9
dez

Ícones #2 – O Defensor

 Escrito por: Daniel Anand em Post

Seguindo a série de ícones para os papeis dos heróis na quarta edição (semana passada falamos dos Líderes), hoje falaremos dos Defensores.

Boromir

Pra mim, o mais icônico dos defenders. Escudo, várias armas, e está na Fellowship para proteger os demais. Tem um histórico militar, foi treinado para o combate, tem suas motivações particulares, e ainda assim ajuda o grupo. Quem não lembra de sua luta derradeira contra centenas de Orcs, segurando-os para que os hobbits pudessem fugir? 100% Defensor!

Além disso, ele tem o espírito da batalha. Ele não quer destruir o um Anel, quer usá-lo para mover exércitos contra Sauron. Apesar de já ter liderado tropas de Gondor, ele tem no máximo um feat multi-class de Warlord: o lance dele é ser guerreiro mesmo, não teve dúvidas quando precisou se submeter à liderança de Aragorn. Corajoso, resiliente e robusto, uma inspiração, sem dúvida.

O aspecto de sua rivalidade com o irmão Faramir e seu pai Denethor também são fonte de inspiração para nossos personagens. Se você gostar de personagens trágicos com forte background miliar, o Boromir é a melhor fonte de idéias que você pode usar.

He-Man

Na mesma onda nostálgica do Líder Optimus, o He-Man era um defensor clássico. A constante idéia de proteger seus aliados, somado à capacidade de absorver dano e atrair os oponentes para si. Você não via os capangas do esqueleto batendo na Teela (que era Striker, ao meu ver). Ele era dublado no Brasil pelo Garcia Júnior (que também era o Conan e o McGyver), e era Lawful Good de carteirinha.

Outro ponto que faz o He-Man ser um defensor icônico é que frequentemente ele é visto com um escudo, característica máxima desse papel. Ele também tinha uma montaria, o Gato Guerreiro. Ele, dos três dessa série, é o que mais poderia ser classificado também como líder, mas acho que ele é mais defensor. Se a trupe do He-Man tinha um Warlord, seria o Mentor.

Se você gosta de personagens meio cafonas e com frases chavão, bem ao estilo paladinescos, vale a pena considerar o guerreiro de Greyskull como fonte de inspiração.

Colossus

Dos X-Men, eu acho que é o que melhor fazia o papel do Defender. Defesa alta, sem ataques de longa distância (jogar o Wolverine conta?), sempre preocupado em ser a linha de frente e protegendo a Kitty Pride e os outros X-Men. Ele não tem o aspecto de liderança muito forte, mas ajuda os companheiros taticamente. Ele é quieto, tímido até, honesto e um pouco inocente. Além disso, por sempre perder seus entes queridos, acabou ficando meio cínico. Ele também é um dos mutantes que mais teve namoradas entre os X-Men. Se bem que comparar com o He-Man também não é vantagem nenhuma!

Se você prefere um cara mais na dele, que é difícil de fazer amizades, mas ainda assim destrói os oponentes, considere o gigante metálico como fonte de inspiração.

Referências

E vocês? Quais são os defensores icônicos que vocês conseguem lembrar e usam como inspiração?

Tags: ,

Esse post foi escrito em 9th de dezembro, 2008 às 2:04 pm na categoria Post. Você pode acompanhar os comentários desse post no feed RSS 2.0. Both comments and pings are currently closed.

3 comentários até agora

 1 

Até onde eu me lembre, e eu sempre guardei essa impressão do Boromir, ele amava incondicionalmente seu irmão Faramir e vice-versa.
A rivalidade era imposta pelo pai dos dois, que tinha clara predileção pelo filho mais velho.
É também uma otima inspiração.
Se bem que eu posso estar enganado haja visto que faz anos que li o SdA !

Último post de Rey Ooze: Imagem da Semana – Parte 9

9 de dezembro, 2008 às 4:12 pm
 2 

E todos eles batem bem,

hmmm
O unico defender que eu lembro é o Crusader/Paladin de Ragnarok, Serve?
Ele tem Habilidades pra tomar TODO o dano, Provacar os inimigos para ataca-lo, Alta defesa, e umas habilidades com escudo. Um bom defender!

Último post de Raty: Diário de um Bardo. Episódio I: O Fim da Legião Negra

9 de dezembro, 2008 às 4:20 pm
Davi Salles
 3 

Na nova revistinha dos X-mens, ultimate x-man, o Colossus é gay e só teve um namorado até agora. Mas formam um casal bem interessante.
É legal, porque além de ter que lidar com o fato de ser um mutante, ele ainda precisa lidar com o fato de ser homossexual.

10 de dezembro, 2008 às 11:16 am