que iria criar para vocês, até que depois de muito pensar acabei decidindo criar um novo monstro, mas não só um novo monstro, mas uma nova espécie de criatura.

“Mas que tipo de monstro?” logo comecei a me perguntar, pensei em monstros meio plantas, até que o Balrog de o Senhor dos Anéis veio em minha mente, decidi então criar uma espécie de criatura inspirada nesse ser aterrorizante de o Senhor dos Anéis.

No plano do Caos Elemental, no Abismo, vive um poderoso demônio, Balthuzar, um criatura feita de fogo e sombra, feita de ódio e caos, feita dos elementos mais impossíveis de se manipular. Balthuzar possue muitas crias, a maioria deles criaturas inteligentes que preferiram entregar suas almas para o demônio para não ter que sofrer tanto no Abismo.

Entre essas várias criaturas as mais numerosas são pequenos demônios que mais parecem imps feitos de fogo e sombra. Essas criaturas, apesar de possuirem asas, não as utilizam para voar, apesar de conseguirem planar. Para atacar usam suas garras e mordidas, mas podem em alguns momentos soltar raios de sombra e fogo.

Conhecimento

Arcana DC 15: Você consegue identificar a criatura como nativa do plano do caos elemental, elas tendem a ser extremamente violentas e impiedosas, na maior parte das vezes lutam até a morte.

Arcana DC 20: Você reconhece a semelhança desses imps com Balthuzar, o demônio muito poderoso do caos elemental, é bem provavel que essas criaturas estejam fazendo algum serviço sujo para o demônio, como conseguir mais destruidores para sua causa.

Criaturas de Balthuzar Level 4 Skirmisher
Small Elemental Humanoid (Demon) XP 175
Initiative +8 Senses Perception +9
HP 52; Bloodied 26
AC 18; Fortitude 18, Reflex 20, Will 18
Speed 6
:M: Garras (Standard; at-will)
Dois Ataques contra o mesmo oponente, +9 vs AC 2d6+5 de Dano.
:m: Mordida (Free; at-will)
Caso a Criatura de Balthuzar acerte com suas duas garras, ele pode tentar morder o mesmo oponente. +7 vs AC 3d8+4 de Dano
:c: Copias de Sombras (Minor; recharge :5: :6: ) ♦ Shadow
Muro 5 Próximo, a magia só pode ocupar quadrados que possam ser ocupados legalmente pela Criatura de Balthuzar. Os quadrados passam a ser ocupados por criaturas idênticas à Criatura de Balthuzar, As sombras não atacam nem se movem e duram até o final do próximo turno, apesar de poderem flanquear. Caso sejam atacadas possuem -5 em todas as defesas e 1 HP. A Criatura de Balthuzar pode trocar de lugar com uma de suas sombras quando usa essa magia.
Caminhar das SombrasShadow
Caso a Criatura de Balthuzar caminhe 3 ou mais quadrados ela é considerada como tendo concealmente até o final de seu próximo turno.
Alignment Evil Languages Abyssal
Str 15 (+4) Dex 18 (+6) Wis 14 (+4)
Con 12 (+3) Int 11 (+2) Cha 8 (+1)

Rolem 20!

Tags: ,

25
nov

Shadowfang Keep – Worgens

   Escrito por: Daniel Anand em Oponente, Post

Os worgen vêm dos cantos mais sinistros da Shadowfell, onde nenhum lugar é realmente seguro. Lá eles lutam uma guerra sem fim contra os Lords da Chama Esmeralda, um grupo que vem da Feywild. Ur, um dos magos de Arkhosia, fez várias pesquisas sobre os Worgens, mas nunca os trouxe ao mundo.

Frustrado com a destruição causada pelos mortos-vivos de Bael Turath, o aquimago Arugal, mesmo com a opinião contrária de seus iguais, resolveu fazer um ritual de invocação dos worgens, usando a pesquisa de Ur. Os worgens trazidos pelo arquimago lutaram contra as forças mortos-vivos, mas rapidamente se viraram contra os exércitos de Arkhosia. Louco com a culpa, Arugal tomou os worgens como seus próprios filhos, e se enclausurou no Shadowfang Keep, onde ele então começou a amaldiçoar o vilarejo de Pyrewood a se transformar em worgens quando o sol se põe.

