Podcast Rolando 20 – Episódio 26 – Criando Monstros

Episodio-26Olá Jogadores e DMs!!

Ainda não chegaram nossos livros de Eberron, então tivemos que improvisar! Para quem não sabe, eu, Daniel Salles, e meu brother Davi Salles, estivemos na última RPGCon realizando uma oficina sobre criação de monstros para D&D 4a. edição. Inclusive deixamos o material para download no D3System. Mas muito dos nossos ouvintes não puderam comparecer ao evento, e resolvemos então transformar a oficina num podcast. Pegue então o material do link, papel, lápis e borracha e vamos criar criaturas novas para o D&D 4a edição!

Vai ajudar na criação de seus encontros e monstros as informações do nosso último podcast, e também do NitroCast 4 – Dicas para Mestrar Cenas de Ação Emocionantes! Ah, e quem ainda não participou, esse é o último mês da podpesquisa, colabore!  Lembro também que faremos um podcast com as dúvidas sobre o D&D 4a edição, se você tem alguma, mande por e-mail.

Se vocês quiserem (e puderem) ajudar a manter o podcast, faça sua próxima compra de Dungeons & Dragons na Amazon, é só clicar antes aqui!

E rolem muitos 20 com seus monstros!

Sobre Daniel Anand

Daniel Anand, engenheiro, pai de gêmeas e velho da Internet. Seu primeiro de RPG foi o GURPS Módulo Básico, 3a edição, 1994. De lá para cá, jogou e mestrou um pouco de tudo, incluindo AD&D, Star Wars d6, Call of Chuthulu, Vampire, GURPS, Werewolf, DC Comics (MEGS), D&D 3-4-5e, d20 Modern, Star Wars d20, Marvel Superheroes, Dragonlance SAGA, Startrek, Alternity, Dread, Ars Magica e atualmente mestro 13th Age. @dsaraujo no twitter

Esta entrada foi publicada em Podcast e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

21 respostas a Podcast Rolando 20 – Episódio 26 – Criando Monstros

  1. Tsu disse:

    opa, teremos a palestra no podcast? Legal, pq eu não consegui assistir no rpgcon

  2. Tchelo disse:

    Fala Anand. Acabei de ouvir seu podcast no carro agora pouco e achei muito bacana. Parabéns pelo trabalho…gosto da abordagem didática. A dica mais útil na criação de monstros ao meu ver, é copiar a parte "chata" de um monstro parecido que já exista e focar somente em criar os poderes. Por exemplo, quero inventar um monstro amórfico com vários tentáculos que transmite uma doença que deforma seus inimigos…procuro um aberration similar no level apropriado, dou leves ajustes nos atributos ou defesas e capricho nos poderes novos do meu montrengo.
    abs!

  3. DM Rafael disse:

    Ainda não ouvi (tô guardando pra volta pra casa), então não dá pra comentar especificamente o episódio.
    Mas ai irmãos Rolando 20, vocês já viram que a Wizards está procurando novos escritores colaboradores para a Dragon e a Dungeon Magazine? Adoraria ver vocês pintando lá na nave mãe!

  4. Riketz disse:

    pode crer Rafael..
    tá certo que tem um monte de regras pra seguir e talz.. e claros eles devem aprovar o conteúdo..
    eles tão pagando U$ 0,6 por palavra (máximo de 5000 palavras)..

    o podcast tá bem legal.. bem didático..
    o melhor mesmo é ouvi-lo acompanhando os slides do arquivo em pdf..

    tem horas no podcast que o Davi parece meio com sono ou bebado, sei lá..
    "ou pra mim, davi arroba rolando vinte ponto conto berrérre" hahahaha..
    mals aew.. to zuando… hauhauha.. mas achei engraçado..

    uma sugestão de podcast seria uma ajuda aos jogadores de "como interpretar os poderes"..
    apesar de existir a descrição dos poderes, existem alguns poderes que é meio dificil de entender..
    não apenas da divisão de Sem Limite, Encontro e Diário, mas dando uma enfatizada no fluff dos poderes.. principalmente dos marciais..

    pode parecer meio sem graça, ou até mesmo óbvio como interpretar a maioria dos poderes, mas tem muitos jogadores que não interpreta, talvez não apenas porque não querem , mas talvez porque não saibam como que o poder visualmente funciona para explicar sua ação..

    jogando num encontro dos arautos, percebi que muitos jogadores simplismente escolhiam os poderes para usar no turno, mas não havia interpretação.. tava muito mais parecido com boardgame misturado com Yu-Gi-Oh! ainda mais utilizando os power-cards ficava ainda mais parecido com Yu-Gi-Oh! (que seria mais interpretativo do que o D&D dos meta-gamers)..

  5. Rom_Machado disse:

    Ficou ótimo o podcast. Da pra ter uma ideia de como vocês ofereceram uma boa opção de palestra àqueles que foram ao RPGCon.
    Eu já tinha conferido o material no D3 System, e ajudou bastante, pois tenho certa dificuldade em criar monstros.
    Acho que um "monstro" que foi muito mal explorado nos livros foi os humanos (principalmente os de nivel baixo). Falta aqueles inimigos saco de pancada que na 3.5 eram bem mais faceis fazer.

    Talvez seja até um bom tema para um post. Antagonistas humanos (ou de raças jogaveis) de nivel baixo.

  6. Zaknafein disse:

    Saudações.
    Esse episódio foi curioso, pois eu tinha algumas duvidas quanto a criação (ou mais precisamente a alteração de monstros que ja tem prontos para se adaptar melhor no encontro).
    Acho que a coisa mais "acertada" nesse episodio foi o comentário do Anand sobre a quantidade de poderes da criatura, não adianta o mestre colocar uma "cabeçada" de poderes pro bicho se ele não vai ter tempo de usar tudo durante um confronto, o ideal mesmo e 3 ou 4 poderes no maximo ( a não ser que ele seja um solo, ai acho que uns 5 poderes são o suficiente)

    Bom trabalho pessoal, heheheh a e ja ia esquecendo, continuo aqui meu movimento Episodio especial sobre Desenvolvimento de Campanhas (com comentarios sobre melhores campanhas jogadas, mestradas e desenvolvidas) com Anand, Davi, Marcelo Dior e o Tio Nitro, vamos lá pessoal quem sabe se mais gente pedir os irmãos D20 não organizam essa parada rsrsrs.

    Ai to esperando mais reportes de campanhas (Tribos de Xendrik, Escamas Púrpuras go go go…!!!)
    Bom trabalho pessoal, um podcast de primeira…

  7. Jonesvg disse:

    Opa e ai galera, muito bom cast, conheci o rolando 20 semana passada e já ouvi muitos dos episodios, bom quanto ao cast de hoje eu como mestre de D&D 3.5 gostava de construir criaturinhas, duas delas foram bastante usadas em uma aventura, eu tinha conseguido se não me engano o Savage Species da 3.0 e nele vinha o template Tauran creature que seria a de criaturas centauricas então com este template criei duas experiencias de um mago maluco transmutador que foram o ogres Ankegh, tronco de ogre e a parte de baixo de um ankheg, coisa bem feia, e depois um ser de outro plano que era unico no cenario e foi derrotado a muito custo pelos players que foi o minotauro pesadelo, tronco de minotauro e parte de baixo de um pesadelo, com o spoderes e habilidades das duas criaturas, muito interessante.

  8. jonesvg disse:

    Quando parei de mestrar há uns dois anos em uma campanha que fez o pessoal percorrer muitos lugares criei alguns desafios interessantes, tipo um líder Kobold Ranger que a frente de seu trono tinha duas bastardas, não preciso dizer que os players riram da minha cara dizendo que kobolds não teriam como usar uma bastarda e tal, o problema deles foi especificamente os dois sorcerers que estavam as voltas de seu lider, enquanto os players lutavam contra as minions de kobolds os sorceres lançaram expandir e força do bufalo em seu lider que cresceu e agarrou as bastardas lutando explendorasamente contra os players, muito bom o combate.

    Acho que era isso, abraços pessoal e até a proxima.

  9. Emilson disse:

    Poxa, naum ta dando pra fazer o download do arquivo. É assim mesmo, naum da pra baixar?

    Valeu.

  10. VitorLevc disse:

    Muito bom o Podcast!!!
    Talvez eu mande a Slicer do Far Realm pra vcs ai!!! ( foi a primeira criatura que eu criei para AD&D e RPG, agora remodelada pra D&D 4th)

  11. Koji disse:

    Desculpe a intromissão, gostaria de pedir a participação neste pequeno questionário que tem como objetivo traçar o perfil de jogadores RPG. A idéia é criar um produto voltado para jogadores.
    A participação é anônima e demora menos de 15 minutos.
    http://bit.ly/pesquisarpg

  12. Puppet disse:

    Muito bom o podcast!! Para variar xD~

    Abordar os monstros de forma didática e principalmente ressaltando que bom senso e coesão são aspectos muito importante para a construção do monstro.

    Só tenho uma crítica eu acho o volume da gravação um pouco baixa, Seria só eu ? Essa última eu até usei o mp3gain para ajustar o volume.

    • DM Rafael disse:

      Se ouço no trabalho é tranquilo, porque posso aumentar bastante o volume. Mas na rua, com o meu mp4 ou no celular, no volume mais alto fica normal. Se ouver um pouco mais de ruido no ambiente (transito, pessoas falando alfo, etc) fica impossível ouvir.

      Acho que aumentar um pouco mais o som ajudaria bastante!

  13. Kendji disse:

    Parabêns pelo trabalho, e como ja disseram ai em cima, muito bom as explicacoes, bem didaticas!
    []s

  14. @delibriand disse:

    Muito bacana o podcast. Para os monstros mais simples, sempre existe a boa e velha saída de pegar um monstro que já existe e simplesmente mudar a aparência.
    Eu já fiz isso na 3.5, e sempre foi efetivo. Os jogadores nem desconfiam do que estão enfrentando – e o trabalho é zero 😀

    De qualquer forma, uma boa dica é esse site: http://www.asmor.com/scripts/4eMonsterMathCrunche

    Ele gera os números para os monstros com base nas variáveis que você definir. Muito prático!

  15. Pingback: Iniciativa 4e: Elfos das Sombras | d3system

  16. Pingback: TeiaCast » Resumão Atrasado – Parte Final

  17. Geovane disse:

    fala ae rapazeada tranquilão? pow sou fã do podcast rolando20.Sou mestre de D&D há 10 anos,eu e meu grupo estamos jogando o 4 edição, e temos ainda aquelas pequenas duvidas! gostariamos que vcs abordassem a regra de movimentação,como nova materia para o podcast! um abração e fiquem com Deus!

Os comentários estão encerrados.