Podcast Rolando 20 – Episódio 102 – Companheiros

Companheiros, sidekicks, familiares, hirelings, henchmen, aliados, minions. Essa semana  falaremos sobre esse grupo  de NPCs que ajudam os jogadores em suas aventuras!

Gravando junto com Gustavo Sembiano, tentamos ver quais os prós e os contras de cada um desses ajudantes. E também nossas sessões de Use Esse e Recomendações Críticas!

Esse episódio foi gravado ao vivo no nosso canal do YouTubeparticipe! Por conta do fuso com a Califórnia, agora gravamos as 10:30pm, todas as sextas feiras. Avisamos também no nosso twitter, o @rolando20.

E se você gosta de Dungeons & Dragons e RPG em geral, não deixe de compartilhar o Rolando 20 no Facebook ! Vocês podem nos ajudar comprando Dungeons and Dragons na Amazon, PDFs na Dungeon Master Guild ou ajudar diretamente e ser nosso patrono!

Voltamos em duas semanas com mais um episódio! Assine nosso feed, também estamos no iTunes e na Play Store.

E deixe aí embaixo as suas dicas para iniciar campanhas!

Sobre Daniel Anand

Daniel Anand, engenheiro, pai de gêmeas e velho da Internet. Seu primeiro de RPG foi o GURPS Módulo Básico, 3a edição, 1994. De lá para cá, jogou e mestrou um pouco de tudo, incluindo AD&D, Star Wars d6, Call of Chuthulu, Vampire, GURPS, Werewolf, DC Comics (MEGS), D&D 3-4-5e, d20 Modern, Star Wars d20, Marvel Superheroes, Dragonlance SAGA, Startrek, Alternity, Dread, Ars Magica e atualmente mestro 13th Age. @dsaraujo no twitter

Esta entrada foi publicada em Podcast e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

4 respostas a Podcast Rolando 20 – Episódio 102 – Companheiros

  1. Tarcisio Lucas Hernandes Pereira disse:

    Olá, Daniel!
    Gostei muito desse tema. Ao contrário de você, eu sou totalmente indie-narrativista!kkkkk
    (se bem que estou com uma campanha de D&D 1° Edição que está sensacional).
    E nessa pegada mais indie narrativista tenho jogado um RPG italiano chamado “BIVIUS Tunnels and Dragons” (está ainda na versão beta)que trata os sidekicks de uma forma muito diferente e interessante. Quando você vai montar seu personagem, os atributos são definidos escolhendo-se entre 2 opções. No fim, todas as opções que foram descartadas formam automaticamente o seu sidekick!
    Ou ainda você tem a opção de escolher o seu sidekick formado dessa forma como sendo seu personagem oficial, e dessa forma o seu “personagem” primeiro vira automaticamente o seu nemesis na aventura!
    Achei essa abordagem sensacional.

  2. Companheiros são ótimos, só tem que tomar cuidado pro seu “grupinho de aventuras” não se tornar um exército difícil de administrar (e desafiar), ao mestrar.

    Companheiros podem ser a peça chave para uma aventura específica, ter acesso a uma magia/perícia/conhecimento que o grupo não tem. Companheiros podem completar um time pequeno, ou até mesmo ser enviado em pequenas missões e demandas enquanto os aventureiros vão para a missão principal.

    O grande paradigma dos companheiros é o poder deles e seu impacto no time. Vide druidas e patrulheiros, onde os jogadores querem que seus ‘pokemons’ sejam mais poderosos até que eles. 😛

    E rolem 20!!!

Os comentários estão encerrados.