Fantasy Grounds

Quem está interessado em comprar o D&D insider para jogar D&D 4e naquele programinha soberbo que eles mostraram várias fotos e previews lindos deveria dar uma olhada na concorrência.

Fantasy Grounds é um programa que emula uma mesa de jogo de RPG: você tem o chat box, os dados, o tabuleiro e, claro, sua ficha. Você pode até dizer: “Mas espere aí! Tem milhões de programas que fazem isso na Internet, porque vou pagar 86 reais (preço de uma versão de DM, sem desconto, já uma versão do mestre mais quatro de jogadores dá um total de 215 reais) para jogar esse?”. As razões são várias.

Eu mestrando minha aventura Gangues de Overlook.

Por que Fantasy Grounds rocks?

Os dados mais lindos do mundo! Sim, Fantasy Grounds tem dados 3D que são maravilhosos, eles seguem perfeitamente a lei da física (você pode até dar um roubadinha se manipular cuidadosamente o d6, mas dá para o mestre ver) e são maravilhosos de rolar pelo tabuleiro. Eles são tão bons que a Wizards of the Coast fez um copy paste dos dados e colocou numa foto do “preview” do D&DI, mas a Smite Works, que produz o FG já bateu um papo carinhoso com a Wizards e seus advogados Elite Brutes. Para os dados ficarem igual a um real só falta o barulhinho deles rolando.

Prático para o mestre! Fantasy Grounds tem muitas coisas legais para simplificar a vida do mestre, entre elas estão, textos de descrição com drag and drop, ou seja, você escreve todas as coisas que irá “falar ” para os jogadores e simplesmente faz um drag and drop no chat box depois.

Um excelente Combat Track, que guarda a iniciativa, os efeitos com duração, os pontos de vida, as defesas e outros. Você escolhe o que quer ver no combate track, podendo ter uma visão mais “limpa” ou mais detalhada. As informações das defesas dos oponentes aparecem automaticamente quando alguém seleciona aquela criatura, por exemplo.

Quadriculado funcional, o programa pega qualquer imagem e faz um grid para o mestre, mas não é só simplesmente fazer vários quadrados na imagem, o programa pode depois calcular o número de quadrados, fazer efeitos de área, seja cone, quadrado, círculo ou linhas. (claro que na 4e você só vai usar quadrado e linha, para ver cover).

FIcha de monstros mega práticas, o programa é inteligente, quando você faz a ficha do seu monstro e coloca +4 vs AC; 1d12 +3 damage. Ele já entende qua a primeira parte é um ataque então é possível clicar no “+4 vs AC” para rolar um d20+4, que vai aparecer no chat como [Monstro] -> [nome do ataque] vs. AC [resultado total] (símbolo de um d20 com o valor tirado no dado mostrando e +4).

Os mesmo é verdadeiro para as fichas dos personagens, é muito prático. No ruleset (ver abaixo) da 4e então nunca foi tão fácil passar de nível. Para passar do 3 para o 4 por exemplo é só colocar nível 4 no lugar do nível e todos os +1 que deveriam ficar +2 ficam automaticamente, mas para o 4º nível, tem que aumentar o atributo também. É só colocar o novo valor no atributo e todos seus ataques que devem ser melhorados são melhorados automaticamente! É tão fácil que fica até triste, não dá o gostinho de aumentar cada rank de skill como antes.

O jogo pode ser usado com vários rulesets, que explicam a mecânica para o Fantasy Grounds. Ele já vem com o ruleset OGL da 3ª edição do D&D, mas existem rulesets para a 4e, para GURPS, Savage Worlds e muitos outros.

O programa também tem um chat muito bom, que permite não só escrever, mas dar diferentes formas de expressar a escrita. O jogador tem quatro opções de formatos que aparecerão no chat que são: Out of Character (aparece na cor verde com o nome do jogador), Emote ou Action (que seria uma descrição de alguma ação do personagem) e a opção padrão do chat, que é a fala do personagem. O mestre tem a opção Story, onde sua fala aparece em negrito, para suas descrições (além de poder criar rapidamente NPCs, para no lugar de aparacer GM no chat, aparecer Duque, Rei, Goblin, etc.

Além dessas opções os personagens também pode colocar outros tipos de flavours no chat, como o comando /mood, quando estiver gritando por exemplo é interessante usar essa opção, pois aparece antes da sua fala entre parênteses gritando ou o que quiser colocar

E por último (das coisas que lembrei) o programa tem quatro opções de “iluminação”: o mestre pode fazer com que o tabuleiro e tudo mais fica no estilo dia, noite, fogueira e floresta. Com isso dando um ambiente muito mais envolvente para seus jogadores, deveria poder ter música ambiente também, que o mestre faz um upload no computador dos outros antes, mas fica para um próxima versão do programa.

Por que Fantasy Grounds Sucks?

