#RPGaDay 2017 – Dias 22 a 28

Comecei bem o mês, mas acabei ficando bem atrasado com as perguntas do #RPGaDay. Mas e o Sembiano gravamos um podcast comentando as perguntas, chega aqui na quinta. Seguindo pras perguntas:

Quais os RPGs que são mais fáceis de você mestrar?

Essa pergunta é meio óbvia, porque o RPG mais fácil de mestrar é o RPG que você mais mestra, então pra mim é Dungeons & Dragons. E acho que vai ficando mais fácil de mestrar com o tempo: acho 5e mais fácil que 4e, que acho mais fácil que a 3e.

Qual RPG possui o layout mais impressionante?

Eu tenho muitas expectativas para o Invisible Suns, mas de jogos existentes que eu tenho eu gosto muito dos livros do The One Ring, que impressiona pelas ilustrações e estilo.

Compartilhe uma editora de “Pague o Quanto Quiser” (PWYW) deveria estar cobrando mais.

O único RPG que peguei recentemente sem pagar nada foi o FATE. Só li duas páginas, mas já vale mais que zero. 🙂

Qual é a melhor maneira de agradecer seu Mestre?

Essa pergunta merece um post inteiro e um podcast. A resposta curta: comprometimento. Comprar os livros também ajuda.

Qual RPG disponibiliza os recursos mais úteis?

Essa pergunta tá bem genérica, mas deram uma explicada aqui. Eu gosto muito de sistemas e sub-sistemas que tragam o jogo mais próximo do cenário, como os novos dados de fome do Vampiro 5E, os dados com runas do The One Ring, ou os Hero Points to MEGS. Um dos RPG que mais tinha esses subsistemas que lembro com um excesso de nostalgia é o Rules Cyclopedia do D&D. Até porque, toda classe em nível alto era um sub-sistema por si só.

Quais as ferramentas essenciais para um bom jogo?

O essencial é a maioria dos jogadores e o mestre estarem alinhados em relação ao objetivo do jogo: seja contar uma história específica, experimentar certos encontros ou terminar uma aventura pronta. O resto é secundário, mas algumas coisas vão ser mais importantes que outras: conhecimento das regras, espaço físico/virtual adequado também é fundamental.

Qual filme/série é a maior fonte de citações do seu grupo?

Não lembro de nenhum filme ou série em específico. Tem as fases, né, dependendo do tema. Durante a temporada passada de Game of Thrones, por exemplo, todo o personagem de D&D queria resolver seus problemas com “Trial by Combat!”.

Rolem 20!

Sobre Daniel Anand

Daniel Anand, engenheiro, pai de gêmeas e velho da Internet. Seu primeiro de RPG foi o GURPS Módulo Básico, 3a edição, 1994. De lá para cá, jogou e mestrou um pouco de tudo, incluindo AD&D, Star Wars d6, Call of Chuthulu, Vampire, GURPS, Werewolf, DC Comics (MEGS), D&D 3-4-5e, d20 Modern, Star Wars d20, Marvel Superheroes, Dragonlance SAGA, Startrek, Alternity, Dread, Ars Magica e atualmente mestro 13th Age. @dsaraujo no twitter
Esta entrada foi publicada em Post e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *