Versus PC: Calixto

Continuando a série Versus PCs aqui no Rolando 20. A idéia é tranformar os personagens das minhas várias campanhas em oponentes que vocês possam usar nas campanhas de vocês, devidamente adaptados para serem usados como antagonistas. No passado já falamos da barda Calima, e agora é a vez de sua irmã gêmea, a Comandante de Guerra Calixto.

Calixto é uma eladrin warlord, fugida das terras distantes de Thay, onde um tirano necromante dominou toda a região. Buscando acabar com todo tipo de dominação e escravidão, a militar eladrin buscou companheiros para liberar as terras oprimidas. Mas, querendo se vingar daqueles que mataram suas irmãs, começou uma sede por poder e aliados malignos, o que poderá colocar seu bando contra os personagens jogadores.

O conto de Calixto, Calima e suas 4 irmãs é um de tragédia e vingança. Seus pais, um casal de bardos aventureiros originais de Myth Drannor, foram enviados a Thay para representar a nação Eladrin em uma tentativa frustrada de diplomacia.

No começo as investidas dos Eladrin tiveram bons efeitos. Localizando alguns dos Red Wizards que ainda se mantinham sãos, o casal conseguiu estabelecer importantes vias de contato com a pequena resistência que havia se formado ao domínio de Szaass Tam. Os anos começaram a passar, e o casal teve um casal de gêmeas: as irmãs Calixto e Calima.

Aproveitando-se do fato, e das alianças conseguidas com o tempo, o casal resolveu estabelecer-se em Thay de forma definitiva, trazendo suas outras 4 filhas, que tinham ficado para trás nas terras de Myth Drannor, para começar uma vida por aqui.

No entanto, os anos passaram, e nem mesmo as alianças forjadas na necessidade foram o bastante para fazer frente ao domínio dos Liches e de seus Tarchions mortos-vivos. Irritados com a presença dos Red Wizards que não se renderam ao domínio de Szaass Tam, as forças dos Zulkires destruíram tudo, levando os magos que sobreviveram como prisioneiros. O casal tentou escapar, mas obteve sucesso apenas parcial. O pai conseguiu fugir com sua filha mais nova, ainda uma criança. A mãe, e as outras 5 (entre elas, as filhas já adultas e a outra criança, Calixto), foram eventualmente capturadas.

O resultado foi terrível. Todos os capturados foram submetidos à torturas, mortes terríveis ou escravização mágica. O sangue eladrin, no entanto, fazia a família resistir eventuais dominações com enorme afinco. Calixto, no entanto, ainda era uma criança, e apesar de ter uma vontade forte, ainda não era forte o bastante para resistir às dominações mágicas. Assim, foi enviada aos Tarchions para ser treinada. Ela seria a líder ideal para os exércitos de mortos-vivos.

Mas os Zulkires não estavam dispostos a se contentar apenas com uma criança. Dessa forma, transformaram a mãe e suas 4 filhas mais velhas, que cismavam em resistir às dominações, em Banshees. Foi a forma encontrada de vencer sua vontade ancestral.

Os anos se passaram, e novamente, uma resistência à dominação dos Zulkires foi criada, mas dessa vez pelo pai de Calixto e por sua irmã, Calima. Inconformados com o destino de sua família e apoiados por uma frente de resistência, eles invadiram os domínios dos Zulkires e se depararam com Calixto e sua mãe, que lideravam um exército de mortos-vivos.

O confronto entre os exércitos durou algumas horas e após algumas investidas, os líderes foram colocados frente à frente. Calixto e sua mãe partiram para o combate sem hesitação. O resultado foi sangrento e triste: a espada de Calixto perfurou o peito de seu pai. Nesse momento, tanto a filha quanto a mãe acordaram da dominação. Calixto recobrou seus sentidos a tempo de ver sua mãe partindo para o descanso eterno…

Sem mais alternativa, Calixto e sua irmã fugiram de Thay, levando consigo o desejo de retornar um dia para libertar suas irmãs e vingar a morte cruel de seus pais. Os Zulkires, no entanto, não permitiriam que alguém levasse para fora de Thay os segredos estratégicos trazidos por anos de treinamento. Assim, eles forjaram planos para trazer sua tão preciosa líder de volta. E dessa vez, a escravizariam para sempre.