Mais ou menos ao mesmo tempo, à Eladrin Velinde Starsong foi dada a missão de limpar a floresta de Feelwood dos demônios que por lá habitam. Ele fez orações à Corellon, e recebeu uma foice mágica capaz de invocar worgens. Ele usou o poder da foice para formar um pequeno exército e lutar contra os demônios. Mas a Eladrin percebeu que suas tropas estavam aumentando, como se outras invocações ocorressem sem o uso da foice. Ela então ordenou os worgen para ficar em Ashenvale, no templo de Corellon, e foi em busca do arquimago Arugal, que ela ouviu falar que também trouxe worgens ao mundo. Não se sabe muito bem o que aconteceu com ela, mas rumores dizem que ela foi morta próxima ao Vale de Nentir e perdeu a foice. Muitos ainda procuram esse item, inclusive o mago das sombras Morganth, que ficou sabendo da foice quando obteve o Tratado em Shadow Magic de Ur.

Hoje os worgens são encontrados em grupos espalhados ao redor de Pyrewood e dentro de Shadowfang Keep. Os grupos em geral misturam os Long Teeth, os mais robustos e com presas protuberantes, os Slender, rápidos e mortais, e os líderes das matilhas, os Alpha. Os Alfas também são chamados pelos locais de Filhos de Arugal.

Long Teeth Worgen

Long Teeth Worgen Level 6 Brute
Medium Natural Beast XP 250
Initiative +6 Senses Perception +6
Frightful Growl (Fear) aura 2; enemies in the aura take a -1 penalty to attack rolls, and allies in the aura gain a +1 power bonus to attack rolls.
HP 86; Bloodied 43
AC 18; Fortitude 19, Reflex 17, Will 18
Speed 7
:M: Powerful Bite (Standard; at-will)
+9 vs. AC; 1d10+4 damage, and the target is prone.
Alignment Evil Languages —
Skills Stealth +11
Str 19 (+7) Dex 14 (+5) Wis 10 (+3)
Con 19 (+7) Int 6 (+1) Cha 16 (+6)

Slender Worgen

Slender Worgen Level 7 Skirmisher
Medium Natural Beast XP 300
Initiative +8 Senses Perception +8
HP 80; Bloodied 40
AC 21; Fortitude 20, Reflex 19, Will 17
Speed 7
:M: Bite (Standard; at-will)
+12 vs. AC; 1d8+5 damage, or 2d8 + 5 damage against a prone target.
Combat Advantage
The worgen gains combat advantage against a target that has one or more of the worgen’s allies adjacent to it.
Alignment Evil Languages
Skills Stealth +11
Str 18 (+7) Dex 16 (+6) Wis 12 (+4)
Con 16 (+6) Int 6 (+1) Cha 11 (+3)

Os Filhos de Arugal

Alpha Worgen Level 6 Controller (Leader)
Medium Natural Beast XP 250
Initiative +8 Senses Perception +11
HP 70; Bloodied 35
AC 20; Fortitude 18, Reflex 18, Will 19
Resist 5 cold
Speed 7
:M: Bite (Standard; at-will)
+11 vs. AC; 1d8+2 damage.
:c: Inspiring Howl (Minor; recharge 6)
Close Burst 5; one ally makes a basic melee attack.
:c: Furious Pack (Standard; encounter) ♦ Charm
All allies gains 5 temporary hitpoints, can shift 2 and receive a +2 bonus to all defenses until the end of the next Worgen’s turn.
Alignment Evil Languages
Skills Insight +12, Stealth +10
Str 15 (+5) Dex 15 (+5) Wis 19 (+7)
Con 15 (+5) Int 6 (+1) Cha 8 (+2)

Táticas

A tática comum de uma matilha de worgens é cercar os oponentes um a um: os Long Teeth irão tentar derrubar os oponentes com suas mordidas, enquanto os Slender aproveitam os caídos para fazer mais dano. Além disso, os dois tipos juntos podem aproveitar a aura dos Long Teeths, somada ao Combat Advantage dos Slender Worgen. Os Alpha Worgens irão usar Inspiring Howl para tentar manter os oponentes no chão, e usar Furious Pack assim que os shifts forem úteis à matilha.

Worgen Lore

DC 15: Os Worgen são pouco inteligentes, mas muito agressivos. São originários da Shadowfell, e foram invocados para esse mundo há bastante tempo.