O preço para nós brasileiros é relativamente salgado, apesar de achar que vale cada centavo, ele é caro de qualquer forma. Um amigo que comprou para jogar na minha campanha de Scales of War comprou sozinho (se comprar em grupo fica muito mais barato, tem descontos progressivos) o software na versão de jogador (também conhecida com Lite, onde não é possível mestrar) e pagou por volta de 50 reais, que foi o mesmo tanto que eu paguei quando comprei minha versão do mestre, quando o dólar estava mais amigável e compramos em grupo. Claro que se você levar em conta que não vai precisar gastar com dados nem miniatura e tabuleiro o custo em relação ao tradicional nem é tão alto.

Não existem rulesets para todos RPGs, embora ele seja extensível com LUA e XML. Mas se você não sabe programar nada, como eu, fica dependente de outros, que muitas vezes tem gosto completamente diferentes, e talvez você não consiga jogar seu RPG favorito.

Também é importante agradecer a todos aqueles que estiveram ativamente criando, criticando ou testando o ruleset da 4e que está continuamente sendo melhorado por todos que estão no grupo do D&D 4th Edition FG Development da Four Ugly Monsters.

E vocês? Conhecem algum programa melhor? Mais barato? Acreditam que o D&DI vá desbancar o FG? Ou que o FG seja alguma ameaça para o futuro D&DI?

É isso ai pessoal, rolem 20, mesmo que esse vinte seja digital!

Sobre Davi Salles

Irmão do Daniel, o Davi começou a jogar mais ou menos na mesma época, mas demorou um pouco mais para jogar junto. Irmão caçula, sabe como é. Ele gosta bastante de Senhor dos Anéis, e suas aventuras sempre tem um toque Sheakspereano. Curte the One Ring, Vampire: the Requiem e outros RPGs mais interpretativos, mas também joga e mestra mesmo o velho e bom D&D.

Esta entrada foi publicada em Personagem, Post, Resenha e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

25 respostas a Fantasy Grounds

  1. Interesting that you should talk about Fantasy Grounds as I’m about to start posting about using it with some bloggers friends to have an online D&D 4e game with it.

  2. manso disse:

    LFG Fantasy Grounds D&D 4th 😀

  3. Fabiano disse:

    Eu já joguei usando o Fantasy Grounds. É bastante funcional, mas nem se compara a uma mesa de jogo de verdade.

  4. Fantasy Grounds II é uma maravilha. Estamos jogando uma campanha por lá e nem saiu caro comprar as licenças em grupo, antes da crise.

    Fora que é pagar uma vez só e ser feliz. Por isso acho que o D&DI nem vai concorrer com ele. Pagar todo mês sendo que só se consegue reunir um grupo a cada.. 15 dias? Uma vez por mês?

    Outra coisa é que o FGII tem uma usabilidade muito boa. Pouca frescura e muita usabilidade é o lema deles. Principalmente para o mestre.

  5. Thiago "Kaishakunin" disse:

    Eu tenho o FG e acho-o fabuloso: as ferramentas, o design. No entanto, nunca pude testá-lo. Sério. Ele só serve, por enquanto, como porta-arquivos das minhas antigas campanhas (mapas, PdM’s, ítens, etc.)

  6. Nibelung disse:

    Usar o DDI só pra jogar online é furada. As revistas são boas, e são o principal atrativo do DDI. As ferramentas são só um plus a mais.

    No mais, FG2 na cabeça agora e sempre.

  7. Ellendill disse:

    Na minha opnião quando o DDI estiver com suas funcionalidades 100% completas vai desbancar qualquer um…

    Só o fato de ser um tabletop oficial, estará sempre um passo a frente de concorrência e fundir os conteudos das dragon e dungeons magazines a um gerador fichas online, nossa, acho q todos os players vão adorar…

    Acho que a dependência de rulesets que atualizem o conteudo da 4 edição aos poucos matará o FG

    Só que o problema que tudo isso é teoria, se a WotC demorar 10 anos para fazer esses lançamentos ferro…

    Por hora FG2 rulez, porem não compraria…

  8. Robson Santos disse:

    Fiquei na duvida o FGII é online ou um software que faço a instalação e utilizo no pc offline?

  9. Davi Salles disse:

    Você pode utilizar offline Robson, mas obviamente para jogar cada um precisa de um PC conectado ao seu. Claro que com um notebook do lado com o FG instalado tb é uma boa ajuda.

  10. David disse:

    Cara, acabei de adquirir o FG II mas assim, ta meio complicado pois consegui um ruleset mas ele não quer funcionar. Onde encontro um tutorial em português de como usar 100% do FG II? E onde consigo mais rulesets, pois o que tenho muda apenas os skins par o cenário que vai se jogar – Sou leigo nesse trem aí, mas tem muitos amigos fora da minha cidade que querem jogar online e vamos começar a jogar pelo FG II.

    Abraços!

    Último post de David: Sessão de jogo!

