Versus PCs: Wren

bugbearComeçando uma nova série aqui no Rolando 20, a Versus PC. A idéia é tranformar os personagens das minhas várias campanhas em oponentes que vocês possam usar nas campanhas de vocês. Como o CF mostrou muito bem nesse post do Covil, quanto mais NPCs para que nós DMs pudermos deitar e rolar, melhor!

Nosso NPC de hoje é Wren, o bugbear ladino, escravizado por Drows na Underdark, mas que acabou se transformando num assassino de primeira categoria.

Wren nasceu numa tribo de Goblinóides, longe das cidades grandes. Como Bugbear, seria de uma classe privilegiada entre os goblins, provavelmente virando um comandante da tribo. Mas a tribo de Wren estava no caminho de um conclave de escravocratas Drows, que levaram Wren e vários outros goblinóides para as profundezas da Underdark.

Lá, o bugbear descobriu que só a mentira e furtividade é que resultavam em alguma sobrevida. Os outros que desafiaram os drows foram mortos sem nem problema para os elfos negros. Por isso Wren foi se transformando numa criatura bastante furtiva e mortal.

Os drows perceberam as qualidades de Wren quando ele matou um hobgoblin que havia roubado o seu parco almoço. E perceberam que ele fez isso sem chamar a atenção nem dos guardas, nem dos outros goblins. E resolveram o enviar a uma missão na superfície.

Fica a cargo do DM qual missão será essa, mas será alguma missão que envolve subterfúgio, furtividade e assassinato, então provavalmente ficará no caminho dos PCs de vocês!

Wren

WrenEspreitador de Nível 6
Humanóide natural Médio (bugbear)XP 250
Iniciativa +11Sentidos Percepção +9; visão na penumbra
PV 52; Sangrando 26
CA 20; Fortitude 18, Reflexos 20, Vontade 15
Deslocamento 6
:M: Ataque perfurante (padrão; à vontade) ♦ Arma
+12 vs. Reflexos; 1d6+6 de dano.
:m: Investida Dolorosa (padrão; recarrega :5: :6: ) ♦ Arma
+12 vs. AC; 2d6+9 de dano.
:c: Espiral de lâminas (padrão; encontro) ♦ Arma
Explosão contígua 1; +12 vs. Reflexos; 2d6+6 de dano e o alvo é derrubado;
Olhar do Predador (menor; encontro)
Se Wren tem vantagem em combate, ele faz +1d6 de dano.
Ataque furtivo
Se Wren tem vantagem em combate, ele faz +2d8 da dano.
Furtividade do camaleão
Se Wren tiver cobertura ou concealment quando rola sua furtividade para escapar de ser percebido, ele não é percebido mesmo que perca sua cobertura ou concealment. Ele também não tem penalidades no movimento para rolar furtividade.
Tendência ImparcialIdiomas Comum, Goblin
Perícias Acrobacia +14, Atletismo +11, Furtividade +16, Ladinagem +13
For 17 (+6)Des 21 (+8)Sab 11 (+3)
Con 10 (+3)Int 8 (+2)Car 10 (+3)

Conhecimentos

Com um teste de Manha [Streetwise], você pode ter ouvido alguma coisa sobre Wren:

CD 13: Wren é bugbear assassino, altamente letal se tiver em vantagem. Evite encontrá-lo em locais que ele possa se esconder.

CD 18: Além de sua furtividade, ele pode derrubar todos os oponentes ao redor com sua técnica da espiral de lâminas. Ele trabalha para os drows da Underdark.

Encontro de Nível 5 (1.128 XP)

  • Wren, Bugbear Rogue (Espreitador de Nível 6)
  • 2 Guerreiros Bugbear [Bugbear Warrior] (Bruto de Nível 5) MM pág. 135
  • Estrangulador Bugbear [Bugbear Strangler] (Espreitador de Nível 6) MM pág. 136
  • 6 Hobgoblin Grunts (Lacaios de Nível 3) MM pág. 138

Você pode usar vários outros bugbear e goblinóides no lugar desses se tiver acesso ao Compendium do D&D Insider, é só procurar por bugbear, goblin e afins.

Táticas

Wren sempre irá preferir evitar o combate direto (a covardia é só mais uma estratégia, diria ele), mas caso seja necessário, irá atacar ferozmente. Os guerreiros tentam usar seus poderes Skullthumper para derrubar os oponentes e dar vantagem em combate para Wren e os grunts. O estrangulador irá segurar qualquer ofensor oponente para proteger o assassino. Não economize os vários olhos do predador! Use um mapa com vários pontos com cobertura ou concealment, como colunas, ou uma biblioteca cheia de estantes.

Bônus!

Se acharam ele munchkin para um monstro de nível 6, vejam a ficha do nosso jogador Daniel, com o Wren PC de sexto nível! Baixe a ficha do Wren em PDF!

E aí? Que acham dessa série?

Sobre Daniel Anand

Daniel Anand, engenheiro, pai de gêmeas e velho da Internet. Seu primeiro de RPG foi o GURPS Módulo Básico, 3a edição, 1994. De lá para cá, jogou e mestrou um pouco de tudo, incluindo AD&D, Star Wars d6, Call of Chuthulu, Vampire, GURPS, Werewolf, DC Comics (MEGS), D&D 3-4-5e, d20 Modern, Star Wars d20, Marvel Superheroes, Dragonlance SAGA, Startrek, Alternity, Dread, Ars Magica e atualmente mestro 13th Age. @dsaraujo no twitter

Esta entrada foi publicada em Oponente e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

35 respostas a Versus PCs: Wren

  1. renatorecife disse:

    Nossa, muito show essa ideia de transformar os PCs em adversários, mas quero mesmo é ver o Dragonborn do Davi que ele fala tanto no podcast.

  2. Leo Xorao disse:

    Muito bom, dando vida aos NPCs o jogo fica muito mais interessante. So nao entendi os modificadores, For 16 nao é +3? Des 21 não é +5? ou são pontos gastos?

  3. DanielSetita disse:

    Melhor personagem EVER!! Nunca existiu um Bugbear tão letal e ao mesmo tempo carismático e adorado por todos (os aliados dele pelo menos) quanto o Wren!!!!

    Ok ok… menos!

    Mas na versão de PC então ele é o striker mais striker que eu já vi!! Com um Warlord no grupo ele fica invencível e quando chegar no nível 11 e se tornar um Daggermaster então…

    Com sua adaga Bloodclaw (que foi presente dos Drow) ele sacrifica seu próprio sangue para Lolth em troca de mais poder destrutivo!

    Sua única fraqueza são as defesas baixas já que é completamente focado ofensivamente (Weapon Focus: Light Blade, Melee Training: DEX e Backstabber garantem um dano mínimo alto, mesmo em ataques básicos). Outra fraqueza relativa são seus HP, que embora não são baixos, ficam parecendo quase nada perto do HP das outras pessoas da mesa, que todas pegaram CON alta ou backgrounds que dão 10HP.

    Poder se mover 2 e atacar com Deft Strike é ótimo para chegar perto, bater e ainda ter uma move action para shiftar para longe ou até memso se mover.

    Ficar escondido e usar Deft strike para atacar oponentes que não detectaram a minha presença para garantir o Sneak Attack e depois se esconder de novo no mesmo round na move action com ajuda do Fleeting Ghost e Chameleon funcionam muito bem em ambientes fechados.

    O personagem vai se especializar cada vez mais em críticos quando, além de se tornar um Daggermaster para rolar críticos no 18-20; pegar os feats Rogue Weapon Talent, Devastating Critical, Two Weapon Fighting e o de duas armas que dá um melee basic attack com a offhand durante um crítico (esqueço o nome).

    Quem disse que ser um "Canhão de Vidro" (ai meu deus como eu ODEIO português) é exclusividade de classes como magos e afins? 😀

    • Leo Xorao disse:

      Uma questao que sempre vejo em jogos é que se tem um bom ladino, mas este nao pode fazer missoes furtivas pois o resto do grupo anda como latas de sardinha e falando alto e batendo panela no covil do inimigo…. ou o ladino joga e os outros esperam. Por isso eu so a favor de fazer grupos semelhantes (Ranger, ladino, avenger, shaman, etc) (fighter, warlord, paladino, etc). Um ladino sem missoes de espionagem e assassinato nao é completo no meu entender.

      • DanielSetita disse:

        Na 4E os papéis FORA de combate são beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeem tênues. Tudo se resume em ser treinado ou não em uma listinha bem pequena de abilidades e mais nada. As class features de rogue são TODAS para o combate (assim como da maioria das classes, com exceção de bardo e os rituais…). Na nossa mesa a druida é melhor em tudo que eu faço com exceção de stealth e thievery em si, que sozinhas não adiantam de muito.

        O grupo aprendeu a cooperar então a druida me ajuda muito e eu até retreinei Perception mesmo não tendo bonus nenhum de WIS pra poder ser um rogue como poderia ser em edições anteriores.

        • Daniel Anand disse:

          Exato, qualquer um com diplomacia pode ser bom de falar com os outros, qualquer um com manha de manjar do submundo. Rogue ainda é bom de perícias, mas não domina mais fora de combate como antes.