Calixto

Conhecimento

Com um teste de Streetwise [Manha], o seu personagem pode ter ouvido falar de Calixto:

  • DC 16:  Você descobre a história de Calixto (acima), mas não sabe sobre as irmãs dela, ou que ela matou os pais;
  • DC 21: Você descobre a história completa de Calixto, e sabe que ela é uma exímia líder em combate. Se não derrubá-la primeiro, dificilmente vencerá o combate.

Encontro de nível 12 (3,904 XP)

  • Calixto, Comandante – Soldado de Elite (Líder) de Nível 11 – 1,200 XP
  • 2 Sargentos – Guerreilheiros de Nível 9 – 400 XP cada – Use a ficha dos Human Pirates do MM2
  • 2 Cabos Feéricos – Guerrilheiros de Nível 11 – 600 XP cada – Use a ficha dos Dire Guards Assassins do MM2, e retire os bônus de undead
  • 8 Soldados de Infantaria – Lacaios de Nível 8 – 88 XP – Use a ficha dos Lolthbound Goblin Slaves do MM2, reduzindo para nível 8 (-2 em tudo) e tratando Calixto como se fosse drow.

Táticas

A tática desse encontro é usar e abusar dos poderes de Calixto, dando inúmeros bônus aos seus aliados. Por isso, ela irá usar seus inúmeros hit points e poderes de cura para se manter de pé em combate. Como esse combate pode se delongar, pense em estratégias para terminá-lo antes, como uma desistência de Calixto e seu bando caso os PCs sejam diplomáticos ou disparem algum gatilho que faça sentido na sua campanha. Além disso, abuse do flanco dos sargentos, retire o Mist Walk dos cabos se a luta parecer que vai demorar demais, e abuse dos danos contínuos da infantaria: faça montinhos nos PCs.

Bônus!

E aí, que acham? Dá uma boa luta?

Sobre Daniel Anand

Daniel Anand, engenheiro, pai de gêmeas e velho da Internet. Seu primeiro de RPG foi o GURPS Módulo Básico, 3a edição, 1994. De lá para cá, jogou e mestrou um pouco de tudo, incluindo AD&D, Star Wars d6, Call of Chuthulu, Vampire, GURPS, Werewolf, DC Comics (MEGS), D&D 3-4-5e, d20 Modern, Star Wars d20, Marvel Superheroes, Dragonlance SAGA, Startrek, Alternity, Dread, Ars Magica e atualmente mestro 13th Age. @dsaraujo no twitter

Esta entrada foi publicada em Oponente e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

14 respostas a Versus PC: Calixto

  1. Puppet disse:

    Eu e Calixto devemos usar a mesma build, se olhar para as versões monstro dos nossos personagens elas são bem parecidas.
    My recent post Reporte de sessão 2

  2. SharpWalker disse:

    Bem interessante a personagem como adversária! Mas meu grupo ainda precisa comer muito feijão… 😉

    Vou guardar esse post, pois tenho interesse em mandar meus jogadores pra Thay num futuro não tão próximo!

  3. DanielSetita disse:

    Wren + chefinha Calixto + chefinha Duda + barda assassina + tank over-mega roubado = grupo melee perfeito!

  4. Daniel Anand disse:

    Quanto tempo pro Moicano vir aqui e comentar que ele não é roubado e sim nerfado? 😉

  5. Fred disse:

    Em qual cenário está ambientado?

  6. loridan disse:

    PASEEEEEEEEEEIII!!!! PASEEEEEEEEEEIIIII!!!! PASSEI NO VESTIBAAA!!!!! AAAAAAAEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEOOOOOOOOOOOOOOOOAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!! PASSEEEEEEEEEEEEEEEIII!!! PASSSEEEEEIIIIIII!

    • LeoXorao disse:

      Parabens, agora voce pode contribuir para o crescimento da humanidade ou simplesmente curtir a facul ate ter uma cirrose… ou os dois. (Conheci RPG na Faculdade, bons tempos)

  7. Pingback: Tweets that mention Versus PC: Calixto | Rolando 20 - DnD 4ª edição -- Topsy.com

  8. M3ZTR3 disse:

    Como é que se faz pra importar a Calixto pro Adv Tools, não consigo salvar os dados com aquela extensão de MONSTER file.

  9. Pingback: Reporte de campanha: Escamas Negras sessão 23 | Rolando 20 - DnD 4ª edição

  10. Pingback: Reporte de campanha: Escamas Negras sessões 24 e 25 | Rolando 20 - DnD 4ª edição

Os comentários estão encerrados.