Draconomicon: Dragões Metálicos

CoverOlá Jogadores e DMs,

Estou aqui no aeroporto esperando horrores para voltar pra casa, e aproveito para escrever essa resenha do único livro de D&D que comprei aqui nos EUA: 0 Draconomicon: Metallic Dragons. Lançado quase um ano depois do primeiro, vocês podem conferir a resenha do original. E já vou adiantando, o segundo veio muito melhor.

Os autores são Richard Baker (o cara de Eberron), Ari Marmell (o Mouseferatu da Enworld), David Noonan e Robert J. Schwalb, e o preço sugerido é quarenta dólares. O livro segue o padrão dos livros do D&D 4a edição, com capa dura e envernizada.Tem 224 páginas (umas trinta a menos que o anterior), e se divide nos capítulos a seguir: Conhecimento sobre os Dragões [Dragon Lore], Guia do Mestre para Dragões [DM’s Guide to Dragons], Lares de Dragões [Dragon Lairs] e Novos Monstros [New Monsters].

O primeiro capítulo explica mais sobre a origem dos dragões e sua sociedade, e foca nos aspectos mais específicos dos dragões metálicos, que serão detalhados ao longo do livro. Os dragões metálicos considerados são os de: Aço, Adamantite, Bronze, Cobalto, Cobre, Ferro, Latão [Brass], Mercúrio, Mithral, Orium, Ouro e Prata. Ou seja, temos algumas novidades aqui além dos clássicos.

O segundo capítulo é mesmo uma caixa de idéias. Várias sugestões de como criar campanhas e aventuras relacionados aos dragões metálicos. O interessante é que, em muitas das vezes, você não irá combater diretamente o dragão, ao contrário dos cromáticos, afinal os dragões metálicos são, em sua maioria, bondosos. Mas isso não impede do grupo ter objetivos conflitantes com os lagartões, e muita história bacana pode surgir daí. Também temos várias organizações dracônicas e dois novos artefatos. Eu gostei bastante do Sangue de Io!

Dragão de CobreO terceiro capítulo é o maior, e segue o formato de encontros sugeridos do livro anterior. Não chega a ser uma Delve, mas se aproxima, e vai ajudar os DMs mais atarefados a conseguir prover uma excelente aventura aos seus jogadores numa emergência. Os encontros também saem da mesmice de sair batendo em todo mundo, e várias vezes explora skill challenges sociais, charadas e desafios.

Por fim, o maior crunch fica para o final. Estatísticas completas para todos os dragões novos, em todas as faixas de idades, além das fichas dos Wyrmlings de todos os dragões metálicos, incluindo os que já tinham aparecido no Monster Manual 2.  Além disso, nesse capítulo temos novos monstros com temática draconiana, como novos tipos de Kobolds (alguns bem pauleira), Couatl e meus favoritos, os draconianos de dragonlance. Bozaks, Kapaks, com toda sua história e poderes estão lá prontinho para serem usados na próxima sessão. O capítulo encerra com fichas e histórias de Dragões Metálicos icônicos, como Silvara, de Dragonlance, e as estatística de Bahamut em pessoa. Ele conjura um dragão dourado por rodada, então a coisa é pra lá de épica.

Contras

  • É mais do mesmo. Se você já tem dragões o suficiente, não vai precisar desse livro.
  • Dragões metálicos são muito mais sociais, e você não precisa de estatísticas para isso.
  • Se você não gosta de encontros prontos, metade do livro é inútil pra você.
  • Menos páginas, mas mesmo preço do primeiro Draconomicon da 4e.

Prós

  • Muito mais informações sobre a história e comportamento dos dragões.
  • Os dragões novos ficaram massa. Curti muito o de Cobalto, mas achei o de Orium meio bizarro, ainda que legal.
  • Tem regras para você reaproveitar muito dos dragões. Se dragões é sua praia, esse livro é obrigatório!
  • Draconianos. Se você é fã de Dragonlance, já vale a pena, são cinco páginas só sobre eles, mais a Silvara.

Se quiser comprar na Amazon, ajude a gente e use esse link: Draconomicon 2: Metallic Dragons: A 4th Edition D&D Supplement. Recomendo também a leitura dessa mini resenha do Points of Light para conhecer melhor os dragões novos.

Alguém aqui já viu esse livro? O que achou? Comentem! E rolem 20!

Sobre Daniel Anand

Daniel Anand, engenheiro, pai de gêmeas e velho da Internet. Seu primeiro de RPG foi o GURPS Módulo Básico, 3a edição, 1994. De lá para cá, jogou e mestrou um pouco de tudo, incluindo AD&D, Star Wars d6, Call of Chuthulu, Vampire, GURPS, Werewolf, DC Comics (MEGS), D&D 3-4-5e, d20 Modern, Star Wars d20, Marvel Superheroes, Dragonlance SAGA, Startrek, Alternity, Dread, Ars Magica e atualmente mestro 13th Age. @dsaraujo no twitter
Esta entrada foi publicada em Resenha e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

9 respostas a Draconomicon: Dragões Metálicos

  1. Pingback: Tweets that mention Draconomicon: Dragões Metálicos | Rolando 20 - DnD 4ª edição -- Topsy.com

  2. DM Rafael disse:

    Ta ai um livro que tô doido pra comprar. Se janeiro terminar e sobrar um troco, certamente dou um clique ai no Rolando 20.

    Mas realmente um grande atrativo é o material pra Dragonlance. Acho que com esse livro já fica mais fácil voltar ao meu antigo jogo de DL.

    Agora diz ai Anand: com esses dragões novos, rola algum draconiano novo também? Haha, seria fantástico soltar um Adamantak num jogo só deixar o pessoal doido 😉

  3. monipadial disse:

    Meeeeeeeedo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Quero só ver como vai ficar a campanha dos escamas purpuras/negras quando a retomarmos com um mestre empolgado com seu livro novo sobre dragõeso.0

  4. Guilherme "Göltork" disse:

    Acho que tu confundiu o autor de Eberron Keith Baker com o Richard Baker.

  5. DanielSetita disse:

    Quero jogaaaaar!

    Anand volta logo pra Sampa! O coitado do Wren tá enferrujando já!

  6. Só a parte que fala de kobolds mais vitaminados já me chamou a atenção!

  7. SharpWalker disse:

    Hum… Será que vai baixar o preço? Na Amazon tá uns 27 obama$, mas os demais suplementos estão na faixa dos $20…

    Ainda não tive a oportunidade de usar dragões nas minhas campanhas, mas é reconfortante saber que tem bastante material para quando a hora chegar!

  8. Pingback: Notícias da Semana: 13/12/09 – 18/12/09 « DRAGÕES DOS REINOS

  9. Pingback: Retrospectiva 2009 | Rolando 20 - DnD 4ª edição

Os comentários estão encerrados.