    • Bento disse:

      Voce que joga com ele ???

      • DanielSetita disse:

        SIm, eu que jogo na mesa do Anand com o Wren (o dinossauro que souber de onde eu tirei o nome ganha uma estrelinha).

        😀

        • Giulius disse:

          O único Wren que eu conheço é um personagem secundário do filme O Cubo, que no filme é um escapista francês muito famoso. É ele??

  4. Muito legal, estou ansioso pela conversão da Barda (esqueci o nome dela) da mesma campanha! Também ficou meio jogada de lado uma explicação para a forma como os drow conseguiram a "lealdade" de Wren, visto que ele sem dúvida está agora em uma posição extremamente vantajosa para escapar de seus mestres! Talvez uma saída seja imaginar que eles mantém como refém em Underdark algum parente ou amigo de Wren, a única pessoa por quem ele sente algo de especial além de si mesmo. Ou talvez esteja sob o efeito de alguma magia poderosa que o instiga a obedecer seus captores. Mas creio que cada mestre terá que bolar uma explicação plausível que se encaixe melhor em sua respectiva campanha.!

    • DanielSetita disse:

      Ele é leal aos drow já que viram que ele era mais que um mero escravo e deram a ele a oportunidade de provar seu valor.

      Nesse último arco por exemplo, Wren pegou vários artefatos de Baphomet e vai levá-los aos Drow, para que possam ser destruídos e ele nem pediu nada em troca! Da última vez que passou informações aos Drow até ganhow uma poção que reduzia dano Necrótico por um tempo que foi útil já que os Droaw sabiam que ele lutaria contra criaturas das sombras mais cedo ou mais tarde.

      Os pobre Drow foram TÃO "nerfados" na 4E que ficaram mais espertos, agora não podem mais se dar ao luxo de serem apenas "evil" e ponto. E enquanto eles ajudarem Wren a se tornar mais poderoso e não traírem ele (que pode ser questão de tempo ou não) ele vai continuar trabalhando para eles.

      Só o fato dele ter sido promovido de escravo à agente dos Drow na superfície já é motivo suficiente para ele continuar trabalhando para eles.

      O grupo de PCs já conquistou a lealdade dele também, e pode ser que no futuro aconteça um conflito de interesses entre o grupo s a agenda dos Drow, aí nesse dia ninguém sabe como Wren agirá….

  5. Onor disse:

    Canhão de Vidro? Glass cannon? Hein?

    Muito bom esse post!

  6. Farkas disse:

    Você possui um modelo digital editável da ficha do Wren?

    Estou procurando uma ficha de D&D e achei bem boa a sua.

    Obrigado

  7. Tekilla disse:

    Muito bom post, build e background.
    Vou utilizá-lo em minha campanha (talvez numa versão elite).

  8. Filipi disse:

    Gostei da série!

  9. Bugos disse:

    So uma duvida, pq a adaga faz 1d6 de dano ao inves do 1d4?

    Na ficha esta descrito que ela eh (L) large, mas nao achei nenhum referencia dizendo que o PC pode usar armas de outros tamanhos.

  10. Bugos disse:

    ah, ja me encontrei. Desculpa o double post

  11. Derfell disse:

    Tem um desenho antigo chamado Record of Lodoss War on tinha um Wren. Se bem que o rogue chamava Woodchuck.

    Tem um outro Wren em Fantasy Star 2. Mas também não era o rogue.

    • DanielSetita disse:

      QUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAASE!!!!!

      O Wren que eu pensei foi do Phantasy Star 3! Um andróide, não um rogue, mas o nome eu gostei entçao resolvi usar!

  12. Vizir disse:

    Quero matar logo o tal Karus Shadamash, por favor postem logo a ficha dele 🙂

    • Davi Salles disse:

      Acho melhor o anand fazer a ficha de monstro dele então, se não ele vai ter um poder assim
      Olhar intimidador: Karus olha para o jogador e ele faz xixi nas calças, fica stunned até o xixi secar.
      Discurso da vitória: Karus faz um discurso e ganha o jogo, todo o resto da mesa (jogadores e DM) perdem. (at-will)

  13. Dryden_Faasa disse:

    Série Genial

    hj em dia, quanto + npcs tivermos, melhor XD

    Certamente algum pode vir À tranqüilizar a semana dos Mestres sendo menus uma ficha À ser criada

    atc,

  14. PedroSerrano disse:

    AEEEE!
    Wren: o bugbear obediente (aka. o pet do grupo).
    Quem precisa de familiar quando se tem um bugbearzinho camarada?

Os comentários estão encerrados.