DC 20: O arquimago Arugal trouxe os Worgen, que se concentram bastante próximos a Pyrewood e o Shadowfang Keep. Humanos podem ser transformados em Worgens, através de Rituais Arcanos. Alguns Worgens possuem resistência ao frio.

Encontro Nível 5 (1.050 XP)

  • 1 Alpha Worgen (Level 6 Controller Leader)
  • 1 Slender Worgen (Level 7 Skirmisher)
  • 2 Long Teeth Worgen (Level 6 Brute)

Mapa que você pode usar para o encontro com os Worgens: Floresta noturna

Semana que vem, encontraremos Fenrus, o Devorador, o animal de estimação de Arugal. Curtiram os stat blocks novos? Fiz com o Monster Maker! E Rolem 20!

Tags: , , , , ,

30
out

O Cavaleiro sem Cabeça

   Escrito por: Daniel Anand em Oponente, Post

Amanhã é Halloween lá na gringa, e já que roubamos mais essa festividade (no dia que tiver ação de graças no Brasil, aí já era! :) ), vou comemorar com um monstro clássico para esse tema: o Cavaleiro sem Cabeça. Forgotten Realms possui a lenda do Zhentarim sem Cabeça (que ilustra o post), e foi minha fonte de inspiração para esse undead elite. Claro que você pode achar várias outras versões (até no World of Warcraft), mas uma a mais não vai estragar, certo?

Headless Horseman Lore

Os personagens podem saber as informações abaixo com um teste de Religion:

DC 20: Essa criatura morto-viva assusta e ataca viajantes, particularmente no final do outono. Logo após o final do entardecer, galopes com pegadas de fogo são o prelúdio de um ataque. Especula-se que o Cavaleiro sem Cabeça seja uma das criaturas da Shadowfell, movidas por um desejo de vingança. Com freqüência eles vêm montados em versões mais fracas de Nightmares, mas ainda assim bastante perigosas. Seus ataques são muito baseados em fogo, e ele ataca de perto e de longe.

DC 25: O Cavaleiro sem Cabeça aparenta ter um código de honra, e nunca ataca aqueles que não reagem: eles irão cavalgar ao seu redor, e fazer algazarra, mas se você ficar imóvel sem mostrar armas, ele irá embora. No entanto, continuarão a ser uma ameaça.

Headless Horseman Level 12 Elite Skirmisher (Leader)
Medium natural humanoid (undead) XP 1,400
Initiative +12 Senses Perception +11; darkvision
HP
244; Bloodied 122
AC 28; Fortitude 26, Reflex 24, Will 25;
Immune disease, poison Resist 10 necrotic (see hellish horse) Vulnerable 5 radiant;
Speed
5 (see hellish horse)
Saving Throws +2
Action Points
1
:M: Flaming Longsword (standard; at-will) ✦ Weapon, Fire
+17 vs. AC; 1d8 + 5 damage, + 1d6 fire damage (plus an extra 2d6 fire damage on a critical hit).
:r: Explosive Pumpkin Head (standard; at-will) ✦ Fire
Ranged 10/20; +15 vs. Reflex; 2d8 + 5 fire damage.
:c: Unholy flames (standard, recharge :5: :6: ) ✦ Fire, Necrotic
Close burst 2; +15 vs. Reflex; 4d8 + 5 fire and necrotic damage to living creatures. Undead or Shadow creatures within the burst (including the Headless Horseman) gains 15 temporary hit points.
Remount (minor, at-will)
The Headless Horseman teleports back to the back of his hellish horse.
Alignment Evil Languages Common
Skills
Stealth +15, Intimidate +14, Insight +11.
Str
20 (+11) Dex 19 (+10) Wis 10 (+6)
Con
18 (+10) Int 12 (+7) Cha 16 (+9)

O cavaleiro precisa de sua montaria, que é basicamente uma versão mais fraca do Nightmare (MM 196):

