Sua raça preferida

RaçasE hoje teremos uma enquete básica, que ainda está faltando: qual sua raça favorita, ou qual você acha mais legal? Estamos falando das raças do Player’s Handbook 4e, mas se a sua preferência estiver no Gnomo ou no Orc, mande bala nos comentários! Eu não tenho como negar: quase sempre joguei D&D de humano, desde o OD&D. Meu personagem de AD&D que mais durou foi um ladrão humano, e nas edições anteriores a coisa não mudou, ainda mais quando ele começou a se equiparar as outras raças na 3ª edição. Apesar disso, estou jogando com um elfo fighter, e achei legal a mecânica e tals, mas não me conecto muito com o background da raça. O Davi se empolgou com o Dragonborn, e explorou bastante o lado role-play da raça, mas ele pode comentar melhor. E vocês? [poll id=’12’] Ah! E Agradeço a todos que votaram no Rolando 20 para o Best Blogs Brazil 2008. Recebemos um número bacana de votos, maior que muitos outros sites famosos. E não é fácil concorrer com um site que também sou fã, o Now Loading. Rolem 20 e bom final de semana!

Sobre Daniel Anand

Daniel Anand, engenheiro, pai de gêmeas e velho da Internet. Seu primeiro de RPG foi o GURPS Módulo Básico, 3a edição, 1994. De lá para cá, jogou e mestrou um pouco de tudo, incluindo AD&D, Star Wars d6, Call of Chuthulu, Vampire, GURPS, Werewolf, DC Comics (MEGS), D&D 3-4-5e, d20 Modern, Star Wars d20, Marvel Superheroes, Dragonlance SAGA, Startrek, Alternity, Dread, Ars Magica e atualmente mestro 13th Age. @dsaraujo no twitter
Esta entrada foi publicada em Enquete e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

20 respostas a Sua raça preferida

  1. Woodstock disse:

    Halfing! Sempre!!!

    É a raça cujo roleplay eu mais me encaixo, especialmente podendo ter um lado cômico, um lado caótico, um lado faminto e um lado falante!!! Divirto-me toda vez que jogo de halfling!

    Último post de Woodstock: Espaço Gourmet dos Reinos V

  2. Tirando um anão aqui e acolá, os humanos são a grande maioria dos meus personagens…
    A versatilidade dos humanos me faz gostar muito deles…

  3. FenrirX disse:

    eladrin! agora a raça que irá dominar xD

  4. Davi Salles disse:

    Essa é uma pergunta complicada, eu adoro fazer personagens de todas as raças, e acho que cada um delas dá um gostinho muito bom para um background maneiro.

    Na minha opnião essa edição faltou um raça mais bárbara, no PHB.

    Meio-elfo para mim é bem interessante para fazer um personagem crybaby como o Tanis

    Anões muitas vezes são usados como personagens cômicos na minha mesa, mas creio que eles são justamente o oposto, anões deviam ser sóbrios e tristes, marcado pelas guerras de clã e de raças no subterrâneo.

    Draconato ou dragonborn, como sempre irei chamar, são bem interessantes, sua sociedade ordeira e suas famílias pequenas fazem com que sua criação seja muito rígida, fazendo deles perfeitos rebeldes ou terríveis zealots.

    Halfling já acho que serve melhor como os engraçadinhos do grupo, mas bem, não só muito chegado neles.

    Elfos e Eladrins são para aqueles personagens ou que falam em profecias ou em charadas, místicos e mais ligados com a natureza ou a magia do que com as coisas típicas de aventureiros, como bebidas, adrenalina e dinheiro.

  5. Humano. Sempre preferi humanos.
    Depois deles, anões e halflings.
    Mas também depende do cenário (em Warcraft, eram humanos, altos elfos e orcs).

  6. Rey Ooze disse:

    Ainda mais na 4E o humano tá chutando bundas GERAL !
    Hail Humans !

    Último post de Rey Ooze: Aventura-Solo – Parte 5: “Um Bardo a menos…”

  7. inominavel disse:

    Humanos !! porque sou uma pessoa muito humana ! 😀

    Último post de inominavel: Final Fantasy Dissidia – PSP

  8. Youkai X disse:

    Os humanos tendem a ser os mais versáteis mecanicamente e agora na 4E praticamente toda raça tem sua hora de brilhar e de combinar bem com certas classes. Mas raça por raça das opções apresentadas eu prefiro os eladrins. eles são mais glamorosos, belos, têm um ar de mistério em volta deles e de sua origem feérica (o que pode permitir no momento certo um roleplay bem interessantee até mesmo sombrio sobre o modo deles agirem)

  9. Denommus disse:

    Por algum motivo, eu gosto dos Draconatos.
    Toda a questão de honra me agrada.

  10. Sarmento disse:

    na minha opinião o humano e o q mais joga

  11. Marcelo Dior disse:

    “Draconato” é mais um chute no saco que a Devir me dá. Já devo estar estéril.

    Último post de Marcelo Dior: Dungeon Crawl

  12. Eu acho legal todas as raças, mas como gosto de ser diferente, coloquei a opção outro. Além das do livro do jogador acho bem legal o kobold, principalmente para ser o engraçado ou odiado ou a surpresa do grupo (principalmente se for um kobold de força 18 e constituição 20, um tanker de 1 metro de altura =D)

    Último post de Jean da Silva: Atos de Classe – Mago

  13. Severo da Silva Queiroz Jr. disse:

    ANÕES MANDAM! E tenho dito!

  14. Paulo "Elfo" Bertoni disse:

    Draconato realmente é foda !!! hehehehe
    Anões, Orcs, Halflings e Elfos… cada qual em sua especialidade !!!

    Mas eladrins são muito bichas, eu nao curti… e a tradução dos dragonborn para draconatos realmente ficou muito ruim !!!!

  15. Daniel R disse:

    Genasis! Especialmente thunder e wind! =D

    Último post de Daniel R: Resenha: Paranóia

  16. Renato de Recife disse:

    Eu sempre gostei dos Gnomos, acho que em parte porque ninguém mais gostava, hehehe.

    Já fiz Gnomo de praticamente todas as classes, mas o melhor foi um Ranger com inimigo predileto Gigante, era uma máquina de derrubar ogros e trolls, mas nunca chegou a enfrentar um gigante propriamente dito e morreu pra um demônio 🙁

  17. Diogo de São Paulo disse:

    Eu gosto de variar, já tive personagens de vários tipos, várias raças…
    Mas achei que o trato que deram nos meio-elfos do 4.0 foi muito bom. Acho que eles ficaram com um astral melhor, menos “emo-rebelde-pouco-aceito-pelo-mundo“, agora com papel de líderes carismáticos. Além do que eles pegam um poder de otra classe pela traço racial “diletante“. =)
    Eladrin e `draconato` acho que o problema é que eles ficaram mal encaixados em cenários já existentes. Por exemplo, em Forgotten Realms tiveram que fazer um rebuliço tremendo no mundo e avançar mais de 100 anos na linha do tempo pra encaixar essas novas raças e outras novidades. Mas até que eles são legais, tiveram boa aceitação pelos meus camaradas de jogo.
    Eu tinha um drow bardo na 3.0 que eu gostava demais, mas ele ficava fraco em relaçao ao resto do grupo, por causa do ajuste de nível e pelas habilidades mais fracas de bardo. Agora, meus problemas acabaram, vou poder refazer meu personagem decentemente.
    Acho, por fim, que as raças ficaram muito mais únicas na nova mecânica de jogo. Elas tem diversas habilidades relevantes na hora da escolha de que raça seu personagem vai ser. Não se escolhe mais SÓ pelos bônus/penalidades nas habilidades básicas, como no 3.x.

    Abss, rolem 20 sempre!

  18. Jacktador disse:

    Eu sempre adimirei a coragem e força dos anões e suas grandes semelhanças com os gloriosos Vikings.
    Por isso meu voto é para eles. Na minha mesa, eu fui o unico até hoje a jogar de anão mas sempre tem um jogador querendo ser tambem.

  19. halfling disse:

    Halfling RULEZ

  20. rafael disse:

    elfos para sempre! com aquela agilidade incrivel e extrema inteligencia. essa raça combinou bem como paladino apesar de eu ter de fazer umas pequenas mudanças aqui e ali como na tendencia. apesar disso eles sao muito flexiveis e podem se adaptar a qualquer coisa.

Os comentários estão encerrados.