  11. Pingback: Restrospectiva 2008 | Rolando 20

  12. Lucas Massa disse:

    Fala pessoal!!! Achei o post do FG2 aqui.
    Bom, para a galera que já conhece a ferramenta e gostaria de ter um ruleset em português para a 4a Edição, eu fiz uma adaptação e tradução do ruleset do pessoal do Four Ugly Monsters.
    Se alguém se interessar, entre em contato.
    Aliás, outra coisa: alguém criou algum arquivo PARSE com as informações da 4a Edição? Eu criei uns de testes com a tradução de algumas regras que meus jogadores ficaram em dúvida e ficou legal, se alguém quiser também, é só falar.
    E quanto aos módulos, também já estou trabalhando neles: já fiz a adaptação da aventura Keep on the Shadowfell (traduzida – por mim; e adaptada para Forgotten Realms).
    É isso aí, gostaria de trocar informações com mais exploradores do mundo obscuro do FG2!!!

    • Daniel Anand disse:

      Nós criamos alguns módulos para o FG2, com monstros, etc, mas esses arquivos não podem ser distribuídos, por questões de direito autoral. Tem algumas comunidades de FG no Orkut também, que podem ser úteis pra trocar uma idéia.

  13. Maxdahaka disse:

    Existe um programa, parecido, nao tao moderno e sofisticado, o Map Tolls, que eh encontrado no site da rptolls, tem o mesmo sistema de tokens, e mapa, so a interface de dados que perde, porem eh gratuito e extremamente funcional. Possui sistema de macros e ficha nas tokens o que acelera o jogo infinitamente, com um clicar seu npc fala o que tinha que falar ou da um ataque uivando para seus inimigos. Possui um sistema de fog of war descomunal e um sistema de luz tbm, onde cada token so consegue enxergar seu maximo de visao, coisa que eh quase impossivel controlar numa mesa, o que acaba privilegiando raças com visao noturna. O foda eh que eh foda começar a usar e enterder tudo, mas tem uns videos tutorial em ingles pro povo aprender a usar.
    O que mais intriga eh que eh gratuito. e tem vairios acessorios que ajuda como token tolls que cria suas tokens com um clique bem facil, e vc pode pegar os mapas das revistas ou sites e adaptalas a sua aventra perfeitamente com o sistema de grid do programa, ou seja, fica over. Eu narrei keep of shadow fell nele, pega aquelas duns gigantes adaptei pro map tolls, instalei a fog of war, os bloqueadores de visao, coloquei os monstros e os jogadores piraram na realidade que o programa da.
    site: http://rptools.net/

  14. Marcelo disse:

    Comprei o FGII mas ainda não consegui testá-lo. Parece ser muito bacana. Os dados são realmente muito bonitos. Vocês indicam algum forum ou qualquer lugar onde possa encontrar grupos para jogar o FG? Valeu…

    • Marco Antonio disse:

      Não sei se vc ja encontrou algum grupo, mas to disponível e muito afim de jogar pelo FGII, posso narrar, Narro D&D há muito tempo, mas se ja tiverem narrador e couber mais um jogador, eu gostaria….
      Marco Antonio – Ouro Preto – MG
      e-mail: coelhexop@yahoo.com.br

  15. Marcelo disse:

    Comprei o FGII mas ainda não consegui testá-lo. Parece ser muito bacana. Os dados são realmente muito bonitos. Vocês indicam algum forum ou qualquer lugar onde possa encontrar grupos para jogar o FG (português)? Valeu…

    • Peterson disse:

      Putz, cara, tô pensando em comprar o FG II para jogar… Cê tem um grupo ou ainda está a fim?
      Abraço!

  16. DM Rafael disse:

    Segunda meu grupo teve uma experiência ainda inédita conosco: fizemos uma sessão com um dos participantes em video conferência via skype. Foi muito legal! O cara ta morando no Canadá, então colocamos um laptop com web cam, posicionamos um bom microfone no centro da mesa e colocamos caixas de som boas para o aúdio dele. Foi quase como se ele estivesse lá!

    Teria sido ainda melhor se tivessemos o Fantasy Grounds para ele "rolar" os dados ao invés de usar aquele rolador que tem no site da Wizards que ele adicionou ao seu IPhone (que tinha rolagens muito suspeitas, diga-se de passagem :p).

  17. Rks disse:

    Oi, qria sabe se alguem ta precisando de mais um jogador, so um poco novato.Valeu

  18. yuri disse:

    Quero jogar! ninguem ai tem interesse?

  19. Tony disse:

    Alguem sabe como aumentar o mapa no fantasy ground?

    Vejam bem, eu consigo ampliar, mas o que eu quero é aumentar mesmo o quadro onde o mapa é exibido, alguem sabe como faz isso no FGII?

    • Davi disse:

      Aperta o ctrl e clica segurando com o mouse no canto inferior direito, a janela vai ajustar para onde arrastar o ponteiro.

Os comentários estão encerrados.