Hellish Horse Level 10 Skirmisher
Large shadow magical beast (mount)  XP 500
Initiative +11 Senses Perception +11; darkvision
HP
112; Bloodied 56
AC 24 (26 against oportunity attacks); Fortitude 25, Reflex 22, Will 20;
Resist 15 Fire; see also Hell’s Ride
Speed
10
:M: Hooves (standard; at-will) ✦ Fire
+15 vs. AC; 1d8 + 5 damage, and ongoing 5 fire damage (save ends).
Hell’s Ride (while mounted by a friendly rider of 10th level or higher; at-will) ✦ Fire, Mount
The nightmare’s rider gains resist 25 fire.
Hooves of Hell (standard; recharge :6: ⚅) ✦ Fire
The Hellish Horse moves up to 10 squares. Each square the Hellish Horse leaves is filled with fire to a height of 10 feet until the end of the Hellish Horse’s next turn. Any creature that hits the Hellish Horse with a melee attack during this move, or that enters one of the flaming squares, takes 10 fire damage.
Alignment Evil Languages —
Skills
Endurance +17;
Str
22 (+11) Dex 19 (+9) Wis 12 (+6)
Con
24 (+12) Int 5 (+2) Cha 14 (+7)

Táticas

Tanto o Cavaleiro sem Cabeça quando sua montaria infernal tentarão usar sua ampla mobilidade, quando montado, para acertar abóboras flamejantes à distância, e quando os oponentes de aproximarem, usa Unholy Flames. Caso encontrem oponentes com muita defesa (como um paladino), ele pode desmontar e usar sua montaria como um parceiro para flanco. Ele usa as Unholy Shadows sempre que for possível se aproveitar dos hit points temporários também.

Encontros

Level 10 Encounter (XP 2,700)

  • 1 Headless Horseman (Level 12 skirmisher)
  • 1 Hellish Horse (Level 10 skirmisher)
  • 2 Battle Wights (Level 9 soldier)

Rolem 20!

Tags: , , ,

16
out

Cadê o Healer?

   Escrito por: Daniel Anand em Post

Todo mundo pronto para começar mais uma campanha, fichas em branco pra todo mundo, temos um guerreiro, um ranger, convencemos o novato a jogar com o mago, e fulano sempre joga de Warlock. E cadê o leader? Ou, como diríamos antigamente, cadê o healer? Quem vai curar?

Em todas as edições de Dungeons & Dragons, ficar sem cura sempre foi um problema. Das épocas escassas do Original D&D, às múltiplas curas em combate da 4ª edição, ter alguém que faça seus hit-points subirem ao invés de descerem não só é um diferencial do seu grupo, mas quase uma pedra fundamental. E se você não tem líderes, como o clérigo ou o warlord, o que fazer?

Uma das primeiras opções é andar com mais poções de cura, mas isso não só custa caro, como também não costuma resolver. Nos primeiros níveis, 10 hit points são uma boa ajuda, mas nos níveis 5-6 é um tanto quanto meia-boca. Outra alternativa é ter classes que tem um pézinho na cura, seja um paladino, seja alguém com o feat Initiate of the Faith, que já ajuda.

Outra alternativa interessante também seria contratar alguém pra curar o grupo, bem na linha dos cohorts que acompanhavam personagens de nível 6 ou mais com o feat Leadership na terceira edição. Basicamente, no nível cinco ou seis o grupo poderia andar com o amigo Wilson:

Wilson, Cleric of Pelor Level 6 Skirmisher (Leader)
Medium natural humanoid XP 250
Initiative +6 Senses Perception +6
HP
72; Bloodied 36.
AC 20; Fortitude 18, Reflex 18, Will 18;
Speed
6
:M: Spear (standard; at-will) ✦ Weapon
Reach 2; +11 vs. AC; 5 damage;
:m: Patch up (standard; recharge :6: ) ✦ Healing
An adjacent ally may spend a healing surge and regain his surge value plus an addition 1d6 hit points.
Alignment Unaligned Languages Common
Skills
Heal +14
Str 13 (+4) Dex 16 (+6) Wis 19 (+7)
Con
16 (+6) Int 16 (+6) Cha 13 (+4)

Ele basicamente vai junto com o grupo por uma parte do tesouro, mas você pode inventar histórias mais legais, e criar um NPC não só útil quanto interessante. Ele pode ser um seguidor de um dos membros do grupo, ou mesmo um liasson da Igreja de sua dividade (no caso, Pelor) junto ao grupo.

Para balancear os encontros, basta o DM adicionar 250 XP (o valor de XP do NPC) no orçamento de XP dos encontros. O healer pode ser facilmente adaptado para outros níveis. Vocês podem ver outros stat-blocks de healers nesse post aqui, de onde eu copiei descaradamente me inspirei para escrever esse artigo! Dá uma olhada no de nível 26!

Rolem 20!

Imagem também roubada (pro relaxo ser completo) do grimório esquecido.

Tags: , , ,

Página 1